Homepage

  • Ao lado do irmão Tanner e do amigo Dylan Graves, Pat foi direto para J-Bay
  • Quando Gudauskas embarcou para a África do Sul, em meados de junho, ele só tinha dois planos: começar a viagem em Durban para o evento 3 estrelas do QS e terminar em Ballito, para o seu primeiro QS importante na agenda de 2017.

    Mas, assim que a etapa de Durban terminou, um grande swell chegou ao Atlântico Sul. Ao lado do irmão Tanner e do amigo Dylan Graves, Pat foi direto para J-Bay, onde encontrou dois dias de altas ondas naquela que dizem ser a melhor direita do mundo.

    Logo depois, empacotou as malas e seguiu para Skeleton Bay, onde surfou a dita melhor esquerda do planeta. E, para completar, a equipe ainda passou um dia com a ONG Surfers Not Street Children, em Durban, antes de voltar aos Estados Unidos.

    Confere já no vídeo acima!

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • África do Sul
  • África
  • Surf
  • J bay
  • Pat Gudauskas
  • Tanner Gudauskas
  • Dane Gudauskas
  • Edge Of Africa
pub
similar News
similar
março 30
Clube de Surf de Faro lança Surf & Fitness em Casa
março 30
Empresários de Cascais lançam iniciativa que pode ajudar as escolas de surf
março 30
COI mantém qualificação de Tóquio’2020 para 2021
março 30
Municípios de Albufeira e Loulé condicionam acesso às praias
março 30
Alex Botelho concede primeira entrevista após acidente na Nazaré
março 30
FPS à caça dos talentos do futuro
março 30
Semana começa chuvosa e fria