Homepage

  • Fórum Mundial da Água começa hoje
    19 março 2018
    arrow
    arrow
  • Portugal tem a maior presença de sempre neste 8.º Fórum Mundial da Água, o primeiro a ter lugar num país de língua portuguesa.
  • O Fórum Mundial da Água, que reúne governantes, organizações, empresas e especialistas, começa hoje em Brasília, no Brasil, para debater os problemas deste recurso, com destaque para as alterações climáticas.

    Portugal tem a maior presença de sempre neste 8.º Fórum Mundial da Água, o primeiro a ter lugar num país de língua portuguesa, que pretende abranger as componentes política, técnica, regional e jurídica e vai decorrer até sexta-feira.

    Pelo pavilhão de Portugal vão passar políticos - o ministro do Ambiente, o secretário de Estado do Ambiente, a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação e deputados -, especialistas, empresários e representantes de entidades como a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR), Águas de Portugal ou Associação Nacional de Municípios.

    Almaraz: Rio Tejo continua em risco!

    O pavilhão de Portugal também vai receber responsáveis dos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

    O ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, vai aproveitar o evento para se encontrar com a ministra espanhola com a tutela desta área para analisar assuntos comuns, como a Convenção de Albufeira (para gerir as bacias hidrográficas comuns), ou a mina de urânio de Retortillo que tem tido várias críticas dos ambientalistas e autarcas da região - portuguesa e espanhola.

    Tua: A barragem que ninguém quis mas todos pagaram

    Os grandes temas em análise no Fórum são nove - água e clima, água e saneamento, água e desenvolvimento, água e cidades, água e ecossistemas, água e financiamento, água e partilha, água e capacitação, e água e 'governance', divididos em 32 tópicos que serão debatidos em 140 sessões.

    Na discussão de cada tema será abordada a situação em cada região do mundo.

    Portugal ficou com a responsabilidade de conduzir todo o processo regional da Europa. Foram realizados encontros e inquéritos aos países europeus para elaborar um documento a definir as prioridades por áreas, que será apresentado durante o Fórum.

    Notícia: O Rio Tejo está a morrer

    O Fórum, organizado pelo Conselho Mundial da Água, integra iniciativas dedicadas a grupos específicos, como os consumidores, os jovens ou as crianças, num esforço para a sensibilização para a importância da água.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Foto: GearJunkie

    Fonte: DN

Tags
  • água
  • forum
  • Alterações climáticas
  • portugal
  • brasil
  • Fórum Mundial da Água
  • Agência Portuguesa do Ambiente
  • APA
pub
similar News
similar
novembro 30
Cientistas querem estudar profundezas dos oceanos durante uma década
novembro 30
Vai nascer em Espanha a maior praia artificial da Europa
novembro 30
Portugal é o país da União Europeia mais perto de atingir as metas climáticas para 2030
novembro 30
Windsurf: Oficializado o recorde mundial do Guinness da maior onda surfada por uma mulher
novembro 30
Cabo Verde bate recorde de ninhos de tartarugas registados num ano
novembro 30
Luz verde ao processo de 6 jovens portugueses contra 33 países por causa das alterações climáticas
novembro 27
Cordão dunar entre as praias de Quiaios e Murtinheira vai ser reforçado
pub