Homepage

  • Surf é nomeado desporto oficial da Califórnia
    27 agosto 2018
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Lei foi assinada 133 anos depois de três havaianos (David Kawananakoa, Edward Keliiahonui e Jonah Kuhio Kalaniana'ole) ali terem surfado pela primeira vez, em Santa Cruz.
  • De Mavericks a Malibu, de Rincón a Santa Cruz ou San Diego, passando por Trestles ou pelos famosos piers de Huntignton Beach ou Oceanside. São inúmeros os locais de culto do surf que se situam na Califórnia, além de toda a história e cultura associada a este estado norte-americano. Por isso mesmo, o surf foi nomeado desporto oficial da Califórnia, na última semana.

    133 anos depois de três havaianos (David Kawananakoa, Edward Keliiahonui e Jonah Kuhio Kalaniana'ole) ali terem surfado pela primeira vez, em Santa Cruz, mudando para sempre a relação da Califórnia com o mar que a banha, o poder local decidiu elevar o surf a um estatuto especial e único em todo o Mundo, tornando-o no desporto oficial local.

    Foi na passada segunda-feira, que o governador Jerry Brown assinou a lei que vem honrar toda uma história e cultura do Golden State. Desde as ondas grandes a norte, aos progressivos beach breaks do sul, ou até pelos bowls que ligaram umbilicalmente o surf e o skate [ver os dois filems sobre os Lords of Dogtown], que a Califórnia respira surf por todos os poros, vendo agora reconhecido o “desporto que melhor represente o sonho californiano”.

    A ligação do surf com a Califórnia já tem mais de um século. Depois dessa primeira vez que as ondas foram desbravadas, a Califa recebeu em 1912 a visita do pai do surf, o havaiano Duke Kahanamoku. Nas décadas seguintes o surf expandiu-se ao longo de todo o estado, vendo surgir inúmeros surfistas, que foram descobrindo cada vez mais spots míticos.

    Foi também na Califórnia que se assistiu a dois grandes fenómenos cinematográficos, como foram Gidget e o Endless Summer de Bruce Brown, dando aí início a uma explosão do fenómeno do surf. Mais a norte, nas águas frias de Sant Cruz, o mítico Jack O’Neill desenvolveu o primeiro fato de surf.

    É, ali, na Califórnia que se encontra, atualmente, o principal embrião de surfistas norte-americanos, quer sejam competidores ou simples free surfer. E mesmo que não tenha sido a Califórnia a dar o rei ao Mundo – Kelly Slater é da Florida -, foi lá que o próprio Slater iniciou a escalada do surf a um novo patamar, com a construção de uma piscina de ondas perfeitas, em Lemoore, onde no início de setembro se vai realizar o aguardado Surf Ranch Pro, a contar para o World Tour.

    Nos últimos anos, foi também na Califórnia que se instalou a sede mundial da WSL. É em Huntington Beach, por exemplo, que acontece o evento com o maior prémio do surf mundial, além de outras provas já bastante históricas. São vários os acontecimentos que fizeram deste célebre estado norte-americano a grande meca do surf mundial, a par do Havai. E o justo reconhecimento para com este desporto/modo de vida surge agora.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Califórnia
  • Surf
  • Desporto oficial
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
novembro 26
Já há nova data para a etapa inaugural do circuito Billabong Ericeira 2021 para as categorias Open, Masters e Feminino
novembro 26
Ítalo quer competir até aos 38 anos: 'Vou durar bastante tempo'
novembro 26
Último fim de semana de novembro vai ter um pouco de tudo: frio, sol, nuvens, vento e aguaceiros
novembro 28
Lendário Reno Abellira sai do coma, após brutal agressão em Ala Moana
novembro 25
Desde o início do século XX que o Oceano Ártico está a aquecer
novembro 25
Adiada etapa inaugural do circuito Billabong Ericeira 2021 para as categorias Open, Masters e Feminino
novembro 24
O Maracaña do Surf voltou a rugir! Houve festival em Saquarema