Homepage

  • Chineses apanhados a pescar ilegalmente em Timor
    19 setembro 2017
    arrow
    arrow
  • A intervenção da ONG foi realizada a pedido da própria polícia, que os procurou para auxiliar na localização da frota
  • A história não é de ontem e repete-se um pouco por todo o mundo. Desde chineses, japoneses a espanhóis, muitas são as frotas que pescam ilegalmente fora da sua zona económica exclusiva.

    Foi numa operação conjunta entre a Polícia Nacional de Timor-Leste e a ONG britânica Sea Shepherd interceptou, há dias, uma frota de dez barcos pesqueiros chineses carregados com milhares de tubarões, animal protegido pelas leis locais.

    Depois de procurar a frota já sinalizada durante duas semanas, o navio de patrulha da ONG “Ocean Warrior” encontrou-a a 150 km ao sul de Timor-Leste, pescando com redes de emalhar ancoradas para atingir espécies como tubarões. Segundo o comunicado da ONG, quando as redes eram recuperadas, a captura parecia ser 95% de tubarões, bem como muitos corais partidos. O cenário encontrado foi descrito pela própria organização como “um filme de terror”

    A intervenção da ONG foi realizada a pedido da própria polícia, que os procurou para auxiliar na localização da frota da Hong Long Fisheries/Pingtan Marine Enterprises. Em Fevereiro deste ano, estes mesmo barcos já tinham sido apanhados a desembarcar uma grande quantidade de tubarões para o navio-mãe “Fu Yuan Yu Leng 999″, o mesmo que, em Agosto, foi interceptado no Parque Nacional de Galápagos, no Equador, com o que foi descrita como “A maior apreensão de pesca ilegal de tubarões de que há memória“. Nesse caso, o navio foi apreendido e a tripulação condenada a penas entre um a quatro anos de prisão, e multada num total de 5.9 milhões de dólares (quase cinco milhões de euros).

    Toda a apreensão foi amplamente documentada pela Sea Shepard, e as provas entregues às autoridades de Timor-Leste com a esperança de que possam cancelar futuras licenças de pesca que estão a ser gravemente abusadas.

    O director da Sea Shepherd Global na Ásia e responsável por esta campanha, Gary Stokes, encontrou-se com o ex-ministro e ex-presidente e Nobel da Paz, José Ramos-Horta que não hesitou em dizer que “as actividades de pesca comercial estrangeira sem escrúpulos devem ser paradas em Timor-Leste. Temos o dever de proteger os nossos recursos naturais, isto é um abuso”.

    As barbatanas dos tubarões são consideradas uma iguaria na cozinha chinesa, mas a pesca para alimentar o imenso mercado chinês está, cada vez mais, a dizimar espécies ameaçadas e a impulsionar o comércio ilegal.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fonte: Fotografia: GS

Tags
  • Timor-Leste
  • overfishing
  • sobrepesca
  • Pesca ilegal
  • Tubarão
  • Barbatanas
  • Ocean Warrior
  • Sea Shepherd
  • Fu Yuan Yu Leng 999
similar News
similar
fevereiro 01
Surf nacional lamenta perda de Pedro Lacerda
fevereiro 03
Lucas Fink, de Ipanema para as ondas grandes da Nazaré com a prancha de skimboard: 'Se o teu sonho não te dá medo, não estás a sonhar alto'
fevereiro 03
Sol e temperaturas acima dos 20ºC no primeiro fim de semana de fevereiro
fevereiro 03
Está a chegar o Circuito Regional de Surf do Sul 2023!
fevereiro 02
Tempo frio ainda deixa três distritos sob aviso amarelo
fevereiro 02
Praia da Empa coroou vencedores do Science Ericeira 2022
fevereiro 01
FUEL TV assegura transmissão do Winter Dew Tour 2023 à escala global