Homepage

  • Obras no Alentejo voltam a condicionar surf na região
    28 agosto 2017
    arrow
    arrow
  • Estrada Municipal terá novo pavimento, nova sinalização e bermas ao longo de oito quilómetros.
  • A autarquia de Sines vai requalificar os oito quilómetros da Estrada Municipal 1109, que liga Porto Covo às praias de São Torpes.

    A obra terá início no próximo mês de setembro, num investimento de 400 mil euros. Nuno Mascarenhas, presidente da Câmara de Sines, adiantou que as obras preveem a repavimentação, drenagem, construção de bermas e sinalização da estrada.

    Surf comprometido no Litoral Alentejano

    "A intervenção começa apenas no final do verão para não prejudicar o turismo. Trata-se de um investimento muito importante para a melhoria das condições de circulação da via, que é muito utilizada pelos turistas no acesso às praias e pela população da aldeia de Porto Covo", indicou o autarca.

    Contudo, o presidente da edilidade reconhece que o projeto não irá incluir o alargamento da via, uma das pretensões da autarquia. "O ideal seria construir uma estrada mais larga, com mais condições de circulação. Mas, como a estrada está inserida no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e da Costa Vicentina, zona protegida, tal não foi autorizado", explicou.

    Esta obra ficará concluída no final do ano. Surge depois da requalificação efetuada no Portinho de Porto Covo e nas praias da Samouqueira e Grande de Porto Covo com a melhoria dos acessos e o ordenamento do estacionamento.

    Infelizmente, alguns populares e locais tem alertado para a retenção de águas nas dunas e falésias, devido ao material usado e às intervenções feitas nestas praias.

    Numa segunda fase está prevista a construção de uma ciclovia ao longo de toda a estrada, que completará a ligação da atual ciclovia que atravessa toda a cidade de Sines e que termina em São Torpes, ligando depois ao concelho de Odemira e ao Algarve.

    Outra preocupação, esta mais para os surfistas, tem a ver com os ventos marais e terrais que têm sido afetados ao longo dos anos na região devido às intervenções que aceleram a erosão dos cordões dunares primários. Desde as primeiras intervenções, nos anos 80, até estas últimas à cerca de 2/3 anos, que consequentemente os surfistas da região têm vindo a sofrer enumeras violações na sua praia.

    Ver contributo metodológico para a caracterização do litoral de Sines

    O concelho de Sines conta com 14 mil habitantes.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fonte CM Fotografia: Kalux Surf Sines

Tags
  • São Torpes
  • ondas
  • praia
  • Porto Covo
  • Sines
  • Estrada
  • Offshore
  • surf
  • Alentejo Litoral
  • Parque Natural do SW Alentejano e Costa Vicentina
  • alentejo
pub
similar News
similar
setembro 28
MEO Portugal Cup of Surfing junta o surf e a sustentabilidade
setembro 25
Projeto 'The Unwanted Shapes' vai estar presente no MEO Portugal Cup of Surfing
setembro 28
Nuno Vitorino vai competir no nacional britânico de surf adaptado
setembro 28
Kikas: “Felizmente, em Portugal as previsões do mar não são descuradas”  
setembro 28
Italo tem “boas memórias” de Ribeira, mas preferia competir em Supertubos
setembro 28
Nova chamada para terça-feira no MEO Portugal Cup of Surfing
setembro 11
Gabriela Dinis: Um percurso em ascensão, mas sem esquecer a escola (Entrevista)
pub