Homepage

  • Mira quer campo de golfe e hotel na praia
    11 outubro 2017
    arrow
    arrow
  • Em causa está a utilização para fins turísticos de 37 hectares de mancha florestal situados a sul da praia
  • A Câmara de Mira tem quatro anos para instalar um empreendimento turístico em 37 hectares na Praia de Mira, sob pena de ter de devolver os terrenos florestais ao Estado, segundo um decreto publicado ontem.

    Em causa está a utilização para fins turísticos de 37 hectares de mancha florestal situados a sul da praia, logo a seguir às instalações do Instituto Secular da Sagrada Família (conhecido como Casa de Santa Zita) para a construção de um hotel e de um campo de golfe.

    O decreto que procede à exclusão e submissão de áreas ao regime florestal parcial e altera o fim de parcelas situadas no perímetro florestal das Dunas e Pinhais de Mira foi aprovado em agosto em Conselho de Ministros e publicado ontem em Diário da República.

    No diploma, o Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural lembra que em 2007 os terrenos já tinham sido desafetados para a construção do empreendimento turístico, mas o projeto não saiu do papel.

    “Devido à crise económica, que afetou significativamente o setor da construção, não foi possível executar o empreendimento urbanístico no prazo previsto. Ainda assim, o Plano de Urbanização da Praia de Mira mantém-se e bem assim o interesse na implementação do empreendimento turístico nele previsto. Estas são as razões porque não ocorreu a reversão da área excluída e que justificam a concessão de um novo prazo de quatro anos para a conclusão do empreendimento”, justifica o Ministério.

    Em declarações à Lusa, o presidente da Câmara de Mira, Raul Almeida (reeleito com maioria absoluta nas eleições de 01 de outubro), revelou em agosto que a autarquia vai avançar com a realização de um concurso público internacional para a construção do empreendimento turístico, que está inscrito no Plano de Urbanização da praia.

    O decreto publicado ontem abre ao município novas possibilidades de investimento na área do turismo, acerta os limites florestais do concelho (estabelecidos em 1917) e liberta 200 hectares de terrenos na freguesia do Seixo de Mira, onde deverá nascer um novo empreendimento agropecuário.

    Também neste caso, a autarquia tem cinco anos para criar condições para a instalação da unidade de produção agropecuária nas parcelas de terreno, sob pena de ter de devolver os terrenos ao Estado.

    Para já foi consagrada a desafetação pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas de 200 hectares de terrenos situados na freguesia do Seixo, na zona dos Foros, a caminho da praia do Poço da Cruz.

    Para aquele local, onde em tempos se ergueram as famosas estufas do empresário francês Thierry Roussel (marido da multimilionária Christina Onassis), existem planos de instalação de uma vasta unidade agropecuária, investimento de uma empresa líder no setor que criará um “número elevado” de postos de trabalho.

    Decorridos os prazos indicados sem que ocorra a concretização do fim a que se destinam as parcelas “consideram-se as mesmas áreas automaticamente reintegradas no perímetro florestal das Dunas e Pinhais de Mira, e também submetidas ao regime florestal parcial, sem dependência de publicação de novo decreto de submissão”, avisa o Ministério.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fotomontagem: Mira e OC Fonte: NdC

Tags
  • Praia de Mira
  • Mira
  • Praia
  • Praias
  • Golf
  • Hotel
  • Campo de golfe
  • Estado
  • Ministério da Agricultura
  • Florestas e Desenvolvimento Rural
  • Sustentabilidade
  • turismo de portugal
pub
similar News
similar
outubro 30
Estação Salva-vida de Cascais prestou apoio a 5 surfistas
outubro 30
Aprovado projeto do Ericeira Surf Clube para comemorar o 10º aniversário da Reserva Mundial de Surf
outubro 30
Temperaturas amenas e aumento da nebulosidade no fim de semana
outubro 30
Praia de Melides vai ter um novo passadiço
outubro 30
Mais de 375 kg de lixo recolhidos em ação de limpeza costeira em Sesimbra
outubro 30
Outubro está a acabar e pela primeira vez o Mar de Laptev ainda não congelou
outubro 29
Coral com 500 metros de altura foi descoberto na Grande Barreira
pub