Homepage

  • O episodio foi acompanhado em directo por milhares, através das live cams do Beachcam na Nazaré
  • Texto por Gustavo Lermen Silva,

    Há uma frase proferida pelos locais de Pipeline no Hawaii que ilustra bem quem é que manda ali, "Não é você quem escolhe Pipeline e sim ela que te escolhe".

    Independentemente dos motivos, o mesmo acontece em vários outros lugares do mundo e Nazaré sem dúvida é um deles. As dificuldades começam no shorebreak ao entrar no mar, seja na remada com uma gun ou esperando uma oportunidade para alcançar o jet-ski  a partir da areia. 

    Isto fica evidente neste live do Beachcam, particularmente no minuto 4:40. Antes de começar o vídeo este rapaz já exibia a sua luta, aguardado com paciência e persistindo no seu objetivo. 

    Clica aqui para ver as nossas live cams na Nazaré - Praia da Vila, Praia do Norte Panorâmica, Praia do Norte

    Foi triste ler comentários do tipo, " afogamento em directo", e ver críticas gratuitas de pessoas sem conhecimento do assunto. Felizmente  também existiram muitas pessoas com bom senso mandando mensagens de apoio e incentivo a este bravo guerreiro.  Depois de ter concluído a sua missão da melhor forma, o próprio surfista em questão manifestou-se, bem como outras pessoas mandando recados pertinentes aos haters de plantão, alguém disse "para a próxima pensem duas vezes antes de escrever disparates sentados no sofá!", eu concordo plenamente.

    Para finalizar o surfista Sergey Mysovsky postou o resultado do seu esforço, não podia ser melhor a sua resposta! Máximo respeito companheiro!

    Estivemos à conversa com Sergey Mysovsky o Russo que enfrentou a fúria do shorebreack da Nazare (abaixo foto de uma onda apanhada depois de batalhar contra a fúria da Nazaré):

    Beachcam – Fala-nos um pouco sobre ti.

    Sergey Mysovskiy – Sou de Saint Petersburg (Russia). Já faço surf desde 2007 e kitesurf desde 2006. A primeira vez que vim a Portugal foi em 2013 (no verão) para o campeonato mundial de Kitesurf (KSP) mas a competição foi cancelada e aproveitei para conhecer melhor Portugal. A minha primeira tentativa na Nazaré foi de Kitesurf mas as ondas estavam pequenas a rondar os 2 metros. A partir desse momento que fiquei com o sonho de retornar à VERDADEIRA NAZARÉ e apanhar algumas ondas. Passei o último ano a treinar para as ondas grandes e finalmente voltei à Nazaré no inicio de Dezembro de 2017, foi imprescindível a ajuda dos meus amigos Andrey Ovchinnikov, Andrey Karr e Fedor Kuzovlev, que já passaram a temporada de 2016/17 na Nazaré.

    BC – Enquanto tentavas chegar ao outside, quais as principais dificuldades que sentiste?

    SM – Sem dúvida, não foi nada fácil….a principal dificuldade diria que foi, quando pensas que tens espaço/tempo para remar para fora, acabas por ficar preso no meio (agueiro). As ondas entram sem qualquer tipo de sistema, são completamente imprevisíveis, e quando ficava preso no meio, era capaz de passar um “set” inteiro sem avançar um metro, e quando davas por ti estavas no sitio inicial.

    BC – Tens ideia do tamanho das ondas a quebrar em cima da areia?

    SM – Nem tenho bem noção talvez, entre os 4 a 5 metros?

    BC – Estavas sozinho ou tinhas apoio do jetski?

    SM – Tinha o meu amigo no “outsider” que pediu ao jetski para me apanhar, no entanto com a maré alta, estava muito complicado e perigoso para me apanharem. Após umas tentativas falhadas optei por entrar sozinho.

    BC – Nunca te passou pela cabeça desistir?

    SM – Na verdade não….estava faminto de ondas!

    BC –  Se tivesses de dar algum conselho para quem está a pensar surfar na Nazaré, qual seria?

    SM – Hummmm….entrem para umas aulas de boxe e tirem um curso de mergulho em apneia porque na Nazaré vais ter umas mistura bem pesada destas duas coisas.

    BC –  Consideras a Nazaré como uma das maiores e assustadoras ondas do mundo?

    SM – Completamente!!! Nazaré é um daqueles sítios que te faz sentir muito pequeno, quase insignificante. Senti aqui o poder do oceano e da natureza como em mais lado nenhum no mundo!

    Nesta ultima foto podem ver Sergey a apanhar uma onda gigante em Dezembro na Nazaré, que demonstra bem o seu à vontade nestas condições!

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fotos - Vitor Estrelinha

Tags
  • Gustavo Lermen Silva
  • Sergey Mysovsky
  • nazaré
  • praia do norte
  • Surf
  • Big Waves Rider
  • Andrey "Dolphin" Ovchinnikov
  • Andrey Karr
  • Portugal
  • turismo de portugal
pub
similar News
similar
abril 05
Parque de Campismo oferece 1000 noites aos profissionais de saúde
abril 03
Liga MEO Surf Super Ranking – Quem foi o melhor surfista da década?
abril 03
Fim de semana será de chuva em todo o país
abril 02
Câmara de Sesimbra interdita acesso às praias do concelho
abril 02
Quarentena afasta curiosos da reprodução das tartarugas-oliva na Índia
abril 03
Não resistiu ver Malibu a quebrar perfeito e… acabou detido
abril 02
Dezenas de tartarugas-de-pente nascem numa praia brasileira deserta
pub