Homepage

  • As nove coisas que mais irritam uma nadadora-salvadora
    16 agosto 2018
    arrow
    arrow
  • 'Por vezes sinto-me discriminada', revela a nadadora-salvadora que trabalha num dos areais da Caparica.
  • Cheila, 25 anos, e Catarina, 20, são nadadoras-salvadoras em praias distintas do país: uma da zona oeste e outra da margem sul.

    Ambas admitem ao site Delas.pt adorar o que fazem, mas, ao mesmo tempo, também partilham de angústias e incompreensões comuns: desrespeito e descredibilização pelo fato de banho que orgulhosamente vestem são duas delas.

    Mas a lista do que mais irrita estas profissionais é muito mais vasta. Desde piropos a fingimentos de afogamento, estas são algumas das peripécias graves – e até puníveis por lei – que, em tom de desabafo, ambas revelam ao Delas.pt.

    Se tiveres que salvar um homem, consegues com ele?” ou “hoje a praia está segura, posso-me afogar à vontade” são algumas das frases que, conta Catarina, já ouviu nos últimos anos em que tem estado a vigiar praias.

    “Sim, por vezes sinto-me discriminada“, revela a nadadora-salvadora que trabalha num dos areais da Caparica. “Acho que as pessoas ainda não estão muito habituadas. Muitas vezes perguntam-me se sou ou não capaz de salvar um homem”, refere Catarina. Ambas reiteram que ainda há preconceito na profissão. Ouvir coisas como “ah, estão ali a receber imenso dinheiro para estarem a apanhar banhos de sol” é algo ainda comum, confidenciam.

    ”Muitas vezes perguntam-me se sou ou não capaz de salvar um homem”, refere Catarina.

    Ainda assim, tanto Catarina como Cheila admitem adorar a profissão e notam que, em 2018, sentiram um crescimento na adesão de mulheres aos cursos de nadadora. “Se calhar, há uns três anos éramos só umas três ou quatro. Agora, talvez sejamos seis raparigas para dez rapazes, o que é bastante positivo“, referiram.

    Trabalho na praia? Este é o longo caderno de encargos

    Ser nadadora-salvadora é, porém, muito mais do que apenas salvar alguém de um possível afogamento. Cheila Estrela vai mais além e desfia o longo caderno de encargos de um profissional desta atividade. “Somos nós que estamos lá para desinfetar um ferimento, aliviar a dor de uma picada de peixe-aranha (clica aqui para saber como tratar), levar uma criança à agua porque a mãe tem medo, dar a mão a uma idosa que quer molhar as pernas – porque faz bem às doenças – mas tem medo de se embrulhar numa onda, ou até correr a praia inteira à procura dos pais de uma criança perdida”, enumera.

    Confiram a lista de coisas abaixo e descubram quais as coisas que mais irritam as nadadoras salvadoras.

    Será que já fizeram alguns destes comportamentos?

     

    1 - Não respeitar as zonas específicas de banhos e ir "para onde convém".

    2 - Desrespeitar as placas de sinalização de "agueiros e correntes perigosas" (clica aqui para saber o que fazer), insistindo em tomar banho nesses sítios.

    3 - Não respeitar a bandeira vermelha e, por isso, desrespeitar "a decisão que indica que o mar não tem condições para a prática de banhos"

    4 - Fingir afogamentos. Embora não seja "uma prática comum", uma das nadadoras já viu isso acontecer.

    5 - Dizer que esta profissão é só para "se estar a apanhar banhos de sol".

    6 - Duvidar que, "por se ser mulher, não vai ser capaz de fazer um salvamento".

    7 - Os piropos. "Hoje posso-me afogar à vontade"; "Hoje temos uma mulher para nos salvar" ou "Se morresse, ia feliz" são alguns dos exemplos relatados.

    8 - Não respeitar os avisos e "fazer como se não ouvisse" os apitos.

    9 - Ver crianças na praia ao meio-dia, hora mais perigosa para a exposição solar. "Muitas vezes elas nem estão devidamente protegidas".

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fonte: Delas.pt

    Fotos - Nadadores Salvadores Portugal;ILoveIt; LGC; Z; SCBP; T; VB; MB

Tags
  • nadador salvador
  • nadadora salvadora
  • mulher
  • girls
  • delas.pt
  • Salvamento
  • salva vidas
  • isn
  • praia
  • praias
  • portugal
  • coisas
  • irritam
  • top
pub
similar News
similar
outubro 21
Costa da Morte, na Galiza, quer ser Reserva Mundial de Surf
outubro 21
Salvamentos aumentaram nas praias portuguesas na época balnear de 2020
outubro 21
Primeira ondulação grande da temporada deverá entrar na Nazaré a partir de domingo
outubro 21
Circuito Regional da Madeira SUP Race arrancou em grande estilo
outubro 21
Bodyboard: Título nacional feminino vai decidir-se na Póvoa de Varzim
outubro 19
Bernardo Jerónimo, o único português a competir no Frontón King, já está na 3ª ronda
outubro 20
Depressão Bárbara: Aviso vermelho alargado a mais 3 distritos do continente
pub