Homepage

  • Portugueses em calendário Internacional de Longboard
    31 dezembro 2018
    arrow
    arrow
  • Pela primeira vez, a Hanten convidou o fotógrafo Joel Reis e o shaper e longboarder Marco 'Tainha' a publicarem um dos seus trabalhos.
  • Á semelhança de anos anteriores, também este ano a espanhola  Hangten – revista de longboard lançou o calendário para o ano de 2019.

    A linha editorial da Hangten tem a ver com o universo do longboard e do surf clássico “en estado puro” como eles próprios afirmam.

    Anualmente, lançam uma publicação internacional (que chega á Califórnia, passando pela Austrália e claro em muitos países na Europa) com algumas das imagens que nos fazem a todos sonhar com a nossa paixão: as ondas, as praias, o longboard e o lifestyle que escolhemos como vida.

    E para 2019, pela primeira vez, a Hanten convidou o fotógrafo Joel Reis (da Endless Fun) e o shaper e longboarder Marco “Tainha” (da Bloodbrothers) a publicarem um dos seus trabalhos.

    Esta dupla tem vindo a desenvolver um trabalho que dizem ser “de equipa”, dado que a criação de conteúdos de forma profissional e apaixonada tornou-se “A” forma de crescer nacional e internacionalmente, e deste forma expor numa “montra” virtual a arte que cada um cria, e que é valorizada pela contribuição um do outro. E foram notados!

    E é no mês de Novembro que vemos o Tainha a surfar uma direita em backside, com os dois pés no bico (em Hangten) e numa posição clássica e relax; fotografado pelo Joel Reis numa das praias da Caparica (que mantiveram em segredo), e que aparece apenas como sendo na zona de Lisboa.

    Noutros meses podemos encontrar o também shaper e logger de topo, o Ryan Burch a fazer a sua magia, o Andy Nieblas da Califórnia, ou momentos de lifestyle em Malibu e S. Onofre, ou ainda momentos de descontracção no Duct Tape Invitational (o mais importante campeonato de longboard, em que só entram os melhores loggers convidados pela lenda Joel Tudor.). Também o Niki Dora, o nosso jovem vizinho das Astúrias (que apesar da tenra idade ele próprio já foi convidado a entrar no Duct Tape aquando da sua visita a Zarautz no ano de 2018) aparece no mês de Outubro num hangten cheio de estilo.

    O calendário também assinala a cada mês, os respectivos festivais/campeonatos de referência que se realizam nessas data por esse mundo afora. E aí Portugal também surge em Agosto com o Gliding Barnacles, que se realiza anualmente na Figueira da Foz e tem vindo a crescer em importância a cada ano que passa.

    É com prazer que vemos assim Portugal e os Portugueses a conseguirem romper, e obterem reconhecimento dos seus pares a nível internacional, ombreando com os melhores do mundo. Seja pela organização de um dos melhores festivais de Longboard, seja pelos seus longboarders, seja pelos seus fotógrafos.

    Clica aqui para encomendar o teu calendário.

    Parabéns a todos! Mas em especial ao “Gliding Barnaces”, ao Marco “Tainha” (Bloodbrothers) e ao Joel Reis (Endless Fun)!

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Joel Reis
  • Marco Tainha
  • longboard
  • Gliding Barnacles
  • Duct Tape Invitational
  • Portugal
similar News
similar
julho 27
Comité Olímpico de Portugal nega comunicação tardia do positivo de Kikas
julho 27
Que orgulho Yolanda, Teresa e David!
julho 27
Ítalo Ferreira sobre o ouro olímpico: 'É a vitória com maior significado da minha carreira porque fui o primeiro a conseguir'
julho 26
Projeto 'Surf & Rescue' visitou pela primeira vez a Madeira
julho 26
Como podemos ver o dia das finais olímpicas do surf em Tóquio'2020?
julho 26
Ouro olímpico do surf vai ser discutido esta madrugada!
julho 26
David Raimundo: 'Acreditamos que é possível conquistar uma medalha olímpica. Temos competência para lá chegar'