Homepage

  • Japão ameaçou e vai mesmo retomar pesca de baleias
    27 dezembro 2018
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    AFP
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Segundo um porta-voz do governo japonês o regresso à caça das baleias não acontecerá “em águas antárticas ou no hemisfério sul”.
  • O Japão anunciou que vai regressar à pesca comercial de baleias em julho de 2019, juntando-se à Islândia e Noruega como os únicos países que ainda o fazem. Depois da ameaça feita em setembro passado, o país do Sol Nascente concretizou agora a medida, abandonando a Comissão Baleeira Internacional (CBI).

    Em setembro o Japão já tinha feito um pedido para o regresso à pesca comercial de baleias, que não foi aceite pela CBI. Facto que deixou os nipónicos insatisfeitos. Agora, o país asiático formalizou mesmo a ameaça. Esta é uma medida merecedora de várias críticas, tanto da comunidade internacional como de organizações que lutam pelos direitos dos animais.

    Segundo um porta-voz do governo japonês o regresso à caça das baleias não acontecerá “em águas antárticas ou no hemisfério sul”, limitando-se apenas “às águas territoriais e à zona económica exclusiva do Japão”. Ainda assim, esta é uma posição que coloca em risco estes mamíferos e também todo um ecossistema.

    Apesar de a CBI ter criado uma moratória em 1986 sobre esta atividade, que foi assinada pelo Japão, a caça de baleias acabou por nunca ser completamente suspensa pelos japoneses. Isto porque aproveitaram uma “brecha” na mesma moratória que os permitia a pesca destes mamíferos para fins de investigação.

    Contudo, nos últimos tempos eram muitas as notícias que davam conta do facto de o Japão estar a ultrapassar as quotas existentes para a investigação, o que dava a entender que a pesca era feita para fins comerciais, ainda que de forma encapotada. Mas a partir de 2019, o Japão decidiu fazer tudo às claras.

    Em setembro passado o Japão tentou contornar a moratória, criando uma abordagem dupla a fim de retomar a pesca comercial. Mas os países-membros da CBI, liderados pela Austrália, União Europeia e Estados Unidos, rejeitaram o texto nipónico por 41 votos contra 27. Algo que desagradou os japoneses, que consideram a pesca de baleias “uma importante e centenária tradição”.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Foto: AFP

Tags
  • Baleias
  • Japão
  • Caça
  • Pesca
  • CBI
  • Fotografia
    AFP
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
julho 29
A Cinderela que quebrou os estigmas do surf (e do desporto) nacional!
julho 28
Em Tóquio'2020, regressou o bom e velho Owen Wright: 'Muitos pensavam que não ia chegar às medalhas'
julho 28
Amuro Tsuzuki, um nome destinado a fazer historia pelo Japão
julho 27
Italo e Carissa conquistam ouro olímpico; Yolanda no 5.º posto
julho 27
Ítalo Ferreira sobre o ouro olímpico: 'É a vitória com maior significado da minha carreira porque fui o primeiro a conseguir'
julho 28
Bianca Buitendag anuncia retirada aos 27 anos, após prata olímpica
julho 29
Liga MEO Surf: Tops dominam cada vez mais as Expression Sessions