Homepage

  • Histórico: Produção de renováveis » Consumo
    05 abril 2018
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Situação registou-se pela primeira vez em Portugal Continental e é considerada inédita e histórica pela Associação Portuguesa de Energias Renováveis e a associação ambientalista Zero.
  • Em março registaram valores nunca antes vistos em Portugal Continental no que às energias renováveis diz respeito. Um “marco histórico e inédito”, segundo as palavras de várias associações ligadas ao meio. Pela primeira vez na história a produção de energias renováveis durante um mês em Portugal foi superior ao consumo.

    Dados da REN - Redes Energéticas Nacionais indicam que a electricidade de origem renovável produzida em Março foi de 4.812 Gigawtt hora (GWh), ultrapassando o consumo de Portugal Continental, que foi de 4.647 GWh. Algo que foi elogiado tanto pela Associação Portuguesa de Energias Renováveis como pela associação ambientalista Zero.

    Em março, a representatividade das renováveis foi de 103,6 por cento do consumo elétrico, o que é “inédito” nos últimos 40 anos. Valores que superam o anterior máximo, datado de fevereiro de 2014, quando a representatividade foi de 99,2 por cento. As duas associações destacam um período de 70 horas durante o mês de março, com início no dia 9, em que o consumo foi totalmente assegurado por fontes renováveis. Seguiu-se outro período de 69 horas com início no dia 12.

    “Estes dados, além de assinalarem um marco histórico do setor elétrico português, demonstram a viabilidade técnica, a segurança e a fiabilidade do sistema elétrico nacional, com muita eletricidade renovável”, referiram as duas associações num comunicado divulgado na segunda-feira e reproduzido pela agência Lusa.

    Segundo o comunicado da Zero e da Associação Portuguesa de Energias Renováveis, em termos de recursos energéticos o principal destaque vai para a hídrica e a eólica, que são responsáveis por 55 por cento e 42 por cento das necessidades de consumo, respetivamente. A produção total mensal de renováveis permitiu também evitar a emissão de 1,8 milhões de toneladas de dióxido de carbono.

    Bons indicadores, que deixam boas perspetivas para um futuro melhor do planeta. “O registo do mês passado é um exemplo do que se passará a verificar, mais frequentemente, num futuro próximo. Espera-se que até 2040 a produção de eletricidade renovável será capaz de garantir, de forma custo eficaz, a totalidade do consumo anual de eletricidade de Portugal Continental”, pode ler-se na mesma nota.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Energia
  • Energias renováveis
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
maio 29
Ação de limpeza subaquática bate recorde mundial do Guinness em Sesimbra
maio 29
ISN realiza 1º Open Day para execução do Exame Específico de Aptidão Técnica para nadadores-salvadores
maio 29
Nacional de Bodysurf: Miguel Rocha e Santiago Boia saem vencedores da Lourinhã
maio 29
Seleção Nacional de Surf já está em El Salvador para disputar o Mundial ISA
maio 25
Ricardo Rosmaninho é o resistente da armada lusa em Antofagasta
maio 26
Chuva e trovoada de volta: 12 distritos sob aviso amarelo
maio 28
Ricardo Rosmaninho alcança 9º lugar no Antofagasta Bodyboard Festival