Homepage

  • McNamara quer fazer história em Lisboa
    16 agosto 2017
    arrow
    arrow
  • Em Lisboa, um barco irá provocar a ondulação que McNamara precisa para surfar no rio Tejo!
  • A festa dos seus 50 anos decorreu no passado dia 10 de agosto, mas Garrett McNamara não quer deixar passar a data especial para fazer um agradecimento à hospitalidade dos portugueses.

    Desde 2011 que o surfista americano, ao ter surfado a maior onda do mundo, pôs o mar da Nazaré no roteiro do surf internacional, tornando-se num embaixador das ondas grandes portuguesas.

    Assim, na próxima quinta-feira, 17, pelas 10 horas, McNamara vai tentar bater mais um recorde pessoal, surfando não a maior onda, mas pelo menos a mais comprida, o mais tempo possível.

    Em Lisboa, com partida da Doca de Santo Amaro e chegada à Torre de Belém, um barco irá provocar a ondulação que McNamara precisa para surfar no rio Tejo. O percurso (por terra) tem cerca de quatro quilómetros e passa pela reabilitada zona ribeirinha junto ao MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia e, mais à frente, pelo Padrão dos Descobrimentos, até terminar na Torre de Belém. Os binóculos serão indispensáveis para apreciar melhor este feito.

    Esta não é a primeira vez que McNamara vem ao rio. Em 2014, já tinha surfado a “Gasoline”, a onda gerada pelos catamarans que navegam no rio.

    Acompanhem a travessia em direto através do facebook do beachcam.pt

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Fonte: Visão Fotografia: TP Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Garrett McNamara
  • Rio Tejo
  • Surf
  • Santo Amaro
  • Docas
  • Lisboa
  • Portugal
  • ondas gigantes
  • ondas grandes
  • maior onda
  • Mercedes-Benz
similar News
similar
julho 25
E fez-se história! Prova de surf já rola nos Jogos Olímpicos de Tóquio'2020
julho 24
Onde podemos ver a primeira prova olímpica de surf da história?
julho 24
Seis seleções nacionais vão a jogo em Tóquio'2020 com o máximo de surfistas possíveis
julho 24
Costarriquenho Carlos Muñoz é o substituto de Kikas em Tóquio’2020
julho 23
Seleção Nacional de Surf presente na Cerimónia de Abertura de Tóquio'2020
julho 23
O surf é imprevisível e ainda mais numas Olimpíadas em plena pandemia
julho 21
Este sábado há recolha de lixo marinho no Porto da Nazaré