Homepage

  • Morte de baleias na Nova Zelândia dispara
    02 dezembro 2018
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • No fim-de-semana anterior já se havia registado um fenómeno idêntico, quando 145 baleias-piloto morreram na ilha Stewart.
  • O final da semana passado terminou de forma trágica para 51 baleias que foram encontradas mortas numa ilha da Nova Zelândia, depois de encalharem junto à costa. Um fenómeno cada vez mais comum naquele país, que nessa mesma semana registou mais de 200 mortes destes mamíferos.

    Segundo, o Departamento de Conservação neozelandês, 90 baleias-piloto encalharam na quinta-feira em Hanson Bay, nas ilhas remotas de Chatham. Quando as equipas de salvamento chegaram ao local, 50 baleias já estavam mortas, sendo que outra foi mais tarde abatido devido ao frágil estado em que se encontrava.

    No fim-de-semana anterior já se havia registado um fenómeno idêntico, quando 145 baleias-piloto morreram na ilha Stewart, a 30 quilómetros da costa da ilha Sul. Quando os técnicos de conservação chegaram ao local, 75 baleias já estavam mortas. As restantes foram abatidas, devido à condição frágil que apresentavam.

    Estes trágicos acontecimentos estão a escalar cada vez mais em quantidade e no ano passado houve registou de 600 mortes em apenas uma semana. Os especialistas não encontram uma razão para tal cenário, embora acreditem que possa existir uma relação com o ruído subaquático causado por intervenção do homem.

    Desta vez, o fenómeno aconteceu nas ilhas Chatham, que ficam a cerca de 800 quilómetros a leste das principais ilhas da Nova Zelândia e abrigam cerca de 600 pessoas. Apesar destas mortes acontecerem em locais diferentes, os estudiosos acreditam que poderá existir uma razão a liga-las.

    “Falamos de encalhes em toda a costa da Nova Zelândia num curto período de tempo, o que naturalmente faz com que todos pensem que podem ter algo a ver uns com os outros”, frisou Dave Lundquist, consultor técnico sobre espécies marinhas.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Nova Zelândia
  • Baleias
  • Mortes
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 22
Arrancou instalação do primeiro parque flutuante europeu
outubro 22
Longboard Sessions despedem-se de 2019 com muita animação
outubro 22
Bodyboard: O Frontón nunca desilude
outubro 09
Longboard Sessions de regresso para a despedida de 2019
outubro 14
Seleção Júnior de Surf prepara Mundial na 'The Cove'
outubro 21
Bodyboard: Tristan Roberts é campeão do mundo contra todas as probabilidades
outubro 21
MEO promove heat especial 'Beat the Plastic Waste' para derrotar o plástico