Homepage

  • Andrew Cotton regressa à Nazaré um ano após acidente
    23 novembro 2018
    arrow
    arrow
  • Big rider britânico esteve de novo em ação na Praia do Norte após recuperação devido a fratura na coluna vertebral.
  • Andrew Cotton regressou recentemente às ondas gigantes da Nazaré após um violento acidente que o atirou à cerca de um ano para a cama do hospital.

    As imagens que correram mundo mostravam o big rider a ser projectado com a explosão da onda que lhe valeu uma lesão na coluna vertebral com fratura na vértebra L2.

    Seguiu-se uma longa recuperação física e o regresso à Praia do Norte um ano depois. Cotton entrou na ronda inaugural na 1ª etapa do circuito mundial de ondas grandes, o Nazaré Challenge, mas não conseguiu qualificar-se para as meias-finais.

    Clica aqui para veres as nossas live cams na Nazaré (Praia da Vila ; Praia do Norte Panorâmica ; Praia do Norte).

    Participou também da sessão de ondas grandes do passado dia 18 de novembro juntamente com Garrett McNamara, Hugo Vau e Alex Botelho, entre outros.

    No vídeo em cima da BBC podemos ver como correu o regresso de Cotton ao mar da Nazaré e as suas primeiras impressões após as sessões de surf tendo numa delas partido a prancha.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Foto: Praia do Norte

Tags
  • Andrew Cotton
  • Nazaré
  • Praia do Norte
  • acidente
  • ondas gigantes
  • big rider
  • Nazare Challenge
similar News
similar
maio 24
Seleção Nacional Júnior já está a caminho de El Salvador para disputar o Mundial ISA
maio 24
Sebastian Steudtner bate recorde mundial para a Maior Onda Surfada na Nazaré
maio 23
Está a chegar o Boogie Chicks'22 e com recorde mundial na mira
maio 23
Santa Cruz Kids 2022 fechou o Circuito Regional de Surf do Centro
maio 23
Ação de limpeza recolhe mais de 330 quilos de lixo na Praia da Vieira
maio 23
Cientistas de universidades portuguesas descobrem cinco novas espécies de animais marinhos
maio 23
Estudo diz que os golfinhos esfregam-se nos corais para cuidar da pele