Homepage

  • A captura do maior exemplar nas ilhas e a última de que há registo aconteceu em 1976 pelo pescador Xisco López.
  • A expedição científica Alnitak filma pela primeira vez o grande tubarão branco, de cinco metros, nas águas de Cabrera.

    Nas águas das ilhas Baleares, a oito milhas da costa da ilha de Cabrera, a expedição científica Alnitak 2018 documentou e filmou durante cerca de 70 minutos a presença de um grande tubarão branco, com cinco metros de comprimento. Trata-se da primeira observação científica, em 30 anos, da presença de um exemplar do tubarão branco (Carcharodon Carcharias) em águas espanholas, sendo que nos últimos anos as notícias sobre a presença desta espécie se limitaram a avistamentos e rumores não confirmados.

    A organização para a conservação do meio ambiente Alnitak informou, através da sua página de Facebook, a descoberta histórica, que ocorreu na manha de quinta-feira. Durante o dia a expedição foi coordenada pelo biólogo Ricardo Sagarminaga, acompanhado pelo biólogo e diretor de documentários Fernando López-Mirones e por uma equipa de dez pessoas de cinco países diferentes. Durante 70 minutos a equipa filmou os movimentos do tubarão branco nas águas próximas do Parque Natural e Cabrera.

    A organização explica que a presença dos grandes tubarões brancos em águas espanholas era um rumor constante e uma evidência histórica foi comprovada por fotografias em toda a costa balear, levantina e catalã. Há mais de 30 anos que não se registava a presença destes tubarões.

    Reaparecimento de um velho conhecido

    O tubarão branco não é uma espécie desconhecida nas Baleares, ainda que a última captura tenha ocorrido em 1976. Em 2007, num documentário do jornalista Juan Andrés Ruiz sobre a história da espécie nas águas de Maiorca estimava-se em 27 as capturas deste tubarão por pescadores locais em áreas próximas da ilha, entre 1920 e 1976.

    A captura do maior exemplar nas ilhas e a última de que há registo aconteceu em 1976 pelo pescador Xisco López, que capturou um tubarão branco com mais de seis metros, na zona de Cap Farrutx. Sete anos antes, o pescador Guillem Ferragut documentou a pesca de um tubarão com seis metros de comprimento, que entrou na sua armadilha na zona da Bahía Azul, a sul da ilha. Durante as décadas seguintes, em áreas da costa das Baleares, encontraram-se corpos de cetáceos mortos que apresentavam dentadas que indicavam que os tubarões brancos não se haviam extinguido no arquipélago. A União Internacional da Conservação da Natureza tem registadas cerca de 30 espécies de tubarões em torno das ilhas e alguns deles encontram-se ameaçados.

    Nas últimas semanas a expedição realizou várias investigações com a recolha de dados sobre tartarugas marinhas, cachalotes, golfinhos, atuns vermelhos e raias. Também foram recolhidas informações sobre a presença de microplásticos no mar e adotadas medidas para a divulgação da conservação do ambiente e do meio marinho.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fonte: Expresso | Vídeo: EuroNews

    Fotografia: Alnitak - Conservation in Action

Tags
  • peixe
  • Tubarão-branco
  • Baleares
  • Espanha
  • Tubarão
  • tubarao
  • Carcharodon Carcharias
  • avistado
  • raro
  • Vida Animal
  • mar
  • oceano
  • Natureza
similar News
similar
setembro 20
Kanoa Igarashi, de vice-campeão mundial ISA à prata olímpica em casa
setembro 21
FPS lança a Semana do Surfing
setembro 21
Época balnear em Espinho prolongada até 26 de setembro
setembro 21
Save The Waves Film Fest Azores Tour chega ao Pico
setembro 20
Joana Schenker vai ajudar a limpar a Praia da Mareta
setembro 20
Finalíssima de Trestles foi o dia de competição mais visto de sempre em provas WSL
setembro 20
Inscrições reabertas para a etapa inaugural do Circuito de Surf do Ericeira Surf Clube