Homepage

  • Quantas vezes já questionámos porque é que a maioria das pessoas que têm muito dinheiro não investem parte da sua fortuna para fazer algo que possa melhorar o mundo. Não sabemos a razão, mas é certo que se poderiam inspirar no caso de um empresário norueguês que quer deixar a sua marca para combater a poluição
  • Kjell Inge Røkke decidiu construir um iate que terá a capacidade de recolher cinco toneladas de plástico dos oceanos por dia e, de seguida, derretê-lo sem qualquer tipo de emissões para o meio ambiente, segundo as declarações do Bilionário (desconhecemos a técnica, só podemos esperar que seja verídica e inovadora).

    A embarcação Research Expedition Vessel (REV) terá 181 metros, e será construída pela empresa VARD e projetada por Espen Oeino, um conhecido designer de super-iates.

    O empresário norueguês tem uma fortuna avaliada em 2,7 mil milhões de dólares (segundo a Forbes) e detém quase 67% da frota marítima e da exploração petrolífera offshore do conglomerado financeiro Aker ASA.

    O bilionário também vai convidar cientistas e investigadores marinhos para subirem a bordo do REV, para poderem estudar as alterações climatéricas, a pesca excessiva, a poluição relacionada com os plásticos e extração, referiu a Rosellinis Four-10, uma subsidiária da sua empresa.

    O iate, que tem um laboratório, drones aquáticos e aéreos, um auditório, dois heliportos e um veículo subaquático, terá capacidade para alojar 60 cientistas e 40 membros de tripulação tornando-se assim o maior iate do mundo.

    Estará ainda equipado com uma série de sistemas, tais como, recuperação de energia, motores de velocidade média, acionamento direto de um sistema de propulsão diesel-elétrica com pack de bateria e um sistema de limpeza de gases de escape, o que fará com que as emissões de carbono do REV sejam reduzidas.

    O empresário, que no início da carreira trabalhou como pescador, afirma que uma das razões para desenvolver este projeto foi a vontade de fazer algo de bom pelo ambiente.

    “Desejo devolver à sociedade parte do que ela me deu. Este barco faz parte disso. A ideia para um barco deste género tem sido desenvolvida ao longo de vários anos, mas os planos apenas se tornaram realidade no ano passado.”

    O mar cobre 70% da Terra e uma boa parte não é investigada

    Røkke diz que está preocupado com as mudanças climatéricas e com a poluição dos plásticos no mar, mas foi a sua paixão pela ciência um dos fatores fundamentais que o levou a financiar este projeto.

    Segundo o Bilionário, decidiu trabalhar com a WWF devido ao seu compromisso para com o meio ambiente.

    “Não penso que estejamos perto do dia de julgamento. Os desafios são grandes, mas ainda os podemos resolver. Não tenho dúvidas sobre isto. Pânico e propaganda de medo, são por vezes um obstáculo no sentido de encontrar boas soluções. Mal posso esperar por começar a trabalhar com a Nina e a WWF.”- Finalizou Røkke 

    A embarcação deverá estar pronta em 2020, no entretanto a Natureza agradece!

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fotos - Yacht Harbour

Tags
  • REV
  • Kjell Inge Røkke
  • Research Expedition Vessel
  • plastico
  • Banir plasticos
  • plasticos
  • Limpeza
  • mar
  • Meio Ambiente
  • bilionario
  • noruegues
  • Mega Iate
pub
similar News
similar
agosto 20
Mais de 500 jovens participaram no programa 'Nadador Salvador Júnior'
agosto 20
Donald Trump taxa pranchas de surf importadas da China
agosto 20
ZERO enaltece diminuição de problemas com águas balneares
agosto 20
Cliff Diving Series: Bósnia pode decidir títulos de 2019
agosto 20
Calor deixa 17 distritos sob aviso amarelo
julho 16
Campeões demolidores na estreia do Líbano
julho 11
Cliff Diving World Series em estreia no Líbano