Homepage

  • Entrevista a um dos maiores 'WaterMan' Portugueses
    15 dezembro 2017
    arrow
    arrow
  • Hugo Vau sente-se honrado, grato e abençoado pelos momentos mágicos que passou na Nazaré
  • Há uma nova presença na Surfer Wall. Hugo Vau juntou-se, ontem, ao espaço dedicado aos atletas de desporto de mar, deixando uma das pranchas que usou na Praia do Norte.
    O presidente da Nazaré Walter Chicharro falou da “importante presença de Hugo Vau na Surfer Wall, por ter sido um dos primeiros a desafiar as ondas gigantes da Praia do Norte”
    A sua relação com a Praia do Norte iniciou-se em 2007, desafiando algumas das maiores e mais assustadoras ondas do planeta, destacando-se na remada, tow-in surf e também do resgate e salvamento aquático. Conquistou a presença em duas finais dos WSL- XXL Big Wave Awards na categoria de "Maior onda do Mundo", com ondas gigantes surfadas na Nazaré, o que se constitui como um feito histórico no surf português.
    Estivemos à conversa com o Hugo Vau que nos falou não só sobre este feito, mas também como tudo começou, alimentação e preparação e o equipamento que utiliza.

    Beachcam - Como te preparas para a sessão, tens algum ritual ou tradição, algum tipo de jantar ou pequeno-almoço especial?

    Toda a preparação física na Natureza e no Mar pratico num santuário chamado Açores, uma alimentação regrada e saudável, exercícios de respiração e os cuidados da Mãe Celeste durante a estadia na Nazaré, são pontos relevantes no desempenho no Mar, seja a fazer resgates ou a surfar.

    BC - Quando arrancas para enfrentar estes gigantes imprevisíveis qual o teu estado de espirito?

    Muito foco e concentração no momento e acima de tudo respeito pelo oceano. Sinto-me feliz por fazer aquilo que mais gosto: surf, e de surfar pelas razões certas.

    O amor pelo mar, aliado ao carinho, motivação e ausência de pressão por parte de quem me apoia, fãs e patrocinadores são fatores chave para desfrutar de toda paz de espirito que sinto no Mar. 

    BC - Quando tens uma queda feia e ficas numa situação complicada, o que te passa pela cabeça? O mesmo se aplica para quando tens de salvar alguém, como foi o caso do Cotty?

    Há que apreciar as quedas como as ondas surfadas, tudo faz parte do surf. É a diferença que transforma um momento menos bom numa experiência que se torna o momento alto da surfada, o que me faz sentir vivo. Quanto aos resgates, em particular com o Cotty depois daquele wipetout brutal, não há espaço para vacilos e a prioridade máxima é resgatar o companheiro de equipa da zona critica o mais rapidamente possível.   

    BC - Para quem não tem noção, podes falar um pouco sobre o vosso equipamento, prancha, aquele colete estranho que utilizam por baixo do fato, motas de água? Como se formam as equipas?

    A prancha que utilizo para as condições mais extremas são desenhadas e desenvolvidas pela MercedesBenz e produzidas na SPO pelo Hugo Cartaxana . Funcionam na perfeição e a altas velocidades elevam a performance para outro patamar. NA remada utilizo WebsterSurfboards de tamanhos entre 9"6 a 12" (pés).

    O colete insuflável da Patagónia- PSI VEST é imprescindível para aumentar as probabilidades de sobrevivência em certas ocasiões, principalmente no caso de wipetouts violentos, muito comuns na Praia do Norte. Por baixo do insuflável utilizo o Impact Vest da Patagónia, absorve impactos e ajuda a flutuar, muito útil no caso de o surfista ficar inconsciente e não conseguir ativar o PSI Vest. 

    Relativamente às motas para ter melhor performance  e ganhar segundos vitais no resgate, também não facilito e utilizo o modelo mais potente e rápido do mercado a SEADOO RXT300X, equipada com sled, cabo de reboque, fitas que evitam que os bancos ou tampas se soltem etc. O combustível das motas utilizo exclusivamente a marca nacional PRIOEnergy, pois  alia de forma exemplar a alta performance e uma elevada componente de proteção ambiental no produto e filosofia da marca. 

    Relativamente à equipa, Eu o Garrett e o Andrew Cotton formamos equipa em 2010/2011. São os meus companheiros de grandes aventuras ao longo destes anos inesquecíveis juntamente com o nosso "Jesus"- Jorge Leal que nos ajuda via rádio nos resgates. Quando os meus companheiros de equipa não  estão por alguma razão faço equipa (logicamente) com quem tenho mais confiança e conheço há mais anos, Jamie Mitchel, Sebastian Steudtner,  Maya Gabeira, Alex Botelho, KEallii Mamala, Ross Clark Jones, Eric Rebiere. No fundo apesar de diferentes sponsors e nacionalidades somos todos uma bonita família que se ajuda e passa momentos intensos e mágicos no Oceano.

    BC – Fez ontem 10 anos que chegaste à Nazaré para o Special Edition 2007 e finalmente vamos ter o Hugo Vau na Surfers Wall, como te sentes?

    Sinto-me honrado, grato e abençoado pelos momentos mágicos que passei na Nazaré. Por força das circunstancias, em vez de ser o primeiro  português como planeava a Camara Municipal da Nazaré desde o início deste projeto, acabei por encerrar um ciclo da "Surfers wall" pois era o atleta da equipa original e pioneira da Nazaré que faltava. Para além disso, sinto esse encerrar de ciclo como um abraço de boas vindas a todos os atletas que rumaram à Nazaré após esta ser divulgada ao mundo do surf, atraídos pela mesma paixão que moveu há dez anos atrás: as ondas da Praia do Norte.  Desde já demonstro a minha gratidão ao Presidente Walter Chicharro e staff por todo o apoio prestado e amizade.

    Vê aqui as nossas live cams na Nazaré Praia da Vila Praia do Norte Panorâmica Praia do Norte

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fotos - Jorge Figueira e Praia do Norte

Tags
  • Hugo Vau
  • Walter Chicharro
  • surfer
  • surfer wall
  • Big Waves Rider
  • surf
  • nazaré
  • Canhão da Nazaré
  • Portugal
  • turismo de portugal
pub
similar News
similar
outubro 22
Surfista preso em zona de falésia é resgatado em Aljezur
outubro 22
Bernardo Jerónimo avança mais uma ronda no Frontón King 2020
outubro 22
Bom Petisco Cascais Pro alimentado a 60% com energia solar
outubro 21
Costa da Morte, na Galiza, quer ser Reserva Mundial de Surf
outubro 21
Salvamentos aumentaram nas praias portuguesas na época balnear de 2020
outubro 21
Primeira ondulação grande da temporada deverá entrar na Nazaré a partir de domingo
outubro 21
Circuito Regional da Madeira SUP Race arrancou em grande estilo
pub