Homepage

  • Olá terminal. Adeus surf em São Torpes….
    21 maio 2018
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Estudo prevê criação de 1000 postos de trabalho. Uma consequência que é vista como suficiente para avançar com o projeto e acabar com a onda que marca o começo da Costa Vicentina.
  • Há muito que se temia o pior e, agora, o destino da onda de São Torpes parece estar mesmo destinado à extinção. Segundo uma notícia avançada pelo “Jornal de Negócios” já houve “luz verde” para a construção do novo terminal de Sines, o que por outras palavras significa o fim do surf logo ali ao lado, na mágica praia de São Torpes.

    Apesar de o estudo realizado sobre o impacte ambiental apontar para a extinção do surf em São Torpes, a conclusão final aponta para a viabilidade da construção do novo terminal Vasco da Gama, dando como pontos a favor o facto deste, supostamente, ir criar 1000 postos de trabalho na região.

    Estudo e Impacte Ambiental (EIA), em consulta pública até 19 de junho, considera que o projeto é “viável do ponto de vista ambiental”, pois vai gerar “em contrabalanço, um conjunto muito importante de impactos positivos permanentes, diretos e indiretos, em especial no ordenamento do território e na sócio economia”, segundo escreve o “Negócios”.

    Ignorado é, assim, o impacto sócio económico e turístico da região, que vai perder um dos ex-líbris surfísticos da costa litoral alentejana. Aliás, a praia de São Torpes marca o início da Costa Vicentina, um trecho de costa único e virgem na Europa, mas, simultaneamente, cada vez mais ameaçado.

    No entanto, o documento propõe um conjunto de medidas para atenuar os efeitos negativos que o projeto terá nas fases de construção e exploração. No caso da degradação das condições para a prática de surf em São Torpes, por exemplo, sugere que se melhorem as condições para a prática deste desporto nas praias de Sines. Além disso, propõe também a existência de um mecanismo de compensação para as três escolas de surf que existem naquela praia.

    Desde 2006 que a expansão do porto de Sines está em cima da mesa. O concurso para o projeto do novo terminal Vasco da Gama irá agora avançar assim que a Agência Portuguesa do Ambiente emita a declaração de impacte ambiental (DIA). Estima-se que o custo da primeira fase se situe em 400 milhões de euros.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fonte: Jornal de Negócios

    Foto - Ângela Nobre

Tags
  • Costa Vicentina
  • Porto de Sines
  • Sines
  • Terminal
  • São Torpes
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
novembro 30
Cientistas querem estudar profundezas dos oceanos durante uma década
novembro 30
Vai nascer em Espanha a maior praia artificial da Europa
novembro 30
Portugal é o país da União Europeia mais perto de atingir as metas climáticas para 2030
novembro 30
Windsurf: Oficializado o recorde mundial do Guinness da maior onda surfada por uma mulher
novembro 30
Cabo Verde bate recorde de ninhos de tartarugas registados num ano
novembro 30
Luz verde ao processo de 6 jovens portugueses contra 33 países por causa das alterações climáticas
novembro 27
Cordão dunar entre as praias de Quiaios e Murtinheira vai ser reforçado
pub