Homepage

  • Tubarão dá à costa “enforcado” em plástico
    29 outubro 2018
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Estima-se que a cada minuto que passa é despejado no oceano o equivalente a um camião de lixo cheio de resíduos plásticos.
  • Um tubarão da espécie dente-de-agulha, com cerca de 2 metros de comprimento, deu à costa na Florida, já morto e com uma faixa de plástico presa à volta da cabeça. O objeto que se encontrava à volta do pescoço do animal, bem perto das fendas branquiais, era a aba de um chapéu de plástico antigo.

    A organização governamental St. Johns County Parks and Recreation, que publicou a fotografia do animal no Facebook, confirmou ao que pertencia o plástico presente no pescoço do tubarão. Esta descoberta insólita ocorreu na semana passada e serve de exemplo para as ameaças que os oceanos e a vida marinha enfrentam graças à poluição de plástico.

    “Embora a causa da morte não esteja determinada sem a necropsia do animal, este é mais um exemplo de como o lixo plástico marinho não é só um problema global, mas também um problema local”, escreveu a referida organização nas redes sociais.

    Estima-se que a cada minuto que passa é despejado no oceano o equivalente a um camião de lixo cheio de resíduos plásticos. Se algo não for feito para travar isto, até 2030 passarão a ser dois camiões por minuto. Números alarmantes e que mostram a necessidade urgente de fazer algo para travar esta agressão ao planeta. Por isso, mesmo a União Europeia decidiu proibir a comercialização de determinados tipos de plástico.

    Para se ter maior noção da gravidade da poluição dos oceanos, no ano passado os cientistas descobriram plástico nos estômagos dos animais que vivem nas fossas abissais, os locais mais profundos do planeta. Já em agosto deste ano, uma tartaruga-de-Kemp – a tartaruga marinha mais rara do mundo, classificada como “criticamente ameaçada” – foi encontrada morta, encurralada dentro de um banco de bar, também numa praia da Flórida.

    “Isto é tão triste e tão fácil de impedir”, disse a organização South Walton Turtle Watch, que partilhou as imagens da tartaruga nas redes sociais. “Por favor, não deixem as vossas coisas – nada mesmo – na praia”, pediram.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Tubarão
  • Plástico
  • florida
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
julho 02
Declaração de Lisboa aprovada no fecho da Conferência dos Oceanos
julho 01
Subida da temperatura e diminuição da intensidade do vento no fim de semana
julho 01
Conferência dos Oceanos encerra esta sexta-feira com adoção da Declaração de Lisboa
julho 01
Biodiversidade vai ser afetada com a mineração do mar profundo
junho 30
Maya Gabeira é Campeã para o Oceano e a Juventude da UNESCO
junho 30
Revelados os competidores do Softboard Heroes 2022
junho 30
Projeto 'ReDuna' está em ação na Praia de São João da Caparica