Homepage

  • Quercus quer proibição da largada de balões
    12 setembro 2018
    arrow
    arrow
  • O combate à poluição marinha tem sido um objetivo Europeu e há inclusive avanços na tentativa de reduzir a utilização de matérias em plástico.
  • As largadas de balões continuam a aumentar. Este verão foram a alternativa aos tradicionais foguetes nas festas populares, depois de estes terem sido proibidos com o objetivo de prevenir incêndios florestais.

    Em comunicado, a Quercus indica que enviou ao Ministério do Ambiente com conhecimento a todos os Grupos Parlamentares e Partidos com assento na Assembleia da República um novo pedido para a adoção de medidas que proíbam a “largada de balões”.

    A razão de ser deste pedido prende-se com o facto de os balões serem de plástico, por vezes equipados com lâmpadas LED usadas particularmente em libertações noturnas de eventos festivos. Após a sua libertação, os balões acabam por ir parar às matas mais próximas ou aos meios marinhos (rios, lagoas, mares ou oceanos). Diz a Quercus que, aliás, em limpezas de matas e praias é frequente encontrarem-se vestígios de balões.

    A largada de balões é muito procurada no meio dos casamentos e festas de luxo.

    “Como é do conhecimento geral, o plástico é um material duradouro, havendo assim uma grande probabilidade de estarmos a armazenar na natureza milhares destes exemplares com os impactos negativos que lhes estão associados” diz a associação em comunicado. “Ao fim de alguns anos vão perder a cor, fragmentar-se em pedaços mais pequenos e serão certamente confundidos com alimentos e ingeridos por espécies de pequeno ou grande porte, acabando estas por morrer.”

    O combate à poluição marinha tem sido um objetivo Europeu e há inclusive avanços na tentativa de reduzir a utilização de matérias em plástico com utilização única, por forma a contribuir para a minimização da poluição marinha.

    A Quercus indica que compreende as causas que estão normalmente na origem destas iniciativas, mas reforça que qualquer que seja a causa não poderá prejudicar outra, pelo que recomendam a substituição das atividades de largada de balões por outras iniciativas com menos impacto ambiental.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fotografia: Flickr Islander e CMEventos

    Fonte: Quercus

Tags
  • balões
  • balão
  • largada
  • eventos
  • Quercus
  • Plástico
  • Poluição
  • Poluição marinha
  • Sustentabilidade
  • Proibição
  • proibido
pub
similar News
similar
setembro 15
Haddar, Ohara, Morretino e Capdeville vencem o Sintra Pro 2019
setembro 15
Frederico Morais: 'O principal objetivo foi alcançado em Miyazaki'
setembro 15
Brasil conquista duplo ouro no Japão; Kikas foi 7.º
setembro 14
Bodyboard: Miguel Ferreira e Joana Schenker fora do Sintra Pro
setembro 14
Frederico Morais: 'É um grande orgulho apurar Portugal para os Jogos Olímpicos'
setembro 12
Bodyboard: Pierre Louis Costes eliminado precocemente do Sintra Pro
setembro 13
Kikas vence Slater e outros tops mundiais e avança firme no Mundial ISA