Homepage

  • Golfe ameaça ecossistema marinho californiano
    13 fevereiro 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O facto de se tratar de uma bola pequena mas muito pesada, estas acabam por afundar rapidamente quando caiem ao mar, ao invés de flutuarem, passando assim despercebidas aos banhistas e aos jogadores.
  • Pode parecer até caricato, mas a verdade é que o golfe está a colocar em risco o ecossistema marinho numa zona protegida na Califórnia. E porquê? Porque milhares de bolas vão parar ao mar, sobretudo proveniente do famoso campo de Pebble Beach, sendo uma verdadeira praga para os animais que ali vivem. Foi uma jovem estudante a dar de caras com o cenário surreal no fundo do mar.

    Alex Weber, uma aluna do ensino secundário da Califórnia, contactou o cientista Matthew Savoca para lhe contar o sucedido. “Contactou-me por email, depois de ter lido os meus trabalhos científicos. Algo que captou a minha atenção, já que muito poucos alunos do secundário perdem tempo a ler artigos científicos. Ela estava à procura de orientação para um problema ambiental invulgar”, confidenciou Savoca num artigo para o site “The Conversation”.

    “Enquanto mergulhavam no Santuário Marinho Nacional da Baía de Monterey, perto da cidade de Carmel-by-the-Sea, Alex e o seu amigo Jack Johnston tinham-se deparado repetidas vezes com um grande número de bolas de golfe no fundo marinho. Os adolescentes começaram a remover as bolas da água, uma a uma, e, quando finalmente Alex contactou o cientista, já tinham recolhido mais de 10 mil…”, contou.

    O facto de se tratar de uma bola pequena mas muito pesada, estas acabam por afundar rapidamente quando caiem ao mar, ao invés de flutuarem, passando assim despercebidas aos banhistas e aos jogadores. Alex, o pai e amigos recolheram quase 40 mil bolas em três locais perto de campos de golfe situados na zona costeira, segundo os números divulgados pelo cientista.

    A jovem Alex conseguiu mesmo encorajar os funcionários dos campos de golfe da região a aderirem à causa, sendo que estes acabaram por apanharam mais de 10 mil bolas de golfe das praias da zona. “Multiplicando o número médio de bolas perdidas em cada partida jogada (1-3) pelo número médio de partidas jogadas anualmente em Pebble Beach, estimamos que os clientes destes campos populares possam perder mais de 100 mil bolas por ano para o ambiente circundante”, alertou.

    Estes números apresentam-se como uma séria ameaça para a vida marinha local, uma vez que as bolas de golfe modernas são feitas de um revestimento de elastómero de poliuretano e de um núcleo de borracha sintética. “Os produtores adicionam óxido de zinco, acrilato de zinco e peróxido de benzoílo ao núcleo sólido para aumentar a sua flexibilidade e durabilidade. Estas substâncias também são gravemente tóxicas para a vida marinha”, explicou o cientista. 

    Mas há mais, pois à medida que as bolas se degradam e se fragmentam no mar, podem libertar substâncias químicas e microplásticos para a água ou para os sedimentos. Os pequenos fragmentos resultantes da sua degradação também podem ser ingeridos por peixes, aves e outros animais.

    Tendo em conta com a grande parte dos mais de 30 mil campos espalhados de golfe pelo Mundo ficam perto de zonas costeiras e do mar, este problema poderá estar não só a afetar a Califórnia como muitas outras zonas do planeta. “Embora o seu estudo seja local, as descobertas são preocupantes para outras regiões com campos de golfe costeiros”, afirma o cientista.

    Regressando a Pebble Beach, é por lá que por estes dias se realizou um importante torneio de golfe, que conta com a célebre presença de Kelly Slater. Apesar de ser amante da modalidade, e estar indiretamente ligado a este tipo de poluição, talvez Slater tome uma posição em relação a este problema quando tomar conhecimento do mesmo…

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Bolas de Golfe
  • Kelly Slater
  • Golfe
  • Poluição
  • Califórnia
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
agosto 05
FPS concentra calendário competitivo até outubro para fugir a hipotético confinamento
agosto 05
Pedaços de plástico têm dado à costa nas praias de Ílhavo
agosto 05
Baleia de 8 metros deu à costa na Praia de São Jacinto
agosto 05
Praia da Nazaré está interdita a banhos
agosto 05
Imagens de satélite descobrem 11 novas colónias de pinguins-imperadores na Antártida
abril 30
Oficial: Surf está de regresso a 4 de maio
julho 30
Locais destacam “maior consistência” de Supertubos em Fevereiro
pub