Homepage

  • Surf: É importante dar espaço à indústria
    05 setembro 2018
    arrow
    arrow
  • A FIARTIL - Feira de Artesanato do Estoril - vai receber, nos dias 15 e 16 de setembro, a primeira edição da Surf Out Portugal.
  • A Surf Out foi idealizada pelos irmãos Patrick e Salvador Stilwell, surfistas, que querem dar o seu contributo ao setor, evidenciando a “fase notável” pela qual este está a passar. Esta ambição é partilhada por cerca de 50 marcas e entidades que vão estar presentes no evento e por um vasto leque de personalidades da indústria: Pedro Soeiro Dias, da Despomar, Tiago Pires, lenda do surf e responsável pela ReAct Sports Management, e Francisco Simões Rodrigues, presidente da Associação Nacional de Surfistas, são alguns dos nomes que irão partilhar as suas visões sobre o futuro do setor.

    O surf está na moda e as grandes ondas portuguesas têm feito correr tinta em todo o mundo, mas, até agora, o surf português tem se potenciado sobretudo pelo turismo e pelos nossos surfistas. Contudo, a área da indústria também tem potencial para ser mais evidenciada e a Surf Out Portugal visa, precisamente, colmatar essa lacuna: o objetivo da iniciativa, que conta com o cunho do Turismo de Portugal, é criar um ecossistema que dê visibilidade à indústria do surf, para que esta possa evoluir ao mesmo ritmo que os restantes setores. Para isso, vai reunir num único espaço os principais players, desportistas e simpatizantes do surf para debater o presente e o futuro da modalidade.

    “Por norma, falamos primariamente da faixa de competição, em específico na Liga MEO Surf e dos eventos internacionais, mas é importante também darmos espaço à indústria, aos seus pensadores e demais agentes. É uma vertente diferente mas também necessariamente importante”, afirma Francisco Simões Rodrigues, presidente da Associação Nacional de Surfistas (ANS), salientando que “todas as iniciativas de promoção e divulgação do surf são altamente positivas para o desenvolvimento da modalidade em Portugal”.

    A ANS é um dos parceiros institucionais da iniciativa, que, além de muita animação e atividades, vai mostrar o que de melhor se faz no país com uma mostra de produtos e serviços com cerca de 50 expositores. Para além disso, o futuro do setor do surf será debatido durante os dois dias de evento nas Surf Talks by Turismo de Portugal, que vão contar com a experiência e visão de figuras relevantes, onde se inclui Francisco Simões Rodrigues.

    Apesar do árduo trabalho no setor, o presidente da associação acredita que ainda há muito para aprender e evoluir e, como tal, garante que se vai sentar na primeira fila para absorver tudo o que os intervenientes possam partilhar e que a associação possa transmitir aos que representa: “A ANS representa o segmento premium dos surfistas portugueses, desde os principais embaixadores da modalidade - que já vingam internacionalmente -, aos que agora dão os primeiros passos nesse sentido, incluindo os que também o ambicionam. Mas mais ainda…a ANS comunica e interage permanentemente com estes mas também com as demais pessoas que consomem a modalidade. Neste sentido, a ANS assume-me como o bom aluno, que se vai sentar na primeira fila a absorver o que de melhor a Surf Out Portugal tem para transmitir”, diz o representante. 

    Na Surf Out Portugal, Francisco Simões Rodrigues espera que “se possam desenhar e fortalecer linhas de entendimento para futuros negócios, sempre com o surf como denominador comum às partes envolvidas”. Desejamos que na Surf Out Portugal se façam boas e importantes reflexões sobre o estado atual do surf em Portugal e se estabeleçam metas orientadoras para o médio-longo prazo. Lado a lado estarão surfistas, profissionais endémicos e não endémicos, parceiros e consumidores da modalidade e demais relacionados. O resultado final vai ser muito interessante”, remata. 

    A visão do presidente da ANS não é, de resto, distinta dos restantes intervenientes na iniciativa. Também Tiago Pires, responsável da ReAct Sports Management e um dos maiores surfistas nacionais de todos os tempos, vê o evento como “essencial” para juntar todas as frentes ligadas ao setor. “A Surf Out Portugal propõe-se a estabelecer um marco muito importante no cenário atual do surf em Portugal. Estamos muito bem resolvidos em termos de eventos, o mercado cresce a olhos vistos, mas continuamos sem um evento que junte marcas, distribuidores e público em geral. Lembro-me perfeitamente de ser muito jovem e a FIL ser um dos momentos mais ‘excitantes’ do ano! Penso que a Surf Out Portugal tem todo o potencial para vir a preencher essa lacuna”, sublinha o desportista, que também vai marcar presença na FIARTIL.

    Do lado das marcas e serviços, serão cerca de 50 os expositores. A Despomar diz que não podia faltar: “A Despomar tentou sempre, desde a sua génese, estar ao lado de projetos novos e inovadores, não apenas de eventos competitivos, mas de iniciativas que pudessem acrescentar valor ao surf e a Surf Out Portugal é caso disso”, defende Pedro Soeiro Dias, da Despomar.

    “O surf em Portugal já tem alguma dimensão, mas era preciso juntar todos os quadrantes com o mesmo mote e um mesmo propósito e dar a conhecer o que há no surf português. Neste sentido, esperamos que a Surf Out Portugal seja um momento enriquecedor e esclarecedor da nossa realidade do surf, não só dentro de água, mas também fora”, nota o responsável da marca portuguesa.

    No evento, a marca vai proporcionar momentos de interação com a equipa da Billabong Portugal, que já têm presença confirmada no stand, e apresentar a linha “Adventure Division”, uma linha de produtos pensados por um grupo de surfistas para condições extremas. Quem também se vai juntar à Despomar na FIARTIL, no dia 15 de setembro, será o surfista francês Benjamin Sanchis, que vai apresentar o documentário “Vague à l’âme”, que mostra a história desse grupo de surfistas - da Adventure Divison – e a conquista das grandes ondas através da lente do realizador Vincent Kardasik.

    Todo o programa pode ser consultado nas redes sociais e site da Surf Out Portugal. Nos dias 15 e 16 de setembro, todas as ondas vão dar à FIARTIL.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • SurfOut
  • FIARTIL
  • Estoril
  • Pedro Soeiro Dias
  • Despomar
  • Tiago Pires
  • ReAct Sports Management
  • Francisco Simões Rodrigues
  • ANS
  • Salvador Stilwell
  • Patrick Stilwell
pub
similar News
similar
agosto 20
Mais de 500 jovens participaram no programa 'Nadador Salvador Júnior'
agosto 20
Donald Trump taxa pranchas de surf importadas da China
agosto 20
ZERO enaltece diminuição de problemas com águas balneares
agosto 20
Cliff Diving Series: Bósnia pode decidir títulos de 2019
agosto 20
Calor deixa 17 distritos sob aviso amarelo
julho 16
Campeões demolidores na estreia do Líbano
julho 11
Cliff Diving World Series em estreia no Líbano