Homepage

  • Polícia apreende rede com 400m na Póvoa de Varzim
    22 novembro 2017
    arrow
    arrow
  • Esta arte de pesca, em zona proibida, encontrava-se desprovida de qualquer sinalização.
  • Numa ação conjunta entre os Comandos-locais da Polícia Marítima da Póvoa de Varzim e de Leixões, coordenados pelo Comando Regional do Norte, foi apreendida no dia 20 de novembro uma rede de emalhar de um pano com cerca de 400 metros, que se encontrava fundeada a cerca de 200 metros da praia da Barranha, Aguçadoura, Póvoa de Varzim.

    Esta arte de pesca fundeada em zona proibida (este tipo de arte de pesca profissional não pode operar a menos de ¼ de milha da costa), encontrava-se desprovida de qualquer sinalização, tendo-se procedido à sua alagem, logo após ter sido detetada.

    Notícia: Semana com ondas grandes de Norte a Sul do país

    Esta situação para além de ilegal, representava um potencial perigo pois encontrava-se numa zona muito frequentada por desportistas náuticos, nomeadamente praticantes de surf, bodyboard e Stand-up Paddle.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fonte e Fotografias: AMN

     

     

Tags
  • Autoridade Marítima Nacional
  • sup
  • surf
  • pesca
  • rede
  • redes de pesca
  • policia maritima
  • Póvoa de Varzim
  • Leixões
  • Aguçadoura
  • Ilegal
  • redes ilegais
  • Pesca ilegal
pub
similar News
similar
janeiro 23
Surf to Win apresenta equipa oficial para 2020
janeiro 24
Lewis Pugh é o primeiro humano a nadar sob camada de gelo na Antártida
janeiro 24
Gondomar retira das serras 3 toneladas de lixo por semana
janeiro 22
Tempestade Glória provoca ondulação inédita no Mediterrâneo
janeiro 23
Vem aí o Pacto Português para os Plásticos
janeiro 23
O ornitorrinco pode desaparecer devido à ocupação humana
janeiro 24
Austrália enfrenta praga de aranhas mortíferas