Homepage

  • Degelo na Gronelândia está mais rápido que nunca
    17 dezembro 2018
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Caso os glaciares da Gronelândia derretam irão fazer aumentar o nível médio do mar em cerca de 7 metros.
  • Um estudo publicado na última quinta-feira pela revista científica “Nature” alerta para o estado preocupante em que se encontra a Gronelândia, fruto do degelo que está “sem controlo” por aquelas bandas. O estudo indica que os glaciares da Gronelândia, territória pertencente à Dinamarca, estão a derreter a velocidades nunca antes vistas.

    Caso os glaciares da Gronelândia derretam irão fazer aumentar o nível médio do mar em cerca de 7 metros. Números alarmantes, até porque o novo estudo revela que atualmente os glaciares estão a derreter a uma velocidade 50% superior quando comparados com os níveis industriais e cerca de 33% mais do que no século XX. 

    Para determinarem a rapidez com que os glaciares da Gronelândia estão a derreter os cientistas utilizaram um instrumento específico, um género de broca do tamanho de um poste de eletricidade para obter amostras do núcleo do glaciar. As amostras recolhidas foram retiradas de locais onde o nível médio das águas estava a mais de 6 mil pés acima do nível médio das águas.

    O estudo revela também que a perda de gelo neste local é causada principalmente pelo ar mais quente do verão e mesmo os pequenos aumentos da temperatura podem desencadear aumentos exponenciais na taxa de derretimento do gelo. “Da mesma forma que a atmosfera continua a aquecer, o degelo irá superar esse aumento e continuar a acelerar”, explica Luke Trusel, professor assistente na Rowan University e co-autor do estudo.

    Segundo Trusel, o pensamento atual da comunidade científica é que existe um limiar de temperatura que pode desencadear um ponto sem retorno para o eventual derretimento das camadas de gelo da Gronelândia e da Antártida. E apesar de ainda não se saber ao certo, o ponto de inflexão da temperatura certo é que “quanto mais aquecemos, mais o gelo derrete”.

    Por sua vez, a investigadora Sarah Das salienta ainda que, embora a ciência muitas vezes se concentre nos impactos futuros do aquecimento global, os resultados mostram que o clima está a passar por mudanças extremamente significativas. 

    Na  24.ª conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) para o clima, no passado dia 2 de dezembro na Polónia, a representante da ONU para a Mudança do Clima, Patrícia Espinosa, já tinha alertado para os efeitos irreversíveis do aquecimento global e considerou que a comunidade internacional deve dar uma resposta urgente a este assunto.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Gronelândia
  • glaciar
  • Aquecimento global
  • degelo
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
março 09
Sofia Mulanovich vence guerra com federação e vai ao Mundial ISA
março 08
Jogos Olímpicos de Tóquio vão ser os primeiros com equilíbrio na igualdade de género
março 08
Choque entre surfistas faz uma vítima mortal na Califórnia
março 07
Big riders portugueses criam equipa Red Herrings
março 05
Vai embora a chuva: regressa o sol no fim de semana
março 08
Polícia Marítima recolhe 113 jerricans, 38 dos quais com combustível, na ilha de Tavira
março 01
Circuito Nacional de Bodyboard tem novo organizador