Homepage

  • Há um buraco enorme a crescer sob Antártida?
    05 fevereiro 2019
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    NASA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Estima-se que esta cavidade represente os 252 biliões de toneladas de gelo que a Antártida está a perder por ano.
  • A Antártida tem enfrentado uma enorme ameaça ao longo dos últimos anos, com o degelo a ser cada vez maior. No entanto, um grupo de cientistas terá agora descoberto outro problema no local, uma vez que, segundo o site “sciencealert” foi descoberta uma enorme cavidade a crescer sob o “continente gelado”, situada mais para Oeste.

    Segundo os primeiros apontamentos, esta enorme cavidade equivale a cerca de dois terços do território de Manhattan, por exemplo, e terá ainda 300 metros de profundidade. Esta imensa abertura está situada na parte inferior das Galerias Thwaites, consideradas a mais perigosas do Mundo.

    Estima-se que esta cavidade represente os 252 biliões de toneladas de gelo que a Antártida está a perder por ano. O que mais está a preocupar os cientistas prende-se com o facto de a maior parte do volume de gelo desaparecido ter acontecido nos últimos três anos apenas. O que denota bem o grande problema que o planeta enfrenta em termos de aquecimento global.

    “Há muitos anos que suspeitávamos que as galerias Thwaites não estavam fixamente ligadas ao leito de rocha que existe por baixo”, começou por admitir Eric Rignot, especialista glaciar da Universidade da Califórnia, em Irvine, e que também trabalha no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, em Pasadena. “Graças a uma nova geração de satélites conseguimos agora perceber isso mesmo ao detalhe”, frisou.

    Rignot e a restante equipa de cientistas descobriu esta cavidade graças a um radar penetrante de gelo, que faz parte da Operação IceBridge, da NASA. Mas os cientistas norte-americanos também contaram com a ajuda de pesquisadores franceses e alemães nesta descoberta. Os cientistas classificam tudo isto como um “padrão complexo de recuo e derretimento de gelo”.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Antártida
  • Degelo
  • NASA
  • Centistas
  • Cavidade
  • Fotografia
    NASA
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 21
Costa da Morte, na Galiza, quer ser Reserva Mundial de Surf
outubro 21
Salvamentos aumentaram nas praias portuguesas na época balnear de 2020
outubro 21
Primeira ondulação grande da temporada deverá entrar na Nazaré a partir de domingo
outubro 21
Circuito Regional da Madeira SUP Race arrancou em grande estilo
outubro 21
Bodyboard: Título nacional feminino vai decidir-se na Póvoa de Varzim
outubro 19
Bernardo Jerónimo, o único português a competir no Frontón King, já está na 3ª ronda
outubro 20
Depressão Bárbara: Aviso vermelho alargado a mais 3 distritos do continente
pub