Homepage

  • SUP'er' invasão no “Porto & Matosinhos Wave Series”
    14 maio 2018
    arrow
    arrow
  • Ação e muita competitividade nas duas provas de Sup Wave e Race Técnico
  • Os melhores atletas de stand up paddle (SUP) dominaram, este domingo, o quadro da competição do “Porto & Matosinhos Wave Series”. A etapa do Circuito Nacional de SUP Wave viu disputar os primeiros lugares para o ranking nacional da modalidade nas ondas da praia Internacional do Porto. Dia de muita ação também com a prova de Race Técnico que deu espetáculo às centenas de pessoas que assistiram à competição.

    24 atletas enfrentaram, este domingo, o mar da Praia Internacional do Porto na segunda etapa do Circuito Nacional de SUP Wave. Numa final muito disputada entre Simão Manuel, Pedro Casqueira e Diogo Queimada, foi Simão quem levou a melhor e conquistou o primeiro lugar com 10.90 pontos. Pedro Casqueira classificou-se em segundo com um score de 9 pts e Diogo Queimada, na terceira posição, com 8.93 pontos.

    Já o SUP Race Técnico foi disputado nas classes 12’6, 14’0, all-round e feminino, contando com 40 atletas inscritos. A prova integrou um circuito de, aproximadamente, 3,5 km com partida no areal, passando a rebentação e rondando as boias colocadas ao longo da praia e na rebentação. À semelhança das competições internacionais, esta foi uma prova com condições muito desafiantes que colocaram os atletas à prova.

    Na categoria 12’6, o pódio foi atribuído aos três primeiros do ranking da modalidade. Filipe Meira foi o vencedor com um tempo de 35:56.68. Ruben Afonso (36:22.08) e Renato Queirós (40:28.68) seguem em segundo e terceiro lugar, respetivamente.

    Na classe de 14’0, Diogo Sousa terminou na primeira posição, com 39:06.49, seguido de Jano Rodrigues (42:39.40) e Rui Ramos (42:47.98).

    No 12’6 feminino, Angela Fernandes mostrou garra desde o primeiro minuto. A atleta completou a prova em 47:17.76, uma vantagem de cerca de 7 minutos em relação a Marta Salaberi (54:39.52). Em terceiro, surge Diana Gil (58:35.00).

    No all around, Ricardo Maciel assumiu a primeira posição com um tempo de 47:17.76 com José António Gaio (54:39.52) e Detlef Muller (32:45.78) a subir ao pódio na segunda e terceira posição, respetivamente.

    A segunda etapa dos Circuito Nacional de SUP Wave e Race encontra-se inserida no cartaz do Log Surf Fest 2018 Powered by Mazda, organizado pela Onda Pura com as Câmaras Municipais do Porto e de Matosinhos. O evento é apoiado pela Federação Portuguesa de Surf, Associação Onda do Norte e pela entidade Regional do Turismo de Porto e Norte de Portugal. Conta com o patrocínio oficial da Mazda/Grupo AutoSueco e com os apoios de Activo Bank, Somersby, Vitalis, Ramirez, Hospital de Santa Maria – Porto, Abreu Viagens, Açaí Amazon, MEO, Solinca, Booínga Café, MixPão, Chef Tapioca, Be Stronger, Azurara Parque Aventura e Edifício Transparente, com a colaboração mediática da FUEL TV e MEO Beachcam.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fotos - Tó Mané Photography

Tags
  • Log Surf Fest
  • Porto & Matosinhos Wave Series 2018
  • sup
  • Praia Internacional do Porto
  • porto
  • matosinhos
  • Surf
  • Portugal
  • turismo de portugal
similar News
similar
fevereiro 01
FUEL TV assegura transmissão do Winter Dew Tour 2023 à escala global
fevereiro 01
Campeonato Nacional de Surf da Ucrânia vai ser disputado em Portugal
janeiro 31
Surf adaptado mantém bem vivo sonho da inclusão nos Jogos Paralímpicos de Los Angeles'2028
fevereiro 01
Índia vai estrear-se no Mundial ISA e já sonha com Paris’2024
janeiro 31
Comunicado da FPS sobre o projeto 'Gestão do Espaço Costeiro'
janeiro 31
Luke Shepardson, o vencedor improvável do Eddie Aikau que passou a ter um dia no Havai com o seu nome
janeiro 31
Ondas da Praia da Vigia consagraram campeões do Circuito Sealand Santa Cruz 2022