Homepage

  • Escândalo na Reserva Mundial de Surf
    20 setembro 2017
    arrow
    arrow
  • Associação que representa, entre outros, os 'locais' e utilizadores frequentes das praias, está muito desagradada com o Município.
  • A AABC, Associação de Amigos da Baía dos Coxos, decidiu romper a parceria estabelecida com o Município de Mafra em prol da protecção da Reserva Mundial de Surf. A AABC não se sente respeitada, nem escutada e já reagiu em comunicado.

    Notícia: Praxes amigas do ambiente no Algarve

    "Em Março de 2010 a AABC, que representa, entre outros, os "locais", munícipes e utilizadores frequentes das praias que o Município de Mafra possui para a pratica de surf, em parceria com o SOS, pensou, desenvolveu, redigiu e apresentou junto da associação “Save The Waves Coalition”, via Município de Mafra, a proposta que permitiu que fosse atribuído o estatuto de World Surfing Reserve / Reserva Mundial de Surf à zona da Ericeira, estatuto, este, que foi, e é, responsável por inquantificáveis benefícios económicos, lúdicos e reputacionais para o Concelho de Mafra, mas cujo objectivo principal é a preservação, defesa e conservação das zonas de surf, das praias, do meio ambiente circundante e demais património ambiental e cultural.

    Desde 2010 até à presente data que a AABC empenha-se pelo sucesso deste projecto da World Surfing Reserve / Reserva Mundial de Surf, dedicando esforços ilimitados à concretização do mesmo, nomeadamente:

    Organizando planos de limpeza e tratamento dessas zonas;

    Elaborando projectos de imagem e sinalética e catalogando as praias e ondas;

    Sugerindo as alterações necessárias a introduzir no Programa para a Orla Costeira (POC) Alcobaça – Cabo Espichel, actualmente em revisão, sugerindo uma proposta de qualificação de praias consentânea com os princípios e objectivos da World Surfing Reserve / Reserva Mundial de Surf da Ericeira;

    Avançando com projecto de estatutos para a criação de uma verdadeira reserva de pleno direito no plano jurídico nacional;

    Elaborando e sugerindo o respectivo plano de gestão;

    Cuidando do património, alertando repetidamente o Município de Mafra para os diversos problemas existentes e a corrigir nas praias, falésias e zonas circundantes da reserva cuja resolução era da sua competência, concretamente o problema da dinâmica e segurança da zona de surf de Ribeira d'Ilhas face ao leccionamento intensivo de aulas de surf a iniciantes na modalidade, o grave problema da estação elevatória do saneamento de Ribamar que provoca recorrentes descargas de aguas residuais na baia dos Coxos, o problema das movimentação de terras em terrenos dentro da reserva e próximos das falésias, concretamente atrás do cavalinho, o destino a dar ao terreno imediatamente atrás das praias da Empa e Reef, o protelar na criação e implementação conjunta de regras mínimas para assegurar a gestão básica da Reserva, a demora na aprovação dos estatutos para a Reserva Municipal, a única forma de legitimar e legalizar em definitivo a World Surfing Reserve / Reserva Mundial de Surf da Ericeira, o gravíssimo problema provocado pelo campismo selvagem e pelas autocaravanas que utilizam a reserva como parque de campismo e como casa de banho deixando um rasto de papel higiénico, fezes e lixo diverso em zonas de circulação e o protelar da implementação de medidas preventivas e punitivas, de baixo custo, eficazes para por cobro a este atentado;

    Infelizmente, a expectativa que criámos em relação a este projecto da World Surfing Reserve / Reserva Mundial de Surf da Ericeira não foi correspondida na mesma medida pelo Município de Mafra.

    A verdade é que, apesar de inúmeras reuniões, apresentação de propostas, pedidos de ajuda e múltiplas insistências da AABC junto do Município de Mafra ao longo destes últimos sete anos, as promessas assumidas pelo Município para resolução dos problemas acima elencados e cumprimento dos compromissos assumidos perante o projecto da World Surfing Reserve / Reserva Mundial de Surf da Ericeira mostram-se, na presente data, por cumprir praticamente na sua totalidade.

    Acresce que, no corrente mês de Setembro de 2017 a AABC tomou conhecimento que as recomendações que formulou no âmbito do Programa para a Orla Costeira (POC) Alcobaça – Cabo Espichel não foram acompanhadas pelo Município de Mafra, que, ao contrário do que nos havia sido expressamente transmitido pelo seu Presidente, optou por assumir junto da APA (Agencia Portuguesa do Ambiente) uma posição de que desqualifica e desprotege o estatuto que actualmente gozam as praias e zonas envolventes da World Surfing Reserve / Reserva Mundial de Surf da Ericeira, o que é manifestamente contrário e inconciliável com os princípios e objectivos inerentes ao projecto da AABC para a World Surfing Reserve / Reserva Mundial de Surf da Ericeira.

    https://www.apambiente.pt/_zdata/Ordenamento/POC%20ACE/Comissao_Consultiva/P_CM.pdf

    Assim, com muita tristeza e pesar, a AABC entendeu retirar o seu apoio à World Surfing Reserve / Reserva Mundial de Surf da Ericeira, entendendo que o estatuto da mesma deverá ser imediatamente suspenso pela “Save The Waves Coalition”.

    Sem prejuízo do exposto, continuaremos a manter uma vigilância apertada aos problemas que afectam a zona da Ericeira e a fazer todos os esforços para que os mesmos possam ser prontamente resolvidos em beneficio da comunidade, com o propósito de que num futuro próximo seja viável a criação uma verdadeira reserva natural de pleno direito no plano jurídico nacional

    Apresentamos os nossos melhores cumprimentos,

    A Direção da AABC"

    Fiquem atentos a mais informações nos próximos tempos.

    Vídeo da inauguração da Reserva Mundial de Surf, na Ericeira:

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Foto: ESC

Tags
  • Ericeira
  • reserva mundial surf
  • surf
  • World Surfing Reserve
  • Município de Mafra
  • Agência Portuguesa do Ambiente
  • apa
  • Associação de Amigos da Baía dos Coxos
  • aabc
  • Coxos
  • Locais
  • escândalo
pub
similar News
similar
agosto 23
Buondi, uma marca com o ADN do surf
agosto 23
Fim de semana quente, mas com ligeira descida da temperatura
agosto 23
FPS lança maior campanha de ação ambiental já feita em Portugal
agosto 23
Maré de algas invade praias do Algarve
agosto 23
Wakeboard e Ski Náutico animam Montargil
agosto 23
Terra tremeu em Setúbal esta manhã
agosto 22
O microplástico já chegou ao Ártico