Homepage

  • Cascais recebe projeto inovador no combate à poluição dos oceanos
    20 novembro 2018
    arrow
    arrow
  • Cascais recebeu o primeiro “Seabin” em Portugal, dispositivo para limpar os micros plásticos presentes nos oceanos.
  • A Fundação Mirpuri, numa parceria com a Câmara Municipal de Cascais, instalou ontem, no Clube Naval de Cascais, o primeiro “seabin” em Portugal, para ajudar a limpar o lixo marinho que dá à costa nesta vila.

    O projeto pioneiro em Portugal, cujo protótipo pertence a Pete Ceglinsk, através da startup “Seabin Projet”, visa combater os micros plásticos presentes nos oceanos.

    “Temos que mudar a nossa cultura, a nossa maneira de estar. Não é o “seabin” que vai salvar o mundo. É a nossa atitude”, frisou Pete Ceglinsk.

    O capitão Charles Moore, um dos primeiros ecologistas a expor a existência de manchas gigantescas de plástico no Oceano Pacifico, esteve presente na cerimónia de lançamento do “seabin” na costa de Cascais, no âmbito de uma visita a Portugal para participar em conferências sobre esta temática.

    Clica aqui para veres as praias de Cascais em direto.

    “Nós fazemos parte do problema. Até a roupa que vestimos liberta fibras para o ar e nós respirámos esse plástico. Por isso, todos nós temos de tomar medidas para reduzir, o que chamo, a nossa pegada de plástico”, alertou o ecologista.

    Joana Balsemão, vereadora da Câmara Municipal de Cascais, explicou que “o seabin é um caixote de lixo automático que aspira o lixo subaquático e flutua à superfície, coleta o lixo que depois será avaliado e quantificado”. E com base nessa informação, “acessível a todo o mundo, a Câmara de Cascais vai agir e atuar de outra forma”.

    A vereadora salientou que este “projeto não seria possível sem o apoio da sociedade civil. Um investimento de um privado, uma Fundação e um empreendedor que teve a ideia e que a patenteou há alguns anos, que já leva 500 caixotes de lixo em todo o Mundo”.

    “Através do “seabin” procuramos sensibilizar as gerações mais novas e as atuais que causaram este problema, para a gravidade do problema do plástico nos Oceanos”, disse Paulo Mirpuri, presidente da Fundação Mirpuri. A principal mensagem deste projeto inovador é “mostrar que os Oceanos estão cheios de plásticos e que a única forma de terminarmos com isso é fecharmos a torneira de deitar o plástico nos Oceanos e removê-lo”.

    O “seabin” é um equipamento que é instalado dentro de água e que limpa os resíduos que estão presentes nos oceanos. Fazendo a recolha diária vai permitir criar uma análise inédita do que se encontra nas nossas águas e, com a ajuda da Cascais Ambiente, encaminhar os resíduos para reciclagem. Servirá também como instrumento pedagógico poderoso para consciencializar os jovens do problema da poluição dos oceanos.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • cascais
  • Seabin
  • Clube Naval de Cascais
  • camara municipal cascais
  • Fundação Mirpuri
  • Pete Ceglinski
  • Ambiente
  • Ecologia
  • Poluição marinha
  • Poluição
  • Sustentabilidade
  • Plástico
similar News
similar
maio 23
Está a chegar o Boogie Chicks'22 e com recorde mundial na mira
maio 23
Santa Cruz Kids 2022 fechou o Circuito Regional de Surf do Centro
maio 23
Ação de limpeza recolhe mais de 330 quilos de lixo na Praia da Vieira
maio 23
Cientistas de universidades portuguesas descobrem cinco novas espécies de animais marinhos
maio 23
Estudo diz que os golfinhos esfregam-se nos corais para cuidar da pele
maio 23
Circuito Nacional de SUP Race 2022 a caminho de Peniche
maio 23
Teresa Padrela segue para a ronda 3 em Antofagasta