Homepage

  • Português vai dar volta ao Mundo como Magalhães
    07 fevereiro 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Ricardo Diniz fazer esta viagem a bordo de um catamaran moderno. A viagem deverá durar cerca de três anos e será vegana, ecológica, terá yoga a bordo.
  • Cinco séculos depois de Fernão de Magalhães ter iniciado a primeira circum-navegação da Terra, outro velejador português prepara-se para dar a volta ao Mundo em homenagem ao histórico navegador. Ricardo Diniz vai partir para esta aventura a 20 de setembro de 2019, precisamente no dia em que faz 500 anos que Magalhães iniciou a viagem, então financiada pela corte espanhola.

    Em entrevista ao jornal “Diário de Notícias”, Diniz explica que o objetivo desta viagem em redor do Mundo tem como objetivos “dar a conhecer a história de Magalhães, promover Portugal e alertar para a importância de cuidar do mar”. A viagem vai ter início em Sevilha, ao contrário da de Magalhães que se iniciou em Sanlúcar de Barrameda, em Cádis.

    A evolução dos tempos faz com que os meios sejam bem distintos da altura. Ricardo Diniz fazer esta viagem a bordo de um catamaran moderno. A viagem deverá durar cerca de três anos e será vegana, ecológica, terá yoga a bordo. O velejador português vai contar com uma tripulação internacional e com convés aberto à entrada de convidados que vão poder cumprir etapas da viagem.

    Ricardo Diniz deseja igualmente dar a conhecer melhor a história de Fernão de Magalhães ou, pelo menos, não a deixar cair em esquecimento, atirando que Portugal vive “obcecado” com Vasco da Gama. Sinto que ele é uma espécie de herói esquecido em Portugal. O mundo reconhece-o e aprecia-o muito mais. Magalhães é nome de marcas de roupa, de fundos de investimentos, de inúmeros barcos, de marcas de GPS e até de crateras na Lua e programas espaciais da NASA”, afirmou ao DN.

    “Nós, em Portugal, vivemos muito obcecados com Vasco da Gama. Só em Lisboa tem o seu nome numa ponte, num centro comercial, num aquário, num jardim... Claro que o que ele conseguiu [descoberta da rota marítima para a Índia] foi muito importante e trouxe imensa riqueza ao país, mas por outro lado Magalhães provou muita coisa, abrindo novos caminhos, e mostrou coragem, liderança, visão e determinação até ao final da sua vida. Esses são valores essenciais ao mundo de hoje. E o exemplo de Magalhães ajuda a transmiti-los”, defendeu.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fonte: DN

Tags
  • Ricardo Diniz
  • Velejador
  • Volta ao mundo
  • Fernão de Magalhães
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
junho 19
Já se pode ir a banhos no Algarve
junho 13
Cliff Diving World Series a caminho dos Açores
junho 19
Cliff Diving World Series: Açores em contagem decrescente
junho 19
'Maré Vermelha': Apanha de bivalves continua proibida
junho 19
Subida da temperatura no feriado
junho 19
Mais de 260 golfinhos deram à costa nos EUA
junho 19
Portugal tem 80% da água que precisa para o Verão