Homepage

  • De imediato começámos a navegar devagar e eles vieram ao nosso lado a brincar e a acompanhar o barco durante largos minutos
  • Dia 11 Julho ao largo de Sesimbra foi avistado um grupo de golfinhos com números impressionantes, à volta de 30 destes nossos amigos. Sem dúvida um excelente sinal para a qualidade das nossas águas.

    O Golfinho comum ou Roaz (Delphinus delphis) é a espécie de cetáceo mais comum na costa Portuguesa e nas Ilhas, sendo observado praticamente durante quase todo o ano, não costuma exceder os 2,5m de comprimento e é bastante divertido e sociável.

    Estivemos à conversa com o autor dos vídeos, Miguel Lamelas, que nos explicou como e onde ocorreu este episódio,

    “Sobre os vídeos, o que posso dizer é que fui dar um passeio com uns amigos, íamos a caminho de Tróia, tendo saído da marina de Sesimbra, para almoçar e fazer wakeboard, quando avistámos o grupo de golfinhos. De imediato começámos a navegar devagar e eles vieram ao nosso lado a brincar e a acompanhar o barco durante largos minutos. Eram imensos, à volta de 30, foi sem dúvida impressionante. “

    Natureza no seu esplendor máximo, impossível não ficarmos rendidos a estes espécimes magníficos. 

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • grupo golfinhos
  • golfinho
  • sesimbra
  • troia
  • Portugal
  • Vida Animal
  • turismo de portugal
similar News
similar
abril 23
Regiões Norte e Centro serão as mais afetadas pela depressão Lola
abril 22
Allianz Figueira Pro tem chamada para as 9 horas de sexta-feira
abril 21
Mau tempo veio para ficar: depressão Lola chega sexta-feira
abril 23
Allianz Figueira Pro está ON!
abril 22
Teresa Bonvalot vai estar ausente do Allianz Figueira Pro
abril 22
Adiado o arranque do Campeoanto Nacional de Bodysurf 2021
abril 22
Europa viveu em 2020 o ano mais quente desde que existem registos