Homepage

  • Japão ameaçou e vai mesmo retomar pesca de baleias
    27 dezembro 2018
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    AFP
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Segundo um porta-voz do governo japonês o regresso à caça das baleias não acontecerá “em águas antárticas ou no hemisfério sul”.
  • O Japão anunciou que vai regressar à pesca comercial de baleias em julho de 2019, juntando-se à Islândia e Noruega como os únicos países que ainda o fazem. Depois da ameaça feita em setembro passado, o país do Sol Nascente concretizou agora a medida, abandonando a Comissão Baleeira Internacional (CBI).

    Em setembro o Japão já tinha feito um pedido para o regresso à pesca comercial de baleias, que não foi aceite pela CBI. Facto que deixou os nipónicos insatisfeitos. Agora, o país asiático formalizou mesmo a ameaça. Esta é uma medida merecedora de várias críticas, tanto da comunidade internacional como de organizações que lutam pelos direitos dos animais.

    Segundo um porta-voz do governo japonês o regresso à caça das baleias não acontecerá “em águas antárticas ou no hemisfério sul”, limitando-se apenas “às águas territoriais e à zona económica exclusiva do Japão”. Ainda assim, esta é uma posição que coloca em risco estes mamíferos e também todo um ecossistema.

    Apesar de a CBI ter criado uma moratória em 1986 sobre esta atividade, que foi assinada pelo Japão, a caça de baleias acabou por nunca ser completamente suspensa pelos japoneses. Isto porque aproveitaram uma “brecha” na mesma moratória que os permitia a pesca destes mamíferos para fins de investigação.

    Contudo, nos últimos tempos eram muitas as notícias que davam conta do facto de o Japão estar a ultrapassar as quotas existentes para a investigação, o que dava a entender que a pesca era feita para fins comerciais, ainda que de forma encapotada. Mas a partir de 2019, o Japão decidiu fazer tudo às claras.

    Em setembro passado o Japão tentou contornar a moratória, criando uma abordagem dupla a fim de retomar a pesca comercial. Mas os países-membros da CBI, liderados pela Austrália, União Europeia e Estados Unidos, rejeitaram o texto nipónico por 41 votos contra 27. Algo que desagradou os japoneses, que consideram a pesca de baleias “uma importante e centenária tradição”.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Foto: AFP

Tags
  • Baleias
  • Japão
  • Caça
  • Pesca
  • CBI
  • Fotografia
    AFP
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 17
No Corvo haverá um apagão para salvar as aves marinhas
outubro 17
Inscrições abertas para a 2ª etapa do Circuito de Bodyboard do Ericeira Surf Clube
outubro 17
Patrick Costa conquista Tricks4Five em Portimão
outubro 16
Balanço positivo da 1ª edição do curso 'A Animação Turística no Surf'
outubro 16
Sari Ohhara sagra-se campeã do mundo de bodyboard
outubro 14
Joana Schenker avança para os quartos-de-final do Frontón
outubro 14
MEO promove sustentabilidade e proteção ambiental entre o mundo do surf