Homepage

  • Surfista em tribunal por “amona” a mulher
    06 setembro 2018
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ABC
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O incidente ocorreu no mês passado e, agora, a justiça local anunciou que o homem é acusado de agressão, causando danos corporais reais.
  • A tensão na água no famoso pico de Lennox, em Nova Gales do Sul, Austrália, parece ser cada vez maior e há quem não olhe a sexos na hora de apanhar ondas. Foi o que aconteceu com um surfista local, de 55 anos. O homem vai agora ser presente a tribunal depois de ter feito uma “amona” a uma surfista, após um choque entre a prancha de ambos.

    O incidente ocorreu no mês passado e, agora, a justiça local anunciou que o homem é acusado de agressão, causando danos corporais reais, isto depois de ter colocado a cabeça da mulher debaixo de água por três vezes.

    “Vamos alegar que ele colocou a cabeça da vítima debaixo de água ao ponto de ela achar que se ia afogar. Também vamos alegar que ela fingiu estar inconsciente para ser libertada pelo atacante”, referiu o detetive inspetor chefe Cameron Lindsay ao jornal australiano “New Daily”.

    Esta foi apenas mais uma briga dentro de água naquele famoso spot australiano, uma vez que a polícia admite que estes casos têm vindo a aumentar nos últimos tempos. “A mensagem da polícia é que todos se respeitem dentro de água, porque as leis não se aplicam apenas em terra, também se aplicam no surf”, sublinhou o responsável policial.

    Isto acontece numa altura em que os locais se queixam do excesso de crowd e de tensão na água, sobretudo graças à presença de inúmeros turistas. No local já foi mesmo levantada uma placa onde se pede respeito pelos locais.

    Contudo, o famoso jornalista de surf e local Steve Shearer explicou que os surfistas estão “esfomeados” depois de um inverno atípico e que isso pode aumentar a tensão na água. Mas salientou também que o clima que se vive agora dentro de água é bem mais calmo do que antigamente.

    “Colocando as coisas num contexto, quando eu aprendi a surfar a cultura do surf era muito mais violenta. Na altura, se pisássemos a linha a consequência envolveria violência. Agora as coisas estão muito mais pacíficas. O crowd é algo para que tens de estar preparado nos dias de hoje. Tens de aceitar isso e perceber que te vais divertir menos”, frisou Shearer.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Localismo
  • Austrália
  • Lennox
  • Nova Gales do Sul
  • Amona
  • Fotografia
    ABC
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
junho 29
Título nacional vai ser discutido por 12 surfistas!
junho 29
Garrett McNamara: 'Devo ao oceano tudo aquilo que alcancei na vida'
junho 29
O surf e a responsabilidade de ajudar a proteger os oceanos
junho 28
Surfrider Foundation Europe promove limpeza da foz do rio Trancão na quinta-feira
junho 29
Torneira gigante que despeja plásticos dá nas vistas no Parque das Nações
junho 28
Campeões do III São Vicente SUP Challenge coroados em Ponta Delgada
junho 28
Teresa Bonvalot fez o pleno de conquistas nos Açores