Homepage

  • Timor quer santuário para baleias e golfinhos
    11 outubro 2018
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A declaração foi publicada na véspera da chegada a Díli do ministro dos Negócios Estrangeiros japonês, Taro Kono, numa altura em que Tóquio tem desenvolvido intensas negociações em vários países para levantar a proibição da caça à baleia.
  • Várias organizações de Timor-Leste quer assegurar um modelo de ecoturismo sustentável, por isso decidiram apelar às autoridades competentes para reforçarem a proteção do ambiente marinho local, criando um santuário para baleias e marinhos.

    “Apoiamos fortemente a proteção de nossos oceanos e ecoturismo como parte de planos para uma economia mais diversificada e sustentável”, referiram as organizações não-governamentais (ONG), citadas pela agência Lusa, notando que uma grande percentagem da população “já depende da vida marinha e costeira para alimentação, nutrição e rendimento familiar”.

    A declaração é assinada por 13 organizações timorenses, entre elas, a La`o Hamutuk, a Haburas Foundation - Friends of the Earth TL, a PERMATIL, o HASATIL Network e o Movimentu Hadomi Natureza (Mohana). Assinaram também o documento a Conservation Flora and Fauna, a Tafon Green Association, a HAK Association, a Rede ba Rai, o Kdadalak Sulimutu Institute, o Movimentu Tasi Moos, a Oxfam em Timor-Leste e a RENETIL.

    A declaração foi publicada na véspera da chegada a Díli do ministro dos Negócios Estrangeiros japonês, Taro Kono, numa altura em que Tóquio tem desenvolvido intensas negociações em vários países para levantar a proibição da caça à baleia.

    “Considerando os recentes movimentos do Governo do Japão em apoio à caça das baleias, estamos preocupados que a questão possa surgir durante a visita do ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão a Timor-Leste”, indicaram no texto. “Desejamos deixar claro o nosso forte apoio a que Timor-Leste permaneça um santuário para as baleias e os golfinhos”, frisaram.

    As ONG destacaram “o ambiente natural único e o património valioso” do país e sublinharam o apoio do Governo timorense ao desenvolvimento do ecoturismo marinho e à proteção da vida marinha. A aposta na diversificação económica e em políticas sustentáveis, que salvaguardem o “frágil património ambiental natural” timorense, podem ajudar a gerar grandes potenciais no país, defenderam.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fonte: Lusa

Tags
  • Timor-Leste
  • santuário
  • Golfinhos
  • Baleias
  • Japão
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
abril 03
Liga MEO Surf Super Ranking – Quem foi o melhor surfista da década?
abril 03
Fim de semana será de chuva em todo o país
abril 02
Câmara de Sesimbra interdita acesso às praias do concelho
abril 02
Quarentena afasta curiosos da reprodução das tartarugas-oliva na Índia
abril 03
Não resistiu ver Malibu a quebrar perfeito e… acabou detido
abril 02
Dezenas de tartarugas-de-pente nascem numa praia brasileira deserta
abril 02
Poluição do ar também cai abruptamente na Índia
pub