Homepage

  • Furacão a caminho dos Açores
    12 setembro 2018
    arrow
    arrow
  • Quando atingir o território nacional já deverá ser classificada como tempestade tropical.
  • O furacão Helene está agora a dirigir-se para os Açores e deve atingir o arquipélago no sábado.

    O centro do furacão localizava-se a 2530 km a sul-sudoeste da região e estava classificado como furacão de categoria 2, com rajadas de vento a rondarem os 175 quilómetros por hora. O furacão deve chegar aos Açores com intensidade reduzida.

    "Helene vai passar perto da região subtropical do anticiclone dos Açores. Vai acelerar no sentido Norte, no domingo, chegando ao Noroeste da Península Ibérica na segunda-feira, como um sistema tropical pequeno, mas potencialmente vigoroso", esclarece a meteorologista Katie Greening, do weather.com.

    Helene deve ainda intensificar-se, podendo atingir a categoria 3 nas próximas horas, mas deve começar a perder força a partir de amanhã. Quando atingir o território nacional já deverá ser classificada como tempestade tropical.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fotografias: e Lusa/RR

    Fonte: Weather

Tags
  • furacão
  • helene
  • Açores
  • Arquipélago
  • ilhas
  • Tempestades
  • meteorologia
  • mau tempo
similar News
similar
dezembro 03
FPS agradece todo o 'trabalho' e 'dedicação' de Teresa Bonvalot
dezembro 02
Primeiro fim de semana de dezembro vai ser frio, cinzento e chuvoso
dezembro 02
Grupos central e oriental dos Açores com aviso amarelo devido ao mau tempo e mar agitado
dezembro 02
Seleção Nacional de Surf Adaptado já partiu para o Mundial ISA 2022
dezembro 02
Ericeira Surf Clube participa em projeto que promove a sustentabilidade ambiental e não só
novembro 30
Chuva não fica para o feriado: sol vai brilhar
novembro 29
Governo australiano é contra a inclusão da Grande Barreira de Coral na lista de Património Mundial em perigo