Homepage

  • Jovens preparam greve às aulas em nome do clima
    06 fevereiro 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Os jovens portugueses admitem que a ativista sueca Greta Thunberg foi uma inspiração e agora apenas têm de tentar convencer o máximo de colegas a juntarem-se à causa.
  • São jovens e estudantes e preparam-se para fazer algo inédito no nosso país: vão fazer greve e faltar às aulas em nome do clima. Esta foi a forma encontrada por um grupo de jovens que pretende alertar os políticos para a necessidade de olharem com atenção para a problemática das alterações climáticas.

    A ideia foi beber inspiração à greve escolar feita por Greta Thunberg, que conseguiu contagiar milhares de estudantes de todo o Mundo. Em Portugal a greve escolar deverá avançar a 15 de março, sexta-feira. Nesse preciso dia nesse mesmo dia o movimento estudantil #SchoolStrike4Climate convocou uma greve global, depois de em Novembro ter levado milhares de estudantes a sair às ruas em várias cidades australianas.

    Segundo uma notícia do jornal “Público”, há já há concentrações marcadas para as 10H30 em frente às Câmaras Municipais de Porto e Coimbra e uma marcha em Lisboa - cidades e distritos dos 15 universitários e alunos do ensino secundário que estão a planear a iniciativa, através de um grupo no Whatsapp. É Bárbara Pereira, de 17 anos, uma das organizadoras dos protestos em Portugal, que garantiu ao P3 a realização de um protesto em português.

    “O que nos tem vindo a preocupar cada vez mais é que o problema é tão óbvio e ninguém o trata como se fosse real. Nós queremos chamar a atenção do Governo para a urgência que enfrentamos. Queremos medidas sérias”, afirma a jovem estudante de de Línguas e Relações Empresariais do Colégio Internato dos Carvalhos, em Vila Nova de Gaia.

    Os jovens portugueses admitem que a ativista sueca Greta Thunberg foi uma inspiração e agora apenas têm de tentar convencer o máximo de colegas a juntarem-se à causa. Algo que Greta tem conseguido por todo o mundo graças ao discurso inspirador que teve na Cimeira do Clima das Nações Unidas.

    A jovem sueca decidiu marcar uma posição em protesto contra a inércia dos governantes perante uma ameaça tão grande. Todas as sextas-feiras falta às aulas para exigir aos governantes medidas urgentes, que combatam as alterações climáticas. “Quero que vocês entrem em pânico”, atirou.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fonte: Público

Tags
  • Greta Thunberg
  • Aulas
  • Estudantes
  • Greve
  • Alterações Climáticas
  • Governo
  • Clima
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
janeiro 17
Comunidade do longboard ajuda os animais vítimas dos fogos na Austrália
janeiro 17
Agitação marítima arrasta duas pessoas na Califórnia (Vídeo)
janeiro 17
Nestlé investe 1,86 mil milhões de euros na reciclagem de plásticos
janeiro 17
Os jovens são fundamentais para a defesa dos oceanos
janeiro 10
Interferência no Canhão? João de Macedo e Everaldo Pato mostram o contrário
janeiro 16
Projeto da 'praia' ecológica no Tejo deverá ser conhecido este ano
janeiro 12
Lisboa terá uma 'praia' em pleno rio Tejo