Homepage

  • Pesca de tubarões resulta em quatro anos de prisão
    29 agosto 2017
    arrow
    arrow
  • O barco com bandeira chinesa foi apreendido em meados do mês de Agosto com cerca de 300 toneladas de espécies em perigo
  • Um juiz equatoriano condenou 20 chineses até quatro anos de cadeia por pescarem ilegalmente 6600 tubarões ao largo das ilhas Galápagos, no oceano Pacífico.

    O barco com bandeira chinesa chamado Fu Yuan Yu Leng 999 foi apreendido em meados do mês de Agosto com cerca de 300 toneladas de espécies em perigo ou no limiar da extinção, incluindo tubarões-martelo.

    Os membros da tripulação receberam condenações que vão entre um a quatro anos de prisão, afirmou o juiz no último domingo. Os tripulantes foram também multados num total de 5.9 milhões de dólares (quase cinco milhões de euros).

    O ministro dos Negócios Estrangeiros do Equador disse que enviou um protesto formal para a China devido à presença de embarcações junto às Galápagos.

    Foi também noticiado no início do mês que o embaixador chinês em Quito, Wang Yuilin, afirmou que o seu país quer tomar todas as medidas necessárias para “pôr fim a estas práticas ilícitas”.

    As ilhas estão localizadas a cerca de 1000 quilómetros a oeste da costa do Equador.

    O ministro do Ambiente equatoriano afirmou ainda que a embarcação chinesa estava a pescar na reserva marinha nas Galápagos. O barco ficará agora na posse do Governo do Equador e os restos animais serão atirados ao mar.

    O arquipélago das Galápagos ficou conhecido por ter sido estudado pelo naturalista Charles Darwin, um dos autores da teoria da Evolução de meados do século XIX. Hoje, as ilhas são património mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fonte: Público

Tags
  • chines
  • chineses
  • barco
  • pesca
  • Pesca ilegal
  • tubarao
  • Barbatanas
  • overfishing
  • Galápagos
  • Equador
  • Sustentabilidade
  • ambiente
  • Fu Yuan Yu Leng 999
  • Peixes
  • Espécie protegida
pub
similar News
similar
março 30
Empresários de Cascais lançam iniciativa que pode ajudar as escolas de surf
março 30
COI mantém qualificação de Tóquio’2020 para 2021
março 30
Municípios de Albufeira e Loulé condicionam acesso às praias
março 30
Alex Botelho concede primeira entrevista após acidente na Nazaré
março 30
FPS à caça dos talentos do futuro
março 30
Semana começa chuvosa e fria
março 27
Está a chegar o horário de Verão!