Homepage

  • Sardinha vai ser proibida em Portugal
    25 outubro 2017
    arrow
    arrow
  • Projeto pretende determinar taxas de mortalidade, de crescimento e de reprodução da sardinha.
  • A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, disse nesta quarta-feira, à Lusa, que a pesca da sardinha será proibida em zonas da região Centro e Norte, por serem “áreas importantes para a reprodução da espécie”.

    “Existem várias propostas em cima da mesa, maioritariamente na região Centro, também existe alguma coisa no Norte. Mas é Norte e região Centro [as áreas para onde se equacionam a proibição de pesca da sardinha]”, disse a governante à agência Lusa, sublinhando estarem as zonas a serem delimitadas pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e pelos pescadores.

    À margem da conferência o Valor dos Oceanos, a decorrer em Lisboa, a ministra explicou que estão a ser “mantidas conversas e reuniões de reflexão com as comunidades piscatórias para juntamente com o IPMA, já com informação científica, para se poder delimitar áreas em que não haverá pesca de todo, porque são áreas importante para a reprodução da espécie”.

    IPMA quer 'salvar' sardinha portuguesa

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) pretende avançar com um projeto para determinar taxas de mortalidade, de crescimento e de reprodução da sardinha, em função da alteração das variáveis ambientais. 

    Trata-se do projeto Sardinha 2020 - Abordagem Ecossistémica para a gestão da pesca da sardinha, desenvolvido pelo IPMA, tendo com objetivo identificar a distribuição, abundância e recrutamento dos peixes pelágicos (sardinha, biqueirão e a cavala), segundo avançou à Lusa fonte do instituto.

    De acordo com a mesma fonte, o projeto, que aguarda aprovação da Autoridade de Gestão Estrutura de Missão para o Mar 2020, "pretende determinar taxas de mortalidade, de crescimento e de reprodução da sardinha, em função da alteração das variáveis ambientais".

    As variáveis em causa serão "constrangidas através de experiências em cativeiro, tanques e jaulas oceânicas, monitorizando a subsequente libertação no mar", explicou.

    O projeto Sardinha 2020 quer também desenvolver modelos do ecossistema para avaliar o impacto das relações interespecíficas e da pesca na dinâmica conjunta dos 'stocks' de peixes pelágicos.

    "Por último, prevê caracterizar as componentes sociais, económicas e biológicas da pesca do cerco e da indústria conserveira e avaliar a interação e influência mútua entre as várias componentes", segundo o IPMA.

    O instituto adiantou à Lusa que a comissão de gestão já emitiu o parecer favorável para aprovação do projeto, acrescentando que o mesmo está em fase de audiência prévia.

    No dia 20 de outubro, o Conselho Internacional para a Exploração do Mar (ICES) recomendou a suspensão da pesca da sardinha, em Portugal e Espanha, em 2018.

    Porém, a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, adiantou, na altura, que o Governo ia propor que os limites de captura se fixassem entre 13,5 e 14 mil toneladas.

    Ana Paula Vitorino disse ainda que tem que ser garantido um ponto de equilíbrio entre a sustentabilidade do 'stock' e das comunidades piscatórias e acrescentou que foi estabelecido um pacote de medidas, no qual se encontra o Projeto Sardinha 2020, de modo a acatar as recomendações do ICES.

    Serão as sardinhas criadas em cativeiro a solução? Será que já se analisaram bem os contras inerentes a esta indústria, desde o risco ambiental, ao risco para a nossa saúde? Fiquem atentos.

    Consultem aqui as previsões de boas ondas para os próximos dias!

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fonte: PNAM

    Fotografia: EF

Tags
  • Sardinha
  • Peixe
  • Instituto Português do Mar e da Atmosfera
  • IPMA
  • stock
  • pesca
  • pescas
  • aquacultura
  • piscicultura
  • oceano
  • alimento
  • Sustentabilidade
similar News
similar
junho 19
Viva o Dia Internacional do Surf!
junho 18
Portugal tem 42 praias interiores com Bandeira Azul, apenas a França tem mais
junho 18
Praia para cães chega a Vila Nova de Milfontes
junho 18
Vigilância regressa este sábado à Praia do Osso da Baleia
junho 17
Jovem surfista de 12 anos sobrevive a ataque de tubarão
junho 16
Vasco Ribeiro pode alcançar título nacional em Sintra
junho 16
Miss Costa Nova Cup 2021 confirmada