Homepage

  • Peniche nos destinos de surf mais procurados
    11 junho 2018
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Em 2017 Peniche atraiu cerca de 16 mil habitantes, com os alemães a surgirem no primeiro posto do destino de origem dos turistas.
  • O site Airbnb divulgou recentemente os dados relativos aos destinos de surf mais procurados nesta plataforma e Peniche surge entre os spots mais procurados em todo o Mundo. É o único destino português em toda a lista, registando quase tanta procura como a mítica baía de Waimea, em Oahu, no Havai.

    No topo desta lista de surf spots surge Keramas, em Bali, Indonésia, que é conhecida como uma das ondas mais performances do planeta. Em 2017 Keramas atraiu reservas de 355 mil pessoas, e num local com uma oferta de 16.700 alojamentos disponíveis na plataforma.

    Mais distante surge Peniche, com 16 mil hóspedes atraídos no último ano. As principais origens dos turistas que acorreram à cidade foram, em primeiro lugar, a Alemanha, seguindo-se França, Espanha, Portugal e Reino Unido. Ao todo, Peniche conta com uma oferta de 660 alojamentos disponíveis no Airbnb.

    O relatório refere ainda que cada proprietário recebeu um rendimento anual médio de 3200 dólares (cerca de 2700 euros) pelo seu arrendamento temporário. Apesar de em termos de reservas Peniche estar lado a lado com Waimea Bay - 21 mil reservas nos 460 alojamentos disponíveis -, os números são bem diferentes em termos dos rendimentos dos proprietários - 14 mil dólares (cerca de 12 mil euros), o que indica que os alojamentos são arrendados por um maior período ao longo do ano.

    Aquém destes números fica Jeffreys Bay, na África do Sul, que possui uma das ondas mais míticas do surf mundial. J-Bay teve 9300 reservas em 2017, num local em que há 530 alojamentos anunciados na plataforma, e com um rendimento anual típico dos proprietários da ordem dos 1000 dólares (cerca de 850 euros).

    A lista apresentads pelo Airbnb apresenta ainda outros spots bastantes famosos, como Bells Beach e Margaret River (Austrália), Chiba (Japão), Anchor Point (Marrocos), Arica (Chile), Saquarema (Brasil), Hossegor (França) ou Mundaka (País Basco, Espanha). Curiosidade para o facto de grande parte destes spots receber ou já ter recebido provas internacionais de surf, sobretudo a nível do circuito Mundial.

    Segundo o Airbnb, os proprietários que partilharam as casas nos principais destinos de surf faturaram, ao todo, mais de 23 milhões de euros e atraíram cerca de 170 mil hóspedes.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Foto: WSL

Tags
  • Peniche
  • Turismo
  • airbnb
  • Keramas
  • havai
  • Jeffreys Bay
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
outubro 25
Orcas danificam leme de veleiro ao largo de Sines
outubro 25
Voltou! Ítalo Ferreira esteve a dropar as bombas do Canhão da Nazaré (Vídeo)
outubro 25
Novos campeões nacionais de bodyboard Open vão ser encontrados em Peniche
outubro 25
ASCC apresenta novidades para o circuito Caparica Power 2021/2022
outubro 25
2020 foi ano de pandemia, mas as emissões de gases com efeito de estufa alcançaram níveis recorde
outubro 22
Praia do Dragão Vermelho acolhe etapa única do Nacional de Longboard de 2021
outubro 22
Heat draw definido para a finalíssima do Nacional de Surf Esperanças Sub-18