Homepage

  • Keanu Asing renasce das cinzas e mira regresso ao WCT
    30 agosto 2017
    arrow
    arrow
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Após a queda da elite mundial no último ano, o pequeno havaiano tem estado em grande forma no WQS, alcançando na última semana o terceiro triunfo da temporada.
  • Poucos davam muito por Keanu Asing aquando da sua qualificação para o Tour de 2015, mas a verdade é que o underdog havaiano deu uma lição a muitos rookies, garantindo a continuidade entre a elite mundial, enquanto outros mais badalados se despediram. Em 2016 voltou a surpreender vencendo o Quiksilver Pro France, naquela que foi a maior vitória da carreira e única no WCT.

    No entanto, a última temporada não terminou da melhor forma para Asing que estabeleceu o registo de ser o primeiro surfista do World Tour a vencer um evento e a não conseguir a requalificação no mesmo ano. Mas o pequeno e compacto surfista, de 24 anos, não baixou os braços e em 2017 está de regresso à melhor forma.

    Tanto é, que Keanu Asing acabou de vencer na última semana o terceiro evento da temporada no WQS, ao conquistar o Vans Pro, em Virginia Beach, em Virginia. É certo que se trata apenas de um QS3000 e que as outras duas vitórias foram noutro QS3000 (Barbados) e num QS1000 (Boomerang Beach, na Austrália), mas a verdade é que são sucessos que o colocam novamente na rota da qualificação.

    Asing ocupa atualmente o 8.º posto do ranking, pois além dos triunfos já alcançados conta ainda com um 9.º lugar no QS10000 do Ballito, que, na realidade, até é a pontuação mais alta que tem a contar (3700 pontos). Agora, o jovem havaiano precisa de resultados fortes na reta final da temporada para se solidificar no top 10.

    Esta semana vai estar já a competir em Pantín, no QS6000 galego, e depois andará por Portugal, devendo marcar presença nos Açores e em Cascais. Mas será no “seu” Havai que terá muitas hipóteses de pontuar de forma a carimbar o regresso à elite mundial, sobretudo no QS10000 de Haleiwa e no de Sunset Beach.

    Este novo Keanu Asing, que poucos acreditavam ter qualidade para estar no World Tour, está agora a mostrar uma nova vida e também uma veia triunfadora nunca antes vista, sobretudo porque foi no ano passado em França que alcançou o primeiro triunfo da carreira em provas seniores da WSL - este ano só o sul-africano Michael February, número dois do ranking WQS, ganhou tantas provas como ele, mas todas de estatuto QS1000.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Keanu Asing
  • World Surf League
  • Surf
  • World Championship Tour
similar News
similar
setembro 22
Há uma nova onda na Indonésia: é gerada por um navio encalhado e repete história do século XX
setembro 20
Kanoa Igarashi, de vice-campeão mundial ISA à prata olímpica em casa
setembro 22
Abriram as inscrições para o Campeonato Nacional de Surf Esperanças Sub-14
setembro 22
Exposição Viva celebra 1ª edição do Programa Atlantis no Dia Nacional da Água
setembro 21
Época balnear em Espinho prolongada até 26 de setembro
setembro 22
Nível do mar continua a subir a um ritmo alarmante
setembro 22
Outono chega e traz o regresso da chuva