Homepage

  • Reef, Pedra Branca e Backdoor com condições alucinantes
    26 dezembro 2018
    arrow
    arrow
  • Paulo Alexandre, Filipa Broeiro, Rui Bonacho e Afonso Silva vencem etapa memorável na Ericeira
  • Após várias semanas de um longo período de espera, para que as condições fossem as desejadas, decorreu este sábado, dia 22 de Dezembro, na Praia da Empa, a 2ª Etapa do Circuito de Bodyboard DAKINE ERICEIRA 2018, by GOOLA Açaí.

    Os fieis Bodyboarders que ano após ano participam neste circuito foram recebidos como só a Empa sabe receber – com altas ondas.

    Com a ondulação a entrar um pouco de oeste, e a maré a encher ao logo do dia, desde cedo se percebeu que iria ser a Pedra Branca a decidir a etapa, embora o Reef e o Backdoor também tivessem proporcionado tubos e paredes bastante verticais.

    No Open, a luta foi bastante intensa ao longo de toda a prova, com scores bastante elevados a provocarem constantes alterações na liderança das baterias, com os tubos profundos da Pedra Branca a fazerem a grande diferença. O grande vencedor foi o Paulo Alexandre, arriscando tudo nos tubos, repetindo assim o resultado da etapa anterior, seguido do Afonso Silva, João Guedes e Jaime Jesus.

    No Feminino, as meninas foram bastante ousadas e arriscaram tudo na Pedra Branca. A vitória sorriu à Campeã Nacional e Europeia Sub 18 Filipa Broeiro, não se livrando do susto provocado pela Mafalda Martinho que fazer a melhor onda da final ainda apanhou duas bombas que ao fazer-se aos tubos foi por pouco que não os completou. Nas restantes posições do pódio ficaram a Catarina Campos Pereira e a Margarida Macedo ainda a recuperarem de problemas físicos.

    Nos Sub 18, o Afonso Silva quando ainda faltavam 18 minutos para terminar a final tinha já um score combinado de 17,00, fruto de 2 excelentes tubos, marcando desta forma a final. Nos restantes lugares do pódio, embora lutando com todo o seu talento e energia, ficaram, respetivamente, o Rodrigo Lopes e o Pedro Grácio.

    Nos Masters, numa final bastante renhida, o Paulo Alexandre esteve irrepreensível na escolha das ondas, conseguindo levar de vencida também esta categoria, deixando o Gonçalo Silva (sempre em crescendo ao longo da prova) em 2º, o Bruno Câmara em 3º e o Nuno Paulino em 4º.

    No Dropknee, o “regressado” Rui Bonacho, na sua última onda, levou de vencida o Nuno Paulino (2º e líder do Circuito), deixando o Mário Póvoa (3º) e o João Guedes (4º) nos restantes lugares do pódio No final foram distribuídos pelos finalistas de cada uma das categorias prémios Dakine, Goola Açaí, Ericeira Surf & Skate, Hydro, vinhos da Quinta da Boa Esperança e Liberty Walk.

    CLASSIFICAÇÕES FINAIS:

    OPEN

    1º Paulo Alexandre

    2º Afonso Silva

    3º João Guedes

    4º Jaime Jesus

    FEMININO

    1º Filipa Broeiro

    2º Mafalda Martinho

    3º Catarina Campos Pereira

    4º Margarida Macedo

    MASTERS

    1º Paulo Alexandre

    2º Gonçalo Silva

    3º Bruno Câmara

    4º Nuno Paulino

    SUB 18

    1º Afonso Silva

    2º Rodrigo Lopes

    3º Pedro Grácio

    4º Fábio Mota

    DROPKNEE

    1º Rui Bonacho

    2º Nuno Paulino

    3º Mário Póvoa

    4º João Guedes

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fotos - Pedro Broeiro

Tags
  • Pedra Branca
  • Backdoor
  • Ericeira Surf & Skate
  • ericeira
  • Dakine Ericeira Pro 2018
  • bodyboard
  • Dropknee
  • Portugal
  • turismo de portugal
similar News
similar
julho 29
A Cinderela que quebrou os estigmas do surf (e do desporto) nacional!
julho 28
Em Tóquio'2020, regressou o bom e velho Owen Wright: 'Muitos pensavam que não ia chegar às medalhas'
julho 28
Amuro Tsuzuki, um nome destinado a fazer historia pelo Japão
julho 27
Italo e Carissa conquistam ouro olímpico; Yolanda no 5.º posto
julho 27
Ítalo Ferreira sobre o ouro olímpico: 'É a vitória com maior significado da minha carreira porque fui o primeiro a conseguir'
julho 28
Bianca Buitendag anuncia retirada aos 27 anos, após prata olímpica
julho 29
Liga MEO Surf: Tops dominam cada vez mais as Expression Sessions