Homepage

  • Sesimbra hasteia bandeira de praia acessível
    07 junho 2018
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Diário da Região
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O prémio Praia Acessível é atribuído pelo Instituto Nacional para a Reabilitação, Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.
  • Foi na passada segunda-feira, na Praia do Ouro, em Sesimbra, que decorreu a cerimónia do hastear da primeira bandeira de praia acessível em Portugal neste ano. Este reconhecimento surgiu pela conquista do primeiro lugar no Prémio Praia + Acessível 2017 por parte desta praia e a cerimónia teve direito a honras de estado.

    Segundo escreve o “Diário da Região”, além da presença da secretária de estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, e do presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, Francisco Jesus, este acontecimento contou ainda com a presença do presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, Nuno Lacasta, do presidente do Instituto Nacional da Reabilitação, Humberto Santos, da autoridade marítima e de representantes de diversas entidades.

    “Este galardão é a recompensa pelo esforço que o município tem feito para ter praias de qualidade, que possam ser usufruídas por todos os cidadãos”, sublinhou o autarca local, acrescentando ainda que Sesimbra “tem das praias mais seguras do país”. Francisco Jesus lembrou ainda  intervenções “fulcrais para um turismo de qualidade”, como, por exemplo, o investimento feito na qualificação das praias, na valorização da marginal e do núcleo urbano da vila de Sesimbra.

    Já a secretária de Estado do Turismo felicitou Sesimbra pelo prémio e salientou que a atribuição da bandeira de Praia + Acessível “é um momento simbólico que mostra também o que é Portugal”. A representante do Governo acrescentou que o país tem atualmente 222 praias acessíveis, quando em 2005 tinha apenas 49.

    O prémio Praia Acessível é atribuído pelo Instituto Nacional para a Reabilitação, Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, que promove a igualdade de oportunidades e a acessibilidade nas zonas balneares.

    O melhoramento da área de conforto, a construção de uma nova passadeira de acesso, a existência de uma rede de cadeiras anfíbias na praia, que envolve os concessionários, a criação de um corredor de acesso ao mar para as cadeiras anfíbias, o apoio personalizado ao utente e a divulgação, foram algumas medidas que contribuíram para a distinção do areal sesimbrense, que concorreu com outras 22 praias portuguesas.

    O projeto All and One também foi apresentado na cerimónia. Este é um programa de apoio ao utente que vai envolver alunos de fisioterapia e desporto do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), ao longo da época balnear, ao abrigo da parceria entre o município sesimbrense e o IPS. “Este acordo permitirá que vários jovens com aptidões profissionais colaborem com os utentes da área reservada a pessoas com mobilidade reduzida, sendo este o primeiro passo numa parceria que podemos desenvolver”, referiu o autarca de Sesimbra.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fonte: Diário da Região

Tags
  • Praias
  • sesimbra
  • Bandeira
  • Acessibilidade
  • Fotografia
    Diário da Região
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
abril 03
Liga MEO Surf Super Ranking – Quem foi o melhor surfista da década?
abril 03
Fim de semana será de chuva em todo o país
abril 02
Câmara de Sesimbra interdita acesso às praias do concelho
abril 02
Quarentena afasta curiosos da reprodução das tartarugas-oliva na Índia
abril 03
Não resistiu ver Malibu a quebrar perfeito e… acabou detido
abril 02
Dezenas de tartarugas-de-pente nascem numa praia brasileira deserta
abril 02
Poluição do ar também cai abruptamente na Índia
pub