Homepage

  • Martim Nunes sagra-se Campeão Nacional de Sub-14
    13 novembro 2018
    arrow
    arrow
  • Foi um fim-de-semana de emoções fortes em São Pedro do Estoril com a disputa acesa pelo título da categoria.
  • Martim Nunes sagrou-se este fim-de-semana Campeão Nacional Surf Sub-14 na praia de São Pedro do Estoril.

    No sábado todos os atletas apresentaram-se com legítimas esperanças de obter um resultado positivo nesta finalíssima do campeonato nacional de esperanças. As condições não eram tão agressivas como se previa e apesar do vento side-on havia várias ondas com potencial para realizar boas manobras.

    Nas primeiras três rondas, não se observaram surpresas e os mais fortes candidatos ao título, passaram as suas baterias com maior ou menor distinção. Verificou-se alguma falta de conhecimento do pico, principalmente com as alterações provocadas pela mudança na altura da maré e consequente dificuldade na escolha de ondas por parte dos atletas. Com baterias de vinte minutos, não apanhar ondas numa série coloca os atletas sobre pressão. Com a maré a encher e a ondulação a baixar, o número de ondas e séries boas diminuiu drasticamente. A direção da prova tomou a decisão de parar o campeonato para que todos tivessem as mesmas oportunidades.

    Domingo foi o dia de todas as decisões. Começou com chuva e na bateria inicial a primeira baixa de vulto. Francisco Mittermayer, atleta local, não conseguiu encontrar ondas com potencial. Mas não foi o único: Lourenço Sousa, Santiago Graça e Rodrigo Lebre, também não passaram as suas baterias e viram o sonho de uma boa classificação afundada na má escolha de ondas, deficiente colocação no pico ou tomadas de decisão erradas.

    Entrou-se assim nas baterias man-on-man, com a chuva a aumentar de intensidade e o vento a rodar para noroeste e as ondas a ficarem mais perfeitas. No entanto, a ondulação também aumentou de intensidade e o posicionamento no pico foi essencial para a boa prestação dos atletas.

    Martim Nunes e João Mendonça, este com a melhor onda do campeonato na meia-final (7.25), destacaram-se e chegaram à final com todo o mérito.

    Depois de uma merecida pausa de uma hora, para recuperar as forças, teve início a grande final de trinta minutos. Após uma troca de ondas inicial inconsequente, apareceu o primeiro set interessante e  Mendonça tomou a liderança. Na remada para fora o surfista algarvio tomou uma posição mais exterior, apostando nas ondas maiores enquanto Martim colocou-se dentro do pico à espera de uma oportunidade. Apanhou uma intermédia e passou para a frente colocando a pressão no seu adversário. Ao voltar para trás, colocou-se novamente dentro do pico e sem prioridade nem se sentou e apanhou nova onda com bom potencial destacando-se na liderança.

    João Mendonça continuava à espera de uma bomba mas a escolha não se mostrava acertada. A maré já estava mais cheia e as ondas que apanhava não corriam na bancada e não lhe permitiam aplicar o seu potente surf. O final da bateria aproximava-se e, apesar de ter prioridade, Mendonça faz uma má escolha e permite ao Martim defender a liderança.

    A quatro minutos do fim apareceu a última oportunidade. Martim arrancou na primeira e Mendonça na de trás. Com um surf muito seguro o novo campeão veio até ao inside a executar curvas fortes e com velocidade. Mendonça não manobrou lá fora mas quando a onda o permitiu realizou uma manobra fortíssima de backside que colocou todos em suspenso sobre a decisão final. Já com os dois atletas próximo da praia ansiosos pela decisão dos juízes veio a confirmação oficial e a festa imensa do Martim Nunes, seus familiares e amigos. Parabéns a todos os atletas.   

    Na sexta-feira realizou-se a primeira etapa do III troféu Cascais. Esta prova organizada para todos os alunos surfistas das escolas do concelho de Cascais, decorreu com boas condições estando em disputa as categorias de Juvenis (Sub 18), Iniciados (Sub 14) e Feminino de Surf. A segunda etapa realiza-se dia 27 de Janeiro.

    Resultados Finais:

    Juvenis
    1º Lugar – Frederico Mittermayer – Agrupamento de Escolas Fernando Lopes Graça
    2º Lugar – Rafael Vaz – Agrupamento de Escolas de Carcavelos
    3º Lugar – Afonso Dias – Escola Secundária São João do Estoril
    4º Lugar – João António Dantas - Agrupamento de Escolas de Carcavelos

    Iniciados
    1º Lugar – Lourenço Sousa – Agrupamento de Escolas da Cidadela
    2º Lugar – Francisco Mittermayer – Escola 31 de Janeiro
    3º Lugar – Afonso Primo – Agrupamento de Escolas de Carcavelos
    4º Lugar – José Calvo – Escola Salesiana de Manique

    Feminino
    1º Lugar – Mónica Sedas– Agrupamento de Escolas Ibn Mucana
    2º Lugar – Inês Mendes – Escola Secundária São João do Estoril
    3º Lugar – Maria Melendez – Agrupamento de Escolas Ibn Mucana
    4º Lugar – Joana Melo- Agrupamento de Escolas Ibn Mucana

    O Estoril Surf Festival é organizado pelo Surfing Clube Portugal e conta com os apoios da Câmara Municipal de Cascais, da Federação Portuguesa de Surf, Junta de Freguesia do Estoril/Cascais, Fundação o Século, Rollei Action Cam, Pizzaria/Bar Praia de S. Pedro, o Boteco da Linha, Restaurante/Bar Casa da Praia, Mar D´Sal, Guincho Surf Shop, Clinica Rident, Original Lanyards, Surfset, Beachcam, Culto da Imagem, Sagres, Surftotal, Fiuza, UST UP, Breklim e Sun & Vegs.

Tags
  • Circuito Nacional de Esperanças
  • Martim Nunes
  • São Pedro do Estoril
  • Nova geração
  • Estoril Surf Festival
  • João Maria Mendonça
  • João Mendonça
  • Troféu Cascais
pub
similar News
similar
fevereiro 21
Nazaré Winter Sessions powered by Mercedes-Benz - 8º Episódio
fevereiro 21
Tomás Fernandes aposta novamente na Liga MEO Surf em detrimento do QS
fevereiro 21
MEO Beachcam lança nova Live Cam na Praia da Comporta
fevereiro 21
Águas do Algarve abre as portas e mostra o que faz
fevereiro 21
Slater, Kikas e mais 10 do CT na Nova Zelândia
fevereiro 21
Fim de semana primaveril à vista! A temperatura vai chegar aos 25 graus!
fevereiro 21
Billy Kemper sofre grave lesão numa sessão por África