Homepage

  • Nacional de Bodyboard arranca em Peniche com todos os olhos em Supertubos
    17 março 2019
    arrow
    arrow
  • Expectativas elevadas para a primeira etapa do Circuito Nacional de Bodyboard 2019 dias 23 e 24 de Março, em Peniche!
  • Dificilmente haveria melhor maneira de arrancar o Circuito Nacional de Bodyboard 2019 powered by BBoard TV do que com uma etapa em Peniche, península que ostenta orgulhosamente a marca “Capital da Onda” e que será palco de uma invasão por parte dos melhores atletas nacionais da modalidade nos dias 23 e 24 de Março para o Peniche Bodyboard Meeting.

    Clica aqui para ver as Praias de Peniche ao vivo.

    É precisamente por ser uma península que Peniche possui praias que “funcionam” com quase todas as direções de ventos e ondulações, seja a praia dos Belgas, Lagide ou, a preferida de todos, Supertubos, a onda rainha da região.

    O vice-campeão nacional Daniel Fonseca é local de Peniche, e não esconde a alegria por este arranque mas também alguma ansiedade para que a Natureza ajude os melhores bodyboarders nacionais em geral, e a ele próprio em particular, a dar espectáculo em “Super”:

    “Se Super estiver muito bom, sinto-me à vontade. É a onda que surfo mais vezes e aquela que conheço melhor e a maneira como se comporta com as variações de marés e ventos. E isso é, obviamente, uma vantagem.”

    E a pressão? Afinal, jogar em casa é uma benção mas pode também ser uma maldição para quem se sente “obrigado” a ganhar.

    “Não me sinto obrigado a ganhar esta etapa apenas por ser em Peniche. O meu objectivo é sempre ganhar, seja em Nacionais, Europeus ou, este ano, Mundiais, mas arrancar em Peniche é um conforto. Além de que a prova pode ser nos Super como noutra praia, tudo depende muito das condições”, esclarece Daniel Fonseca.

    E, de facto, a riqueza de oferta pode ser um problema para a organização, a cabo do Peniche Surfing Clube?

    Daniel Fonseca dissipa quaisquer dúvidas: “É sempre desafiante organizar provas em Peniche por excesso de escolha, mas o clube tem muita experiência nessa área e consegue mobilizar, até de véspera, toda a estrutura para estar na praia que oferece as melhores condições.”

    Paulo Ferreira, presidente do Peniche Surfing Clube, subscreve inteiramente as palavras do seu atleta Daniel Fonseca garantindo o selo de qualidade de uma organização muitíssimo experiente.

    “Estamos completamente preparados para organizar a prova na praia que, nos dias de prova, oferecer as melhores condições. É evidente que Supertubos é a praia de eleição mas estamos preparados para qualquer possibilidade”, afirma o dirigente.

    Paulo Ferreira também sublinha a dedicação do clube que lidera à causa do bodyboard, modalidade com grande tradição em Peniche: “É um grande privilégio receber o Nacional de Bodyboard, este ano com um incremento importante na sua comunicação, o que nos ajudará muito a ter o retorno e a visibilidade que o clube precisa para continuar a promover este desporto. Mas nunca deixámos de apoiar o bodyboard num esforço que considero ímpar entre os nossos clubes.”

    Campeões nacionais e a “motivação extra”

    Peniche e a promessa de condições clássicas em Supertubos também motivam os campeões nacionais Open masculino, feminino e Dropknee, respectivamente, Hugo Pinheiro, Joana Schenker e Luís “Porkito” Pereira.

    “Supertubos é uma das melhores ondas do país, de renome internacional, e em que qualquer bodyboarder adora surfar. Não é por acaso que em Peniche existe uma grande comunidade de bodyboard que, praticamente, toma conta da onda. Começar o circuito ali é excelente para mostrar o que este desporto tem de melhor”, considera Hugo Pinheiro.

    Joana Schenker, cinco vezes campeã nacional e ex-campeã mundial APB (Association of Professional Bodyboarders), alinha pelo mesmo diapasão que Pinheiro, sublinhando o acertio do calendário para este ano:

    “Começar nos Super é abrir a época da melhor maneira, sobretudo numa altura do ano em que, de facto, há ondas nos Super, ao contrário do que já aconteceu noutros anos. Boas ondas vão valorizar muito o Nacional.”

    Quanto à campanha para um sexto título, Schenker, de 31 anos, sacode alguma pressão, desviando as atenções para uma possível reconquista da coroa mundial:

    “Vou encarar este Nacional como um treino competitivo para o Mundial pois a competição termina antes do início do circuito mundial APB e é uma excelente forma de ‘olear a máquina’ competitiva. Preciso de sentir essa adrenalina e sei que vai ser complicado pois conheço as minhas rivais, tenho-as visto treinar e sei que me vão tornar tudo mais difícil. Ao mesmo tempo, não posso deixar de falar do investimento que vejo ser feito na comunicação deste Nacional e sei que vamos lucrar todos com o seu mediatismo.”

    Luís “Porkito” Pereira, campeão nacional de Dropknee oriundo da Figueira da Foz partilha da opinião dos seus amigos Pinheiro e Schenker:

    “As expectativas são boas, muito boas mesmo. Espero que este ano haja uma adesão ainda maior e que o nível competitivo seja ainda mais elevado. E a possibilidade de apanhar Supertubos em grande, contribui muito para este sentimento.”

    “Porkito” elogia ainda o calendário deste ano, que concentra as provas numa altura em que há abundância de ondulações na costa portuguesa:

    “Finalmente, este ano temos todas as etapas fora do Verão. Isto aumenta muito as probabilidades de apanhar boas ondas o que é mais apelativo para atletas e público.”

    A organização da primeira etapa do Circuito Nacional de Bodyboard está a cargo do Península de Peniche Surf Clube, em parceria com a Câmara Municipal de Peniche e a Federação Portuguesa de Surf. Conta com os apoios da Rip Curl, Bboard TV, Refresh Bodyboards e Onil Design.

    Apoios institucionais a este evento são os da Fundação do Desporto, Bombeiros Voluntários de Peniche, Surfrider Foundation Peniche, Marmeu – Associação de Defesa do Ambiente, escola Superior de Desporto de Rio Maior – IPS, Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar – IPL.

    CALENDÁRIO CIRCUITO NACIONAL 2019:

    1ª etapa - 23 e 24 de março, Peniche, BB Open, BB Fem e BB Dropknee

    Organização: FPS / PPSC

    2ª etapa - 13 e 14 de abril, Costa da Caparica, BB Open BB, Fem e BB Dropknee

    Organização: FPS / Câmara Municipal de Almada

    3ª etapa - 18 e 19 Maio, Santa Cruz, BB Open e BB Fem

    Organização: FPS / A.S.S.C

    4ª etapa - 25 Maio, Carcavelos, BB Fem

    Organização: FPS / Aqua Carca 

    5ª etapa - 01 e 02 Junho, S. Jacinto, BB Open e BB Dropknee

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Peniche
  • Peniche Surfing Clube
  • Circuito Nacional de Bodyboard
  • bodyboard
  • Supertubos
  • Daniel Fonseca
  • Hugo Pinheiro
  • Luís Porkito
  • Joana Schenker
pub
similar News
similar
julho 20
Bodysurf: Baterias divulgadas para Santa Cruz
junho 10
Tiago Marques triunfa na Vagueira
junho 07
Vagueira acolhe Nacional de Bodysurf
julho 17
Santa Cruz no radar do Nacional de Bodysurf
julho 19
Ocean Spirit arranca com EuroSurf em destaque
julho 19
Portuguese Surf Film Festival começa hoje
julho 19
Neto de Nelson Mandela apadrinha iniciativa CostàCosta