Homepage

powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Mas afinal o que é o 'Parlamento'? Fica com a explicação de como tudo começou!
  • Nos dias 12 e 13 de janeiro de 2019 e os nossos amigos do The Outside Crowd foram chamados ao “Parlamento” para mostrar o que lá se passou.

    Clica aqui para ver a praia de São Pedro Estoril ao vivo!

    Comecemos pelo nome que tanta dúvida gera. Sem mais demoras aqui está a explicação dada por Mauro Motty, um dos organizadores: “O nome Parlamento começou em França, em Guéthary, nas minhas férias de verão de 2018. É uma onda para longboard e é muito versátil onde tanto se pode surfar com cinco metros como meio metro.” Dada a dificuldade sentida para definir um nome para o Evento, a solução foi encontrada dentro de água: “Estava a surfar no Parlamento nas férias e fez-se luz na minha cabeça.” Como a intenção era criar um evento versátil e dinâmico, semelhante às características da onda francesa, a decisão estava tomada e ali nasceu o “Parlamento” que se desenvolveu até ao que hoje conhecemos.

    Com toda a criatividade e vontade de fazer acontecer no coração, Mauro Motty sentiu necessidade de partilhar a ideia e contar com alguém que pudesse contribuir com a razão para que o Parlamento ganhasse vida. Alexandre Santos gostou da ideia e passou a ser um objetivo comum: “Definimos uma série de pontos que achámos ser importantes e as coisas foram-se encaixando naturalmente”.  

    Um dos pontos importantes era apresentar pranchas alternativas nos mais variados formatos. Outro ponto era promover a interação entre quem as faz, assim como trocar histórias e experiências, potenciando o conhecimento de cada um. Com a participação de shapers diversos que não se conheciam, estavam reunidas as condições para que tudo corresse bem. Como bónus, o tempo “deu tudo” e o mar proporcionou ondas mesmo a pedir um test drive às pranchas disponíveis.

    As opiniões são unânimes quanto à necessidade de existirem eventos que promovam e celebrem a Cultura de Surf em Portugal. Vejamos:

    Pedro Vieira, shaper da Feel Flows Surfboards, viajou do Porto até ao Estoril, esteve presente nos dois dias do evento e garante que valeu a pena: “Foi ótimo conhecer pessoas e o ambiente foi fantástico! Foi um ambiente de partilha e não de competição. Se nos ajudarmos mais entre nós só temos a ganhar. O mercado cresce e aumenta a massa crítica de pessoas que se interessam. Cumpriu-se o desígnio do Evento - Parlamento - foi mesmo uma questão de conversar e partilhar.”

    Para Nico - shaper da Wavegliders - o balanço dos dois dias foi muito positivo: “É uma alegria estar aqui a celebrar esta cultura de praia com todos”. O espírito de partilha também foi algo a destacar e à semelhança de outros shapers presentes, esta é uma opinião com a qual todos parecem concordar: “Experimentei pranchas de outros shapers e é sempre bom ver o que se está a passar. […] Este evento carateriza-se mesmo com a comunhão e partilha do que cada um está a fazer. Não há rivalidades. […] Tudo foi muito bom.”

    As expetativas de Marco Tainha - shaper da BloodBrothers - foram bastante superadas e a conclusão é que foi uma experiência muito positiva: “Acho que foi clean, com uma grande energia, muito transparente, muito aberto.” A aposta em Portugal, em produtos e artesãos nacionais também foi algo a destacar: “Temos shapers nacionais se calhar melhor do que californianos e australianos. Já temos know how e grandes surfistas”.

    O Parlamento não contou apenas com a presença daqueles que fazem pranchas. Gabriel Santos faz quilhas em madeira - Quilhas Alfredo - e marcou presença nos dois dias. Fazendo o balanço do fim de semana, a presença não podia ter sido melhor: “Foi brutal, muito muito bom! Principalmente porque vi miúdos e muita gente nova a pegar em pranchas […] que à partida não são aquilo que eles veem e a irem para dentro de água e a voltarem com um sorriso de orelha a orelha. Isso para mim foi o mais positivo de tudo.” Outro ponto a destacar foi o facto de o Parlamento juntar não só shapers como pessoas de outras áreas, como por exemplo o design,  que contribuíram de forma bastante positiva para acrescentar valor ao evento.

    “É o primeiro evento dentro desta área e superou completamente todas as expectativas, não só no convívio, na relação entre todas as pessoas que estão envolvidas na construção deste tipo de pranchas, como das camadas mais jovens, o interesse que elas tiveram. Os miúdos estavam completamente delirantes, com a cabeça aberta para experimentar todo este tipo de material. Foi incrível.”. Quem o diz é o designer Pedro Falcão - Fly Black Bird -  que acredita que este foi apenas o ponto de partida e que provavelmente haverá uma sequela. Sobre as pranchas da Fly Black Bird, o feedback obtido foi bastante positivo e, no final do evento, Pedro estava bastante satisfeito. Fazendo o balanço: “Valeu muito a pena. Isto é uma área que está bastante desconhecida. Não vais a uma surfshop e tens lá estas pranchas. Há em algumas, mas muito poucas. A probabilidade de te cruzares com uma prancha destas é rara.” No entanto a visão quanto ao futuro é positiva e a realização destes eventos é bem vista: “Há cada vez mais mais gente interessada e cada vez vês mais. […] [em relação ao Parlamento] é sempre muito positivo porque crias surpresa na malta mais nova e para nós é uma alegria”. 

    Quanto ao futuro, nas palavras de Alexandre Santos “o mercado está carente destas coisas […] não há espaço de debate, de partilha.” E é para isso que o Parlamento quer contribuir. Continuando o raciocínio, e também em jeito de análise aos dois dias, a afirmação mostra abertura para evoluir: “Poderia até ser um espaço com pranchas performance e alternativas. Nós não temos uma mente fechada a outro tipo de pranchas, mas naturalmente temos uma série de ilações a tirar deste evento.” Promessas para o futuro não há, mas a vontade de fazer mais existe e ficou clara.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Vídeos - The Outside Crowd

Tags
  • Parlamento
  • The Outside Crowd
  • sao pedro estoril
  • longboard
  • Surf
similar News
similar
novembro 29
João Aranha: 'Dapin será sempre uma referência fundamental no surf nacional'
novembro 29
Surf português chora perda de 'Dapin'
novembro 29
Nasce na Madeira a maior área marinha da Europa com proteção total
novembro 26
Último fim de semana de novembro vai ter um pouco de tudo: frio, sol, nuvens, vento e aguaceiros
novembro 26
Já há nova data para a etapa inaugural do circuito Billabong Ericeira 2021 para as categorias Open, Masters e Feminino
novembro 26
Ítalo quer competir até aos 38 anos: 'Vou durar bastante tempo'
novembro 28
Lendário Reno Abellira sai do coma, após brutal agressão em Ala Moana