Homepage

  • Surfrider Foundation Europe quer dar voz aos oceanos no Parlamento Europeu
    14 novembro 2018
    arrow
    arrow
  • Campanha “Voice for the Ocean” apela à participação dos cidadãos para levar prioridades aos políticos.
  • A Surfrider Foundation, organização mundial sem fins lucrativos dedicada à proteção e valorização de lagos, rios, oceanos, ondas e do litoral, está a dinamizar a sua campanha europeia "Voice for the Ocean" em Portugal até ao dia 14 de Dezembro de 2018.

    A ONG está a levar a cabo uma tour por cinco países europeus com destaque para o Porto, cidade escolhida para encerrar a primeira fase da campanha já no próximo mês.

    Em junho lançaram um estudo de opinião pública com questões relacionadas com o oceano identificadas como prioritárias para a agenda política dos futuros deputados europeus que serão eleitos nas próximas eleições parlamentares de 2019. Como resultado, espera-se que a maioria dos candidatos políticos tenham estes resultados em consideração e integrem ações no seu programa de campanha.

    A campanha divide-se em duas fases: até o final de 2018, a Fundação está a apelar aos cidadãos europeus e aos players da sociedade civil comprometidos com a proteção dos oceanos para que participem numa ampla consulta digital em torno de oito questões relacionadas com o oceano – é neste período que o tour europeu que termina no Porto acontece.

    Numa segunda fase, a partir de janeiro de 2019, compromete-se a apresentar publicamente os resultados do questionário e a comunicar as diferentes prioridades mencionadas pelos cidadãos aos candidatos eleitorais europeus.

    “Sabemos que este ano e o próximo serão anos particularmente cruciais para os mares da Europa, uma vez que se esperam que as várias mudanças ao nível das políticas da UE e a nível internacional, com a eleição e nomeação do novo Parlamento Europeu”, comenta Antidia Citores, chefe do Departamento de Lobbies e Campanhas da Surfrider Foundation Europe. “Por toda a Europa, os nossos voluntários estão envolvidos de várias formas, organizando eventos de sensibilização nas escolas, participando em reuniões e eventos locais ou denunciando a poluição e apelando contra a proliferação da construção na orla costeira”, acrescenta a responsável.

    Os resultados serão processados ​​por profissionais, de modo a identificar as principais prioridades apontadas pelos cidadãos, de forma a identificar as medidas que receberam o maior apoio dos cidadãos. Estes resultados, analisados ​​na íntegra, servirão de base para a argumentação apresentada pela Surfrider Foundation Europe aos candidatos europeus.

    A plataforma de consulta encerra no dia 14 de dezembro de 2018 – já o site permanecerá on-line até o final da campanha, em maio de 2019 bem como uma apresentação da consulta. Os dados transmitidos serão mantidos em sigilo pela Surfrider, não sendo em nenhuma circunstância transmitidos a terceiros.

    A Surfrider Foundation Europe nasce em 1990 pelas mãos de um grupo de surfistas locais para proteger e valorizar rios, lagos, oceanos, as ondas e todo o litoral de forma mais sustentável. Hoje, com mais de 12 000 membros na Europa, está representada em nove países através dos seus capítulos de voluntários e reúne pessoas de todas as esferas da vida, com uma paixão comum pelo oceano e dedicação para cuidar do litoral.

    Clica aqui para responderes ao questionário online. Participa!

    Sabe mais em www.surfrider.eu

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Oceano
  • Surfrider Foundation
  • Surfrider Foundation Europe
  • Surfrider Foundation Porto
  • Voice for the Ocean
  • Sustentabilidade
  • ONG
  • Ambiente
pub
similar News
similar
outubro 21
Costa da Morte, na Galiza, quer ser Reserva Mundial de Surf
outubro 21
Salvamentos aumentaram nas praias portuguesas na época balnear de 2020
outubro 21
Primeira ondulação grande da temporada deverá entrar na Nazaré a partir de domingo
outubro 21
Circuito Regional da Madeira SUP Race arrancou em grande estilo
outubro 21
Bodyboard: Título nacional feminino vai decidir-se na Póvoa de Varzim
outubro 19
Bernardo Jerónimo, o único português a competir no Frontón King, já está na 3ª ronda
outubro 20
Depressão Bárbara: Aviso vermelho alargado a mais 3 distritos do continente
pub