Homepage

  • Segundo Gabriel Medina: 'Estamos vivendo o futuro, esse é o futuro do surf!'
  • O evento realizado em parceria com a WSL (sócia majoritária da Kelly Slater Wave Company), simplesmente chamado como “The Test” realizado em Lemoore, Califórnia (EUA), teve como objetivo principal, determinar a aparência de uma transmissão futura, assim sendo, enquanto a equipe de transmissão esteve no local, teve como missão explorar novas opções, muitas das quais ainda não estão adequadas ou prontas para o chamado “prime time”. Dito isto, as publicações na WSL foram atualizadas ao longo do dia para ir mostrando alguns fatos divertidos sobre o que por lá ia acontecendo.

    Simplificando, tratou-se de um exercício de pesquisa e desenvolvimento que permite a todas as partes interessadas envolvidas em qualquer evento futuro, possam entender a diversa gama de oportunidades disponíveis. Desde atletas, organizadores, juízes, emissoras, patrocinadores e até mesmo uma delegação dos fundadores do desporto estão presentes para testemunhar a tecnologia que terá um efeito dramático sobre o futuro da evolução do surf.

    Quem espantou todos os presentes, foi o 11x campeão do mundo Kelly Slater que embora não tenha entrado na competição, deu as boas-vindas à multidão e abriu as festividades ao surfar a sua primeira onda desde que partiu o pé em Jeffreys Bay em julho. "Não me importo se demoro mais um mês a recuperar, valeu a pena" – afirmou Kelly - Muitos atletas tiveram algumas dificuldades com as seções tubulares rápidas. “A onda leva-te a desacelerar para entrar no tubo, mas, quando lá estás dentro, tens de pisar no acelerador, porque a segunda metade da seção do tubo é mais rápida que a primeira”.

    Deu-se então inicio ao evento que consistia no seguinte formato, os finalistas seriam definidos depois de dois heats em que cada atleta surfaria duas direitas e duas esquerdas. O somatório seria definido pela melhor nota em cada lado da onda.

    Quem por lá andou a dar espetáculo também, foi o campeão mundial do ano passado John John Florence.

    Depois de muitas ondas perfeitas e muito espetáculo no final foi Gabriel Medina que acabou por sair vitorioso, face ao seu compatriota Filipe Toledo. Medina arrancou com um 7.57 na direita e fez um 6.00 na esquerda. Kanoa e Filipe foram melhores nas direitas, obtendo 8.50 e 9.10, respetivamente, mas não repetiram o mesmo desempenho nas esquerdas, com o norte-americano fazendo 4.50 e o brasileiro apenas 2.33, Adrian Buchan teve um desempenho inverso, abrindo com 4.60 na direita e em seguida, um 8.60 na esquerda.

    No segundo Heat dos finalistas, Gabriel conseguiu melhorar e trocar as suas notas por 8.00 na direita e 8.67 na esquerda, totalizando 16.87 pontos. Kanoa e Ace Buchan não conseguiram melhorar as suas notas, deixando as atenções todas voltadas para Toledo, último a entrar em ação. O vencedor da etapa do CT em Trestles caiu ao mandar um tubo na direita e não conseguiu melhorar o 9.10. Quando foi a vez de surfar a esquerda, correu tudo muito bem, passando até a difícil seção tubular, mas acabou por cair ao mandar um floater, aparentemente cansado, e não conseguiu pontuar um 7.77 nota necessária para ultrapassar Medina.

    Toledo descreveu as ondas do Surf Ranch da seguinte forma - "É perfeito. É aquela onda que sonhamos, que desenhamos no papel. Aquela que você sonha em poder surfar, botar um tubo por 20 segundos, sair e manobrar, manobrar e, em seguida, mandar uma finalização. É fora de série".

    Já Gabriel Mediana afirmou – “Estamos vivendo o futuro, esse é o futuro do surf”

    Na categoria Feminina, quem acabou por ganhar foi a havaiana Carissa Moore, que deixou para trás as australianas Stephanie Gilmore e Tyler Wright.

    Resultados do Future Classic 2017:
    Masculino
    1 Gabriel Medina (BRA)
    2 Filipe Toledo (BRA)
    3 Kanoa Igarashi (EUA)
    4 Adrian Buchan (AUS)

    Feminino
    1 Carissa Moore (HAV)
    2 Stephanie Gilmore (AUS)
    3 Tyler Wright (AUS)

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Foto - WSL/Kenneth Morris

     

Tags
  • Kelly Slater
  • surf ranch
  • filipe toledo
  • gabriel medina
  • Kanoa Igarashi
  • Carissa Moore
  • WSL
  • Surf
  • Piscina de Ondas
  • Kelly Slater Wave Company
pub
similar News
similar
outubro 20
Stalker de Stephanie Gilmore condenado pela justiça australiana
outubro 20
Gaia Kite Fest estreou-se na Praia do Cabedelo do Douro
outubro 20
Manuel Centeno, o primeiro quarentão a vencer no Nacional de Bodyboard
outubro 20
Faleceu a baleia-comum que estava encalhada na ria de Aveiro
outubro 20
Depressão Bárbara: Aviso vermelho alargado a mais 3 distritos do continente
outubro 19
IPMA eleva aviso: Lisboa e mais 4 distritos sob aviso vermelho na terça-feira devido à chuva forte
outubro 19
Liga MEO Surf entrega prémios nos Portugal Surf Awards 2020
pub