Homepage

  • Entrevista a um dos maiores 'WaterMan' Portugueses
    15 dezembro 2017
    arrow
    arrow
  • Hugo Vau sente-se honrado, grato e abençoado pelos momentos mágicos que passou na Nazaré
  • Há uma nova presença na Surfer Wall. Hugo Vau juntou-se, ontem, ao espaço dedicado aos atletas de desporto de mar, deixando uma das pranchas que usou na Praia do Norte.
    O presidente da Nazaré Walter Chicharro falou da “importante presença de Hugo Vau na Surfer Wall, por ter sido um dos primeiros a desafiar as ondas gigantes da Praia do Norte”
    A sua relação com a Praia do Norte iniciou-se em 2007, desafiando algumas das maiores e mais assustadoras ondas do planeta, destacando-se na remada, tow-in surf e também do resgate e salvamento aquático. Conquistou a presença em duas finais dos WSL- XXL Big Wave Awards na categoria de "Maior onda do Mundo", com ondas gigantes surfadas na Nazaré, o que se constitui como um feito histórico no surf português.
    Estivemos à conversa com o Hugo Vau que nos falou não só sobre este feito, mas também como tudo começou, alimentação e preparação e o equipamento que utiliza.

    Beachcam - Como te preparas para a sessão, tens algum ritual ou tradição, algum tipo de jantar ou pequeno-almoço especial?

    Toda a preparação física na Natureza e no Mar pratico num santuário chamado Açores, uma alimentação regrada e saudável, exercícios de respiração e os cuidados da Mãe Celeste durante a estadia na Nazaré, são pontos relevantes no desempenho no Mar, seja a fazer resgates ou a surfar.

    BC - Quando arrancas para enfrentar estes gigantes imprevisíveis qual o teu estado de espirito?

    Muito foco e concentração no momento e acima de tudo respeito pelo oceano. Sinto-me feliz por fazer aquilo que mais gosto: surf, e de surfar pelas razões certas.

    O amor pelo mar, aliado ao carinho, motivação e ausência de pressão por parte de quem me apoia, fãs e patrocinadores são fatores chave para desfrutar de toda paz de espirito que sinto no Mar. 

    BC - Quando tens uma queda feia e ficas numa situação complicada, o que te passa pela cabeça? O mesmo se aplica para quando tens de salvar alguém, como foi o caso do Cotty?

    Há que apreciar as quedas como as ondas surfadas, tudo faz parte do surf. É a diferença que transforma um momento menos bom numa experiência que se torna o momento alto da surfada, o que me faz sentir vivo. Quanto aos resgates, em particular com o Cotty depois daquele wipetout brutal, não há espaço para vacilos e a prioridade máxima é resgatar o companheiro de equipa da zona critica o mais rapidamente possível.   

    BC - Para quem não tem noção, podes falar um pouco sobre o vosso equipamento, prancha, aquele colete estranho que utilizam por baixo do fato, motas de água? Como se formam as equipas?

    A prancha que utilizo para as condições mais extremas são desenhadas e desenvolvidas pela MercedesBenz e produzidas na SPO pelo Hugo Cartaxana . Funcionam na perfeição e a altas velocidades elevam a performance para outro patamar. NA remada utilizo WebsterSurfboards de tamanhos entre 9"6 a 12" (pés).

    O colete insuflável da Patagónia- PSI VEST é imprescindível para aumentar as probabilidades de sobrevivência em certas ocasiões, principalmente no caso de wipetouts violentos, muito comuns na Praia do Norte. Por baixo do insuflável utilizo o Impact Vest da Patagónia, absorve impactos e ajuda a flutuar, muito útil no caso de o surfista ficar inconsciente e não conseguir ativar o PSI Vest. 

    Relativamente às motas para ter melhor performance  e ganhar segundos vitais no resgate, também não facilito e utilizo o modelo mais potente e rápido do mercado a SEADOO RXT300X, equipada com sled, cabo de reboque, fitas que evitam que os bancos ou tampas se soltem etc. O combustível das motas utilizo exclusivamente a marca nacional PRIOEnergy, pois  alia de forma exemplar a alta performance e uma elevada componente de proteção ambiental no produto e filosofia da marca. 

    Relativamente à equipa, Eu o Garrett e o Andrew Cotton formamos equipa em 2010/2011. São os meus companheiros de grandes aventuras ao longo destes anos inesquecíveis juntamente com o nosso "Jesus"- Jorge Leal que nos ajuda via rádio nos resgates. Quando os meus companheiros de equipa não  estão por alguma razão faço equipa (logicamente) com quem tenho mais confiança e conheço há mais anos, Jamie Mitchel, Sebastian Steudtner,  Maya Gabeira, Alex Botelho, KEallii Mamala, Ross Clark Jones, Eric Rebiere. No fundo apesar de diferentes sponsors e nacionalidades somos todos uma bonita família que se ajuda e passa momentos intensos e mágicos no Oceano.

    BC – Fez ontem 10 anos que chegaste à Nazaré para o Special Edition 2007 e finalmente vamos ter o Hugo Vau na Surfers Wall, como te sentes?

    Sinto-me honrado, grato e abençoado pelos momentos mágicos que passei na Nazaré. Por força das circunstancias, em vez de ser o primeiro  português como planeava a Camara Municipal da Nazaré desde o início deste projeto, acabei por encerrar um ciclo da "Surfers wall" pois era o atleta da equipa original e pioneira da Nazaré que faltava. Para além disso, sinto esse encerrar de ciclo como um abraço de boas vindas a todos os atletas que rumaram à Nazaré após esta ser divulgada ao mundo do surf, atraídos pela mesma paixão que moveu há dez anos atrás: as ondas da Praia do Norte.  Desde já demonstro a minha gratidão ao Presidente Walter Chicharro e staff por todo o apoio prestado e amizade.

    Vê aqui as nossas live cams na Nazaré Praia da Vila Praia do Norte Panorâmica Praia do Norte

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fotos - Jorge Figueira e Praia do Norte

Tags
  • Hugo Vau
  • Walter Chicharro
  • surfer
  • surfer wall
  • Big Waves Rider
  • surf
  • nazaré
  • Canhão da Nazaré
  • Portugal
  • turismo de portugal
pub
similar News
similar
abril 07
Vem aí a maior Super Lua do ano!
abril 08
Libertados cerca de mil peixes em perigo de extinção
abril 08
Aprovados 6 projetos para a redução do lixo marinho em Portugal
abril 08
Santa Cruz também fecha praias e proíbe surf
abril 07
APS Surf Tour 2020 será realizado online
abril 07
AESDP considera 'essencial' prolongamento das licenças de quem leciona surf
abril 07
Aritz Aranburu: “Surf em Tóquio vai ser muito elitista”
pub