Homepage

  • Navio movido a hidrogénio está em Lisboa
    19 setembro 2018
    arrow
    arrow
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Até agora, o Energy Observer já percorreu quase 18 mil quilómetros e visitou 14 países durante esta viagem que começou em 2017.
  • O Energy Observer é um laboratório flutuante movido a hidrogénio, e está em Lisboa até ao próximo dia 30 de setembro.

    Este barco é o primeiro do mundo capaz de produzir o seu próprio hidrogénio a bordo a partir de água do mar, sem emitir quaisquer gases poluentes ou potenciadores do efeito de estufa. É também um laboratório de energia, que pretende testar e demonstrar a eficiência do hidrogénio nas condições mais hostis.

    Até agora, o Energy Observer já percorreu quase 18 mil quilómetros e visitou 14 países durante esta viagem que começou em 2017.

    Até ao próximo dia 30 de setembro, os interessados podem visitar o Energy Observer na Doca da Marinha, em frente ao Campo das Cebolas, das 10h às 20h. A entrada é gratuita.

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fotografias: Energy Observer

    Fonte: GS

     

Tags
  • Navio
  • barco
  • Hidrogenio
  • Sustentabilidade
  • Lisboa
  • mar
pub
similar News
similar
outubro 22
Manuel Gameiro, do Ribatejo para o topo do surf nacional
outubro 21
Salvamentos aumentaram nas praias portuguesas na época balnear de 2020
outubro 22
Cerca de 1 milhão de toneladas de equipamentos de pesca chega aos oceanos anualmente
outubro 22
BV2, o novo modelo da Chilli Surfboards já está disponível em Portugal
outubro 22
Surfista preso em zona de falésia é resgatado em Aljezur
outubro 22
Bernardo Jerónimo avança mais uma ronda no Frontón King 2020
outubro 22
Bom Petisco Cascais Pro alimentado a 60% com energia solar
pub