Homepage

  • Pescador açoriano resiste 16 horas no mar
    10 outubro 2018
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O pescador de 37 anos não tinha colete salva vidas, nem qualquer objeto onde se pudesse agarrar. Hugo Geraldes foi, assim, arrastado pelas correntes ao longo de 18 quilómetros.
  • Um incêndio causou um naufrágio de uma traineira ao largo da ilha de São Jorge, nos Açores. O incidente obrigou os três pescadores que seguiam na embarcação a atirarem-se ao mar. Dois deles estão desaparecidos. O outro foi resgatado após 16 horas em alto mar e sem qualquer auxílio.

    Apesar do tempo que passou à deriva em alto mar, o pescador encontra-se bem de saúde. "Chegou com alguns sinais de hipotermia, mas encontra-se bem", explicou ao “Correio da Manhã o comandante do porto da Horta, Rafael Silva, que coordena a operação de busca.

    O pescador de 37 anos não tinha colete salva vidas, nem qualquer objeto onde se pudesse agarrar. Hugo Geraldes foi, assim, arrastado pelas correntes ao longo de 18 quilómetros e conseguiu chegar a terra na zona da Fajã do Alabaçal, na costa sul, onde pediu ajuda por volta das 20 horas.

    Desaparecidos no Atlântico continuam os dois companheiros de Hugo Geraldes. João Ficher, o mestre da embarcação, de 54 anos, e Paulo Rocha, de 25 anos. Os três pescadores ainda terão tentado extinguir as chamas, mas tiveram de saltar para o mar depois de a balsa de salvamento também ter sido destruída pelo fogo. 

    Segundo o CM, a traineira de nome ‘Rabugento’ - uma embarcação de 14 metros que opera a partir do porto de São Mateus, na ilha Terceira – tinha zarpado às primeiras horas de segunda-feira. Mas pelas 4h00 deflagrou um incêndio a bordo quando a traineira estava a seis milhas ao largo da Caldeira de Santo Cristo, na costa norte da ilha. 

    As buscas pelos desaparecidos continuaram ontem, com a ajuda de militares e amigos. Na busca estiveram presentes uma aeronave da Força Aérea, bem como o navio-patrulha da Marinha Figueira da Foz. Em terra a vigilância foi feita por elementos dos bombeiros voluntários da Calheta e vários pescadores que se juntaram voluntariamente na procura dos colegas. As buscas foram suspensas ao pôr do sol e deverão ser retomadas esta quarta-feira.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Açores
  • São Jorge
  • Naufrágio
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
janeiro 24
Fim de semana será cinzento e com chuva a norte e no sul
janeiro 24
Lewis Pugh é o primeiro humano a nadar sob camada de gelo na Antártida
janeiro 24
Austrália enfrenta praga de aranhas mortíferas
janeiro 24
Justine Dupont vai ser comentadora em Tóquio’2020
janeiro 24
Gondomar retira das serras 3 toneladas de lixo por semana
janeiro 24
Está a chegar o Circuito de Surf do Centro 2020
janeiro 23
Vem aí o Pacto Português para os Plásticos