Homepage

powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Mas afinal o que é o 'Parlamento'? Fica com a explicação de como tudo começou!
  • Nos dias 12 e 13 de janeiro de 2019 e os nossos amigos do The Outside Crowd foram chamados ao “Parlamento” para mostrar o que lá se passou.

    Clica aqui para ver a praia de São Pedro Estoril ao vivo!

    Comecemos pelo nome que tanta dúvida gera. Sem mais demoras aqui está a explicação dada por Mauro Motty, um dos organizadores: “O nome Parlamento começou em França, em Guéthary, nas minhas férias de verão de 2018. É uma onda para longboard e é muito versátil onde tanto se pode surfar com cinco metros como meio metro.” Dada a dificuldade sentida para definir um nome para o Evento, a solução foi encontrada dentro de água: “Estava a surfar no Parlamento nas férias e fez-se luz na minha cabeça.” Como a intenção era criar um evento versátil e dinâmico, semelhante às características da onda francesa, a decisão estava tomada e ali nasceu o “Parlamento” que se desenvolveu até ao que hoje conhecemos.

    Com toda a criatividade e vontade de fazer acontecer no coração, Mauro Motty sentiu necessidade de partilhar a ideia e contar com alguém que pudesse contribuir com a razão para que o Parlamento ganhasse vida. Alexandre Santos gostou da ideia e passou a ser um objetivo comum: “Definimos uma série de pontos que achámos ser importantes e as coisas foram-se encaixando naturalmente”.  

    Um dos pontos importantes era apresentar pranchas alternativas nos mais variados formatos. Outro ponto era promover a interação entre quem as faz, assim como trocar histórias e experiências, potenciando o conhecimento de cada um. Com a participação de shapers diversos que não se conheciam, estavam reunidas as condições para que tudo corresse bem. Como bónus, o tempo “deu tudo” e o mar proporcionou ondas mesmo a pedir um test drive às pranchas disponíveis.

    As opiniões são unânimes quanto à necessidade de existirem eventos que promovam e celebrem a Cultura de Surf em Portugal. Vejamos:

    Pedro Vieira, shaper da Feel Flows Surfboards, viajou do Porto até ao Estoril, esteve presente nos dois dias do evento e garante que valeu a pena: “Foi ótimo conhecer pessoas e o ambiente foi fantástico! Foi um ambiente de partilha e não de competição. Se nos ajudarmos mais entre nós só temos a ganhar. O mercado cresce e aumenta a massa crítica de pessoas que se interessam. Cumpriu-se o desígnio do Evento - Parlamento - foi mesmo uma questão de conversar e partilhar.”

    Para Nico - shaper da Wavegliders - o balanço dos dois dias foi muito positivo: “É uma alegria estar aqui a celebrar esta cultura de praia com todos”. O espírito de partilha também foi algo a destacar e à semelhança de outros shapers presentes, esta é uma opinião com a qual todos parecem concordar: “Experimentei pranchas de outros shapers e é sempre bom ver o que se está a passar. […] Este evento carateriza-se mesmo com a comunhão e partilha do que cada um está a fazer. Não há rivalidades. […] Tudo foi muito bom.”

    As expetativas de Marco Tainha - shaper da BloodBrothers - foram bastante superadas e a conclusão é que foi uma experiência muito positiva: “Acho que foi clean, com uma grande energia, muito transparente, muito aberto.” A aposta em Portugal, em produtos e artesãos nacionais também foi algo a destacar: “Temos shapers nacionais se calhar melhor do que californianos e australianos. Já temos know how e grandes surfistas”.

    O Parlamento não contou apenas com a presença daqueles que fazem pranchas. Gabriel Santos faz quilhas em madeira - Quilhas Alfredo - e marcou presença nos dois dias. Fazendo o balanço do fim de semana, a presença não podia ter sido melhor: “Foi brutal, muito muito bom! Principalmente porque vi miúdos e muita gente nova a pegar em pranchas […] que à partida não são aquilo que eles veem e a irem para dentro de água e a voltarem com um sorriso de orelha a orelha. Isso para mim foi o mais positivo de tudo.” Outro ponto a destacar foi o facto de o Parlamento juntar não só shapers como pessoas de outras áreas, como por exemplo o design,  que contribuíram de forma bastante positiva para acrescentar valor ao evento.

    “É o primeiro evento dentro desta área e superou completamente todas as expectativas, não só no convívio, na relação entre todas as pessoas que estão envolvidas na construção deste tipo de pranchas, como das camadas mais jovens, o interesse que elas tiveram. Os miúdos estavam completamente delirantes, com a cabeça aberta para experimentar todo este tipo de material. Foi incrível.”. Quem o diz é o designer Pedro Falcão - Fly Black Bird -  que acredita que este foi apenas o ponto de partida e que provavelmente haverá uma sequela. Sobre as pranchas da Fly Black Bird, o feedback obtido foi bastante positivo e, no final do evento, Pedro estava bastante satisfeito. Fazendo o balanço: “Valeu muito a pena. Isto é uma área que está bastante desconhecida. Não vais a uma surfshop e tens lá estas pranchas. Há em algumas, mas muito poucas. A probabilidade de te cruzares com uma prancha destas é rara.” No entanto a visão quanto ao futuro é positiva e a realização destes eventos é bem vista: “Há cada vez mais mais gente interessada e cada vez vês mais. […] [em relação ao Parlamento] é sempre muito positivo porque crias surpresa na malta mais nova e para nós é uma alegria”. 

    Quanto ao futuro, nas palavras de Alexandre Santos “o mercado está carente destas coisas […] não há espaço de debate, de partilha.” E é para isso que o Parlamento quer contribuir. Continuando o raciocínio, e também em jeito de análise aos dois dias, a afirmação mostra abertura para evoluir: “Poderia até ser um espaço com pranchas performance e alternativas. Nós não temos uma mente fechada a outro tipo de pranchas, mas naturalmente temos uma série de ilações a tirar deste evento.” Promessas para o futuro não há, mas a vontade de fazer mais existe e ficou clara.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Vídeos - The Outside Crowd

Tags
  • Parlamento
  • The Outside Crowd
  • sao pedro estoril
  • longboard
  • Surf
pub
similar News
similar
outubro 23
A hora vai mudar: relógios atrasam 60 minutos na madrugada de domingo
outubro 25
Rodrigo Carrajola e Jaime Bonito renovam os títulos nacionais de bodysurf
outubro 24
Do susto ao título: Joana Schenker é heptacampeã nacional de bodyboard
outubro 21
Costa da Morte, na Galiza, quer ser Reserva Mundial de Surf
outubro 24
Guincho recebe etapa única do Nacional de Bodysurf
outubro 23
Fim de semana chega com sábado soalheiro e chuva no domingo
outubro 23
Três surfistas resgatados na Praia da Barra
pub