Homepage

  • Histórico: Produção de renováveis » Consumo
    05 abril 2018
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Situação registou-se pela primeira vez em Portugal Continental e é considerada inédita e histórica pela Associação Portuguesa de Energias Renováveis e a associação ambientalista Zero.
  • Em março registaram valores nunca antes vistos em Portugal Continental no que às energias renováveis diz respeito. Um “marco histórico e inédito”, segundo as palavras de várias associações ligadas ao meio. Pela primeira vez na história a produção de energias renováveis durante um mês em Portugal foi superior ao consumo.

    Dados da REN - Redes Energéticas Nacionais indicam que a electricidade de origem renovável produzida em Março foi de 4.812 Gigawtt hora (GWh), ultrapassando o consumo de Portugal Continental, que foi de 4.647 GWh. Algo que foi elogiado tanto pela Associação Portuguesa de Energias Renováveis como pela associação ambientalista Zero.

    Em março, a representatividade das renováveis foi de 103,6 por cento do consumo elétrico, o que é “inédito” nos últimos 40 anos. Valores que superam o anterior máximo, datado de fevereiro de 2014, quando a representatividade foi de 99,2 por cento. As duas associações destacam um período de 70 horas durante o mês de março, com início no dia 9, em que o consumo foi totalmente assegurado por fontes renováveis. Seguiu-se outro período de 69 horas com início no dia 12.

    “Estes dados, além de assinalarem um marco histórico do setor elétrico português, demonstram a viabilidade técnica, a segurança e a fiabilidade do sistema elétrico nacional, com muita eletricidade renovável”, referiram as duas associações num comunicado divulgado na segunda-feira e reproduzido pela agência Lusa.

    Segundo o comunicado da Zero e da Associação Portuguesa de Energias Renováveis, em termos de recursos energéticos o principal destaque vai para a hídrica e a eólica, que são responsáveis por 55 por cento e 42 por cento das necessidades de consumo, respetivamente. A produção total mensal de renováveis permitiu também evitar a emissão de 1,8 milhões de toneladas de dióxido de carbono.

    Bons indicadores, que deixam boas perspetivas para um futuro melhor do planeta. “O registo do mês passado é um exemplo do que se passará a verificar, mais frequentemente, num futuro próximo. Espera-se que até 2040 a produção de eletricidade renovável será capaz de garantir, de forma custo eficaz, a totalidade do consumo anual de eletricidade de Portugal Continental”, pode ler-se na mesma nota.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Energia
  • Energias renováveis
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
dezembro 03
Mercedes-Benz Nazaré Winter Sessions 21/22 - 1º Episódio
dezembro 03
Novo campeão regional de Surf Open da Madeira é coroado este sábado
dezembro 03
Até 2030, os Açores querem ter 30% de Áreas Marinhas Protegidas
dezembro 03
Os dias de sol e céu azul estão de partida: o tempo cinzento regressa no primeiro fim de semana de dezembro
dezembro 02
Matosinhos Surf School Cup segue para a Praia de Matosinhos
dezembro 02
Avistadas caravelas-portuguesas em diversas praias do continente e nos Açores
dezembro 02
Seleção Nacional de Surf Adaptado já partiu rumo ao Mundial de Pismo Beach