Homepage

  • Sucessão assegurada
    23 outubro 2017
    arrow
    arrow
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Chile foi o último destino da temporada de 2017
  • Primeiro foi Gary Hunt que herdou o “trono” de Orlando Duque. Agora é a vez da nova geração se afirmar, com o mexicano Jonathan Paredes a conquistar no Chile o primeiro título da sua carreira. Em femininos a regra é outra, com a continuidade do “reinado” da australiana Rhiannan Iffland. A época de 2017 do Red Bull Cliff Diving World Series chegou assim ao fim de uma forma emocionante.

    Depois de várias épocas a ameaçar o topo da classificação, o mexicano Jonathan Paredes é, aos 28 anos, o novo Campeão do Red Bull Cliff Diving World Series. Para vencer o mais importante circuito mundial de saltos para a água de grande altura, Paredes contou com um momento de desatenção do britânico Gary Hunt – que todos os analistas consideravam ter praticamente garantido o sétimo título da sua carreira. Contrariando a sua habitual concentração nos momentos cruciais, Hunt falhou o salto decisivo numa final de nervos onde acabaria por nem sequer chegar ao pódio.

    A ação desta sexta e derradeira etapa do ano decorreu em território chileno, no norte da Patagónia, mais concretamente no Lago Ranco. Aqui as surpresas não se ficaram pela atribuição do título a Paredes. Todo o pódio masculino foi de alguma forma inesperado, com o checo Michal Navratil a chegar pela primeira vez este ano aos lugares de honra (2º lugar) e o wildcard italiano Alessandro De Rose (3º lugar) a voltar a brilhar, depois da recente vitória em Itália.

    Paredes fez assim história e no final estava tão incrédulo como a maioria dos presentes: “Este título ainda não me parece real. Vim ao Chile determinado em vencer e em colocar a pressão no Gary, mas sabia que o título já estava praticamente nas suas mãos. Por isso estava mentalizado para segurar o segundo lugar do ranking. Vencer aqui foi como ir à lua, nem consegui verter as lágrimas como sempre faço, tal o choque! Espero agora conseguir manter este nível no próximo ano.”

    Nas senhoras, a história foi completamente diferente, com a australiana Rhiannan Iffland a regressar à sua melhor forma e a garantir o título depois de quatro vitórias em seis possíveis: “Foi duro chegar aqui depois da lesão que sofri e ainda não acredito que consegui voltar ao topo”. A sua compatriota Helena Merten também foi feliz, juntando mais um pódio nesta etapa ao segundo lugar da geral do campeonato.

    Com as contas do ano fechadas, ficou também já decidido o alinhamento para 2018 – que junta os seis melhores de 2017 aos quatro que mais pontuaram num conjunto de nove competições (incluindo aqui a Taça do Mundo e Campeonato do Mundo da FINA). Assim, além de Paredes (MEX), Hunt (GB), Aldridge (GB), De Rose (IT), Jones e Colturi (EUA) têm lugar Navratil (CZE), LoBue (EUA), Duque (COL) e Kolanus (POL).

    Nas senhoras Iffland (AUS), Merten (AUS), Jimenes (MEX) e Huber (EUA) vão competir em 2018 com Nestsiarava (BLR), Bader (GER) e Lysanne Richard (CAN).

    A etapa foi transmitida em direto e pode ainda ser revista em www.redbullcliffdiving.com e na Red Bull TV em https://www.redbull.tv/live/AP-1RZDU7KG12111/red-bull-cliff-diving-world-series .

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Chile
  • Gary Hunt
  • Red Bull Cliff Diving
  • Salto de alto risco
similar News
similar
setembro 27
David Raimundo e a aventura de Vasco em Huntington Beach: 'Queríamos mais'
setembro 27
Praia da Aguçadoura coroou os campeões nacionais de bodyboard esperanças competição de 2021
setembro 27
10 anos depois, o Circuito Nacional de Bodyboard está a caminho dos Açores
setembro 27
Ericeira WSR+10 promove curso sobre surfing e sustentabilidade
setembro 24
Nunca houve tantas mulheres no circuito nacional como em 2021!
setembro 24
Frontón vai coroar o novo campeão do mundo júnior de bodyboard
setembro 24
O Desporto e a Atividade Física foram a debate em nova Digital Talk do Ericeira WSR+10