Homepage

  • LEGO quer dizer adeus ao plástico!
    07 setembro 2018
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O desafio passa, agora, por desenhar os famosos blocos de forma a que estes encaixem na perfeição, que mantenham as suas cores e que não se partam com facilidade.
  • Tem cerca de 60 anos e produz um dos brinquedos mais utilizados em todo o Mundo. Mas, agora, a LEGO quer contribuir para o Mundo melhor e anunciou o desejo de deixar de utilizar plástico nas suas peças. Uma decisão anunciada pelo CEO da LEGO, que ainda procura a melhor solução para a substituição do plástico.

    A empresa planeia usar materiais sustentáveis a partir de 2030, nomeadamente cana-de-açúcar. Contudo, não avança quanto é que este plano vai custar à empresa, nem se vai afectar os resultados futuros. A empresa liderada por Niels B. Christiansen e detida por uma das famílias mais ricas da Dinamarca anunciou que queria eliminar a dependência do plástico feito a partir de petróleo e fabricar brinquedos com materiais recicláveis ou à base de fibras de plantas.

    O desafio passa, agora, por desenhar os famosos blocos de forma a que estes encaixem na perfeição, que mantenham as suas cores e que não se partam com facilidade. Ou seja, a empresa quer mudar os "ingredientes", mas manter o produto exatamente igual ao que é hoje em dia. Este plano vai custar dinheiro, mas a empresa não diz quanto.

    "É difícil dizer" quanto é que o plano de deixar de usar plástico até 2030 vai custar, afirmou Niels B. Christiansen, CEO da Lego, à Bloomberg. "Nem sequer tenho a certeza se vamos ser capazes de criar algo com a qualidade pretendida", salientou. Os primeiros passos já foram dados este ano com a produção de peças em polietileno, obtido através da conversão do etileno da cana-de-açúcar. 

    Entre 1 e 17 de Agosto, a Lego disponibilizou o conjunto "Plants from Plants" gratuitamente em compras superiores a 35 euros, mas que só esteve disponível online e em alguns países devido ao acesso limitado aos materiais sustentáveis. Um excelente exemplo, que pode ajudar e muito na luta contra a poluição de plástico nos oceanos.

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fonte: Jornal de Negócios

Tags
  • Lego
  • Plástico
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
dezembro 03
FPS agradece todo o 'trabalho' e 'dedicação' de Teresa Bonvalot
dezembro 02
Primeiro fim de semana de dezembro vai ser frio, cinzento e chuvoso
dezembro 02
Grupos central e oriental dos Açores com aviso amarelo devido ao mau tempo e mar agitado
dezembro 02
Seleção Nacional de Surf Adaptado já partiu para o Mundial ISA 2022
dezembro 02
Ericeira Surf Clube participa em projeto que promove a sustentabilidade ambiental e não só
novembro 30
Chuva não fica para o feriado: sol vai brilhar
novembro 29
Governo australiano é contra a inclusão da Grande Barreira de Coral na lista de Património Mundial em perigo