Homepage

  • Qual o melhor mês para fazer férias na praia?
    27 março 2018
    arrow
    arrow
  • Antes de tomarem decisões, fiquem a conhecer melhor os números sobre a temperatura e a precipitação dos meses de verão.
  • Na maior parte das empresas, as férias têm de ser marcadas até 15 de Abril.

    Antes de tomarem decisões, fiquem a conhecer melhor os números sobre a temperatura e a precipitação e comparem os meses. Pode ser o fim de algumas certezas, segundo avança o Jornal de Negócios.

    As férias de Verão ainda estão longe, mas é nesta altura em que os primeiros planos são feitos. De Norte a Sul do país, no sector público ou no privado, os trabalhadores estão a definir com as respectivas entidades patronais o período em que tencionam gozar férias, o que, por Lei, tem de ser fixado até 15 de Abril. E a grande maioria gozará as férias no Verão. A atracção é óbvia: o bom tempo. Seja na praia, seja no campo, o que todos querem nas férias é sol e calor.

    Assim, antes de marcar as férias, é avisado passar os olhos pelas estatísticas do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). E o que nos dizem os números? Desfazem o mito de que Agosto é o melhor mês para fazer praia. A diferença entre os valores médios das temperaturas mínimas, médias e máximas em Julho ou Agosto é residual. Agosto ganha quase sempre, mas por uma margem tão pequena que é muito duvidoso que algum veraneante dê por isso.

    Entre 1970 e 2017, o mês de Agosto teve uma temperatura média de 22,4 graus celsius, ao passo que Julho registou um valor médio de 22,3 graus. Se considerarmos apenas o século XXI, a diferença dilata-se ligeiramente, sendo o registo médio de 22,9 graus em Agosto e de 22,5 em Julho.

    Porém, se olharmos apenas para o distrito de Faro (estação meteorológica de Faro), onde se concentra grande parte dos veraneantes, então aí é Julho quem leva a melhor. Segundo o IPMA, no Algarve, as temperaturas médias (período de 1981 a 2010) foram ligeiramente mais altas em Julho do que em Agosto (24,2 contra 24,1 graus celsius). E se olharmos apenas para o valor médio das temperaturas máximas, Julho vence por uma margem maior (29,2 contra 28,8 graus celsius). "O mês de Agosto não é o mais quente em todo o território. Em algumas regiões do país, é Julho", confirma Álvaro Silva, climatologista do IPMA.

    Mesmo o número de dias de céu limpo varia pouco de Julho para Agosto. No sétimo mês do ano, no sotavento algarvio e no interior alentejano são 22 a 24 dias, um número que aumenta um a dois dias em Agosto.

    E o que nos dizem os números do IPMA em matéria de chuva? É mais uma vitória para o mês de Julho. Nos últimos 47 anos, o sétimo mês do ano registou uma precipitação média de 11,7 milímetros (mm), inferior ao valor médio de Agosto, 12,9 mm. Se olharmos os últimos 18 anos, a tendência é a mesma, até mais dilatada.

    Claro que é sempre preciso cuidado com as médias. Sobretudo quando se fala de clima. "Há uma variabilidade inter-anual nos meses de Verão que importa ter em conta, pelo que não podemos dizer que a média seja muito representativa", explica ao Negócios o Álvaro Silva. "Tanto em matéria de chuva como de temperatura", garante, citando o exemplo de alguns meses de Julho ou Agosto que deixaram os veraneantes com os cabelos em pé.

    Por outro lado, lembra o climatologista, "o valor médio pode ter pouco a ver com a percepção que as pessoas têm do período analisado, pois esta depende muito da variação diária e semanal".

    Para quem ainda não está convencido de que estamos diante de um mito (Agosto como o mês ideal para a praia), eis um último e derradeiro argumento: a duração do dia. A 20 de Julho, em Faro, o veraneante pode contar com um dia de 14 horas e 20 minutos. Sensivelmente um mês depois, temos menos uma hora: 13 horas e 26 minutos. E dois meses depois, a 18 de Setembro, a diferença já é de duas horas, assinala o climatologista.

    Por esta razão, Julho é o mês com maiores níveis de radiação. Mas, atenção, a realidade é sempre mais complicada do que parece: isso não significa que haja mais calor. "Os valores de radiação são mais elevados no início de Julho, mas a resposta da atmosfera não é imediata, havendo um desfasamento temporal", diz Álvaro Silva. "É como quando aquecemos uma panela", exemplifica. Por isso, a temperatura é, em algumas regiões, ligeiramente superior em Agosto. E só nestes casos, Agosto bate Julho. Perde em tudo o resto e isto sem falar do número de pessoas na praia.

    E Setembro?

    Bom, aí não há dúvidas. Seja pela bitola do sol, da chuva ou da duração do dia, Setembro perde em toda a linha. A temperatura média cai cerca de dois graus celsius, o volume de precipitação triplica e a duração do dia cai duas horas face a Julho e uma hora face a Agosto.

    Mas uma vez mais, é preciso ter sempre em mente que estamos a falar de médias passadas que registam desvios muito acentuados. No limite, é tudo uma questão de sorte. Então boa sorte.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Imagens: Almograve por Catraca e gráficos por JN

    Artigo retirado do JN

     

Tags
  • jornal negocios
  • melhor
  • mês
  • férias
  • praia
  • julho
  • junho
  • agosto
  • maio
  • setembro
  • outubro
  • praias
  • verão
  • Portugal
  • norte
  • alentejo
  • Algarve
pub
similar News
similar
agosto 06
Água do mar bem quente está a marcar o início de agosto no Algarve
agosto 06
Resultado das análises à água da Praia da Nazaré conhecido amanhã
agosto 06
Nic von Rupp reforça team do shaper de John John Florence
agosto 05
Praia da Nazaré está interdita a banhos
agosto 06
Miss Costa Nova Cup 2020 já tem data marcada
agosto 06
Estação Salva-vidas de Cascais resgata dois praticantes de SUP na Praia da Parede
agosto 05
FPS concentra calendário competitivo até outubro para fugir a hipotético confinamento
pub